CRONOLOGIA DE FATOS HISTÓRICOS DE ARAPIRACA


 

Foto

 

CRONOLOGIA DE FATOS HISTÓRICOS DE ARAPIRACA

Neste capítulo são apresentados os principais dados históricos de Arapiraca-AL:
o marco de fundação, a luta pela Emancipação, a urbanização, o ciclo do fumo, a
expansão da feira e o crescimento da Cidade.

O Plano Decenal pensa o futuro, apresenta propostas para o desenvolvimento
local. No entanto, para planejar é necessário conhecer a História, entender os
fatos e os paradigmas de cada época.

Apresentamos uma cronologia, veiculando de forma objetiva, os principais
eventos e fatos históricos, visando favorecer a leitura e a pesquisa.

Na segunda parte, os textos discorrem sobre a identidade e a História de
Arapiraca, com reflexões sobre a essência desta Cidade.

A questão da identidade é ampla e dinâmica, outros processos de pesquisa sobre
o tema podem complementar e aprofundar alguma das reflexões levantadas
neste capítulo.
SÉCULO XIX

* Fundação
Manoel André, no ano de 1848 saiu do povoado de Cacimbinhas (Palmeira dos
Índios-AL), para formar nova moradia.

* A Árvore Arapiraca
Nas andanças do fundador em busca do novo local de moradia, Manoel André
escolheu uma árvore para descansar, quando resolveu fixar residência, assim, a
Cidade nasceu á sombra da árvore “Arapiraca”.

* Produção Agrícola
O fundador junto com a sua família, assim que se instalou, deu início ao cultivo
de mandioca, feijão, milho e algodão.

* As Primeiras Trilhas
Uma trilha foi aberta para facilitar o escoamento da produção, no ano de 1863,
e foi bastante utilizada pelos almocreves. Os produtos agrícolas eram levados
para as feiras de povoados próximos, através desta trilha e de outras que
surgiram com o passar dos anos.

* Religiosidade Cristã
Manoel André construiu uma Capela em homenagem a sua primeira esposa
falecida. O fundador trouxe uma imagem de Nossa Senhora, da Cidade de Bom
Bonselho-PE, contando com a ajuda da segunda esposa, e assim no dia 2 de
fevereiro de 1865 ocorreu a primeira Missa do povoado.

* Expansão da Ocupação
Em 1875 houve a construção das primeiras casas num lugar que foi denominado
de “Quadro de Arapiraca” (um tipo de medida tradicional). Outros familiares de
Manoel André ocuparam as terras do povoado. A partir de então, através de
casamentos entre parentes, formaram-se diversos núcleos familiares e também,
aconteceu a ampliação do povoado além do quadro.

* Chegada de Esperidião Rodrigues
O coronel Esperidião Rodrigues da Silva (sobrinho de Manoel andré), chegou em
1880 e empreendeu muitas lutas pelo desenvolvimento e Emancipação local, e
estabeleceu-se com a primeira casa de negócio no povoado, no ramo de estivas e
tecidos.

* Presença Quilombola
As comunidades de Carrasco e de pau D´arco são locais de remanescentes de
quilombos. Há relatos dos moradores afirmando estarem residindo em Arapiraca
desde o século XIX.

* Início da Produção de Fumo
A cultura do fumo foi introduzida por Francisco Magalhães. O agricultor plantou
fumo pela primeira vez em um curral onde cuidava de gado no atual bairro de
Cacimbas.

* Feira Livre
A feira livre de Arapiraca teve origem em 1884 e foi a grande propulsora para a
expansão do povoado e mais tarde contribuiu também para a Emancipação
Política do Município.

* Cartório e Subdelegacia
Em 1892, Esperidião Rodrigues conseguiu a instalação de uma Subdelegacia de
Polícia e um Cartório de Registro Civil.
SÉCULO XX

* Igreja de São Sebastião
Em 1904, foi construída a Igreja de São Sebastião.

* Escola de Música
Esperidião Rodrigues, em 1908, criou uma escola de música, custeando um
maestro vindo de Traipú-AL.

* Luta Pela Emancipação
Arapiraca pertencia ao Município de Limoeiro de Anadia-AL. A partir de 1912,
teve início uma campanha pela Emancipação com a participação de vários
habitantes, tendo na liderança o Coronel Esperidião Rodrigues.

* Primeiro Automóvel da Cidade
No ano de 1922, o cidadão Manoel Leão adquiriu um caminhão Ford 1919,
figurando como o primeiro automóvel da Cidade. Além do uso pessoal, levava
passageiros á capital, transportando produtos, abastecendo o comérico e
ajudando na comunicação local.

* Independência Municipal
Após vários anos de luta, no dia 30 de maio de 1924, a Lei N 1.009 foi
sancionada pelo governador, Fernandes Lima, criando o Município de Arapiraca,
contando com a liderança de Esperidão Rodrigues.

* Festa de Emancipação
Depois de criado o Município houve um tempo para a organização do poder local
e a construção da sede. No dia 30 de outubro de 1924 ocorreu a inauguração do
Paço Municipal e a festa de Emancipação de Arapiraca.

* Posse do Primeiro Prefeito
No dia 7 de janeiro de 1925, tomou posse o primeiro prefeito, Esperidião
Rodrigues da Silva, tendo como vice-prefeito José Magalhães.

* Luz Elétrica
Ocorreu a instalação da luz elétrica, pelo empresário Antônio Apolinário Correia,
em 1925. Esta empresa, no ano de 1945, foi vendida a Valdomiro Barbosa.

* Expansão da Produção de Fumo
A partir da década de 1930, a cultura do fumo passa a ser desenvolvida em
grandes “currais de fumo”, ampliando as áreas de cultivo. A partir de 1945
torna-se a principal cultura. Nos anos 1950, acontece a instalação de empresas
de fumo.

* Câmara dos Vereadores
Ocorreu a instalação da Câmara de Vereadores de Arapiraca, em 1936.

* Escola Adriano Jorge
Em 1939, ocorreu a inauguração do Grupo Escolar Adriano Jorge, primeira
escola estadual em Arapiraca, mas somente em 1940 é que foi instituído
oficialmente o curso primário.

* Cinemas
Em 1940, Manoel Leão construiu o Cine Leão, figurando como o primeiro cinema
de Arapiraca. Em 1952, ocorreu a inauguração do Cine Trianon e, aos poucos o
Cine Leão foi perdendo a importância.

* Instituto São Luís
O Instituto São Luís foi a primeira instituição de ensino particular da Cidade. Foi
criado pelo Decreto Estadual de N 2.225, de 30 de dezembro de 1936,
autorizando o funcionamento da escola, mas as aulas somente tiveram início no
ano de 1944.

* Paróquia do Bom Conselho
No dia 15 de agosto de 1944 foi criada a Paróquia de N. Sra. do Bom Conselho.

* Construção da Estrada de Ferro
Em 1947, instala-se em Arapiraca a empresa Camilo Collier para construir a
estrada de ferro. No ano de 1948, houve a inauguração do prédio da Estação
Ferroviária de Arapiraca.

* Criação do Clube dos Fumicultores
O Clube dos Fumicultores foi inaugurado em 30 de outubro de 1949.

* Chegada de Bancos na Cidade
No ano de 1950 se deu a instalação do Banco da Lavoura de Minas Gerais (em
1971 passou a ser o Banco Real); no dia 10 de março de 1956 houve a instalação
da Caixa Econômica Federal, e no dia 24 de abril de 1958 houve a instalação do
Banco do Nordeste.

* Ginásio Bom conselho
No ano de 1950, foi iniciado o primeiro curso ginasial, Nossa Senhora do Bom
Conselho.

* Conclusão da Estrada de Ferro
A obra da estrada de ferro teve a sua conclusão em 1951, passando a
operacionalizar o sistema férreo local, que favoreceu a integração regional,
ligando Arapiraca a Pernambuco e Sergipe.

* Fundação do ASA
Durante a construção da ferrovia, foi criado o Clube Ferroviário, que fechou
após o término da empresa. O ASA (Associação Sportiva Arapiraquense), foi
fundado no dia 25 de setembro de 1952, e de certa forma, deu continuidade ao
ferroviário, herdando até mesmo as cores (preto e branco).

* Estádio Coaracy da Mata Fonseca
O Estádio Coaracy da Mata Fonseca foi inaugurado no ano de 1952 e recebeu
esse nome em homenagem ao prefeito da Cidade na época.

* Pioneiros do Radialismo
Durante anos, o Cine Leão manteve um alto-falante com músicas alegrando a
Cidade. O Cine Trianon, no seu primeiro ano de existência, contou com José de
Sá fazendo serviço de alto-falante que foi um dos pioneiros do radialismo na
Cidade e, em 1962 fez a mudança de nome para “Rádio Arapiraca”.

* Biblioteca Pública
A Biblioteca Pública Municipal foi inaugurada em 1959 e, no ano de 2001 ela
passou a funcionar na Casa da Cultura que foi inaugurada em 1999, como um
espaço voltado á comunidade para exposições de artes e pesquisas.

* Grupo Hugo Lima
Fundação do primeiro grupo escolar municipal, Escola Hugo Lima, em 1962.

* Eletricidade de Paulo Afonso
Até então a energia era fornecida por um serviço particular. O ano de 1963 se
caracteriza pela inauguração da energia elétrica de Paulo Afonso-BA.

* Banco do Brasil
No ano de 1965 houve a instalação do Banco do Brasil.

* Capital Brasileira do Fumo
A produção do fumo no País alcançou o seu auge produtivo entre as décadas de
1960 a 1970, Arapiraca passou a ser considerada a “Capital Brasileira do Fumo”.

* Crescimento da Feira lvre
A partir de 1960, a feira livre passou a ser uma das três maiores feiras livres do
Nordeste, chegando a concentrar semanalmente mais de 30 mil pessoas.

* Primeiro Curso Superior
Em 1970 houve a criação da Fundação Educacional do Agreste Alagoano
(FUNEC), por meio da Lei Municipal N 719l70. Em 1971, surge a Faculdade de
Formação de Professores de Arapiraca que passou a funcionar no ano de 1972,
na Escola Costa Rego, oferecendo cursos de Licenciatura.

* Estação Rodoviária
Ocorreu a inauguração do Terminal Rodoviário de Arapiraca no ano de 1970.

* Chegada de Água Encanada
Até então a Cidade não contava com água encanada. O ano de 1973 é
caracterizado pela chegada da água encanada do Rio São Francisco, momento de
grande festa na Cidade.

* Bar do Paulo
Paulo Lourenço, chegando de São paulo, em 1973, abriu o bar que se tornou um
ponto de encontro, um espaço de referência na cultura local.

* Rádio Novo Nordeste
A Rádio Novo Nordeste AM foi ao ar no dia 20 de agosto de 1976 como a
primeira difusora local, numa grande festa que movimentou toda a Cidade.

* Fundação da ACALA
No dia 14 de junho de 1987, oficializou-se a ACALA (Academia Arapiraquense de
Letras e Artes).

* Criação da UNEAL
Em 1990, a FUNESA (Fundação Educacional do Agreste), foi estadualizada e,
passou a integrar a Fundação Universidade Estadual de Alagoas, em 1996.

* Declínio da Cultura Fumageira
Até o ano de 1990 havia uma produção crescente de fumo. A partir do final da
década de noventa, uma série de fatores resultou no declínio do ciclo do fumo.

* Fórum DLIS
O Fórum de DLIS (Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável), foi lançado
no dia 22 de outubro de 1999.

* ASA – Campeão Alagoano
Desde 1953 o time não conquistava o título, mas o século XXI começou muito
bem para os arapiraquenses com a vitória do ASA no Campeonato Alagoano e, a
partir de então foi campeão nos anos de 2001, 2003, 2005, 2009 e 2011.

* Campus UFAL Arapiraca
O campus Arapiraca foi criado em 16 de setembro de 2006, aprovado pela
Resolução N 20l2005 de 1 de agosto de 2005 pelo Conselho Universitário da
UFAL (Universidade Federal de Alagoas).

* Centro Administrativo Antônio Rocha
Construído e inaugurado na administração da ex-prefeita Célia Rocha, foi
inaugurado em novembro de 2004, o Centro Administrativo Antônio Rocha passou
a ser sede do poder Executivo na primeira gestão do prefeito Luciano Barbosa.

* Museu dos Esportes
Foi criado, em 2006, o Museu dos Esportes, em homenagem a Vicente Categoria,
ex-atleta do ASA.

* Comunidades Quilombolas
No ano de 2007, o Governo federal reconheceu as comunidades de Carrasco e
de Pau D´arco como remanescentes de Quilombos. No dia 13 de julho de 2007,
foi publicado este Registro no Diário Oficial da União.

* Memorial da Mulher
Foi inaugurado no dia 7 de março de 2008, o Memorial da Mulher, belíssimo
espaço cultural que faz uma importante homenagem a memória de Ceci Cunha.

* Agenda 21 de Arapiraca
No dia 26 de outubro de 2008 houve o lançamento da Agenda 21 de Arapiraca,
em evento festivo que afirmou a relevância desta ferramenta para o
desenvolvimento sustentável da Cidade.

* Lago da Perucaba
O antigo Açude do DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra a Seca),
passou por diversas obras de despopluição, pavimentação, paisagismo e
urbanismo, ocorrendo a inauguração no dia 20 de março de 2009. E, passou a se
chamar Lago da Perucaba.

* Museu Zezito Guedes
O antigo prédio da Prefeitura de Arapiraca, construído em 1946, foi
transformado num espaço cultural. Em 29 de outubro de 2009 foi inaugurado o
Museu zezito Guedes como um espaço de exposição do patrimônio material e
imaterial de Arapiraca.

* SESC Arapiraca
A unidade SESC em Arapiraca foi inaugurada no dia 27 de novembro de 2009,
no bairro Santa Edwiges.

* Reforma do Estádio
O estádio Coaracy da Mata Fonseca foi reinaugurado no dia 7 de maio de 2010,
com um novo gramado, novo sistema de iluminação, nova arquibancada, novos
vestiários, melhoria das cabides de rádio e TV, além de alambrados, placar
eletrônico e sistema de som.

* Área Verde Dom Constantino
A inauguração da Área Verde Dom Constantino, ocorreu em outubro de 2005.

* Bosque das Arapiracas
Foi inaugurado o Bosque das Arapiracas no dia 28 de outubro de 2011, pelo
prefeito Luciano Barbosa, num grande evento que fez parte das comemorações
aos 87 anos de Emancipação Política de Arapiraca.

* Ginásio de Esportes João Paulo II
Em 2012 foi inaugurado o Ginásio de Esportes João Paulo II, local destinado a
prática e eventos esportivos.

* Planetário
Foi inaugurado o Planetário, no mês de outubro de 2012, no Lago da Perucaba.

[ Fonte (link): http://www.arapiraca.al.gov.br/planodecenal/livro/ ]

[ Editado por Pedro Jorge ]

Anúncios

2 Respostas para “CRONOLOGIA DE FATOS HISTÓRICOS DE ARAPIRACA

    • Nós administradores do blog Arapiraca Legal, agradecemos as gentis e elogiosas palavras do leitor Paulinho, endereças ao nosso site. Obrigado e tudo de bom para vc e aos seus familiares.
      Assina: Gilvan Juvino e Pedro Jorge.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s