ARAPIRACA SEGURA


GRUPO ELABORA MANIFESTO ARAPIRACA MAIS SEGURA (Sinopse)*

Um grupo composto por 72 pessoas, dentre eles sindicalistas, sociedade civil organizada, jornalistas, radialistas, empresários e representantes das entidades públicas, FECOMÉRCIO e CDL, reuniram-se no Fórum Des. João Oliveira e Silva, em Arapiraca/AL, para discutir a onda de violência no município que vem assustando a sociedade arapiraquense. Assaltos, sequestros, estupros, latrocínios, homicídios e roubos. Para dar um basta na violência foi criado o Movimento Arapiraca Segura, que não é ligado a nenhum partido político.

De acordo com o empresário José Rocha, o grupo está aberto a todas as entidades, bem como a nossa população em geral. Um empresário que não quis se identificar, afirmou com exclusividade para a reportagem do Alagoas em tempo que já pensou em fechar o seu estabelecimento comercial e ir embora do estado.

Um empresário que faz parte do Movimento Arapiraca Segura, criticou o descaso do Governo de Alagoas com a Segurança Pública. O procurador de justiça do Ministério Público, Geraldo Magela, e integrante do CONSEG (Conselho Estadual de Segurança Pública), declarou que Arapiraca/AL uma calamidade no quesito violência.

O advogado Cláudio Canuto questionou que atualmente a sociedade arapiraquense não pode fazer um simples passeio com os seus filhos. Rogério Siqueira citou que a população de Arapiraca/AL está acuada e com medo da onda de violência que está assolando o município.

Durante o encontro foi elaborado um Manifesto para mostrar a insatisfação e a inquietação da sociedade arapiraquense no que diz respeito á Segurança Pública e o nosso objetivo não se resume a uma ação única, mas contempla o início de uma luta sem meios de uma sociedade mais segura.

De acordo com o Manifesto que foi elaborado é fato que o problema reside, principalmente, na ineficiência as gestões públicas municipal, estadual e federal em criar e executar projetos que realizem mudanças estruturais efetivas atacando o problema de forma contundente, mas não podemos esconder que também somos responsáveis, pois durante anos fomos, no mínimo, omissos.

Os principais posicionamentos do grupo são:
* Buscar sugestões que serão avaliadas e selecionadas em graus de prioridade para apresentar aos gestores públicos a título de reivindicações;
* Agregar o maior número de pessoas ao nosso movimento, fortalecendo e permitindo uma cobrança efetiva e contundente de nossa reivindicações;
* Conscientizar que políticos corruptos bancados por pessoas igualmente corruptas são geradores e ineficiência na gestão pública e, consequentemente, padrinhos de exclusão social e da violência desenfreada que assola;
* Conscientizar que abordagens pontuais em políticas públicas são ineficientes devendo ser evitadas;
* Conscientizar que precisamos esquecer “umbigos” por uma causa maior, por uma tranquilidade geral, por uma paz social verdadeira e satisfatória.

Durante o encontro realizado no Fórum de Arapiraca os integrantes do Movimento apresentaram algumas sugestões que estão sob a análise do grupo:
* Priorizar o combate ao tráfico de drogas;
* Cobranças ostensivas das ações necessárias e Segurança Pública, a exemplo de: policiamento eficiente em quantidade e qualidade;
* Aprimoramento de ações, de investigação e punição, cobrança ostensiva da criação e uma Guarda Municipal em Arapiraca, com sua consequente estruturação e treinamento efetivo, que deverão patrulhar a nossa cidade e forma sistemática e constante;
* Contribuição e cobrança para a implantação de monitoramento eletrônico em nossa cidade, disponibilizando dados para as três esferas de Governo afim de que cada uma delas possam atuar de forma efetiva, naquilo que lhe é competente;
* Cobrança ostensiva da construção de projetos e espaços de entretenimento e lazer, capacitação e treinamento de jovens, em todas as comunidades de nossa cidade, em especial aquelas com maior vulnerabilidade.

* Leia esta matéria na íntegra no jornal “Alagoas em Tempo”, 12 a 18 de maio/2014.

[ Fonte: Jornal “Alagoas em Tempo”, 12 a 18 de maio/2014 ]

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

Anúncios

4 Respostas para “ARAPIRACA SEGURA

  1. Fui criado no Nordeste e em 2012 depois de 36 anos fora da região voltei para visitar Arapiraca e Palmeira dos Índios inclusive, fiquei com vontade de morar novamente em Arapiraca, só que aqui de longe acompanho as noticias daí e neste caso, estou quase adiando a volta para esta cidade, acho difícil em pouco tempo ser resolvido um problema que já faz parte da cultura nordestina uma vez que tudo teve sua origem no coronelismo a mais de um século. Acho que já temos neste estado inteiro “Alagoas” diversos problemas; um deles é saúde e outro educação e em função destes também a violência…Existe muita gente boa neste estado e nesta cidade, mas apesar disso não tenho mais coragem de morar ai novamente.

    • Realmente, Pedro Cruz do Nascimento, estamos vivendo um verdadeiro caos na segurança Pública de Alagoas. Para vc ter uma ideia só este ano já fui assaltado uma vez e vítima de tentativa em plena Sexta-Feira Santa, ás 10h. Alagoas está em primeiro lugar no quesito de falta de Segurança Pública e em outras áreas sociais. Ontem, uma moça foi vítima de estupro quando se dirigia para uma academia de ginástica localizada no bairro Eldorado, ás 6h. É uma triste e lamentável realidade que, infelizmente, estamos vivendo.
      Agradeço pelo comentário e pelo desabafo pertinente que vc enviou para o nosso modesto blog cultural.
      Abs, Pedro Jorge (Blog Arapiraca Legal).

  2. Olha que coisa boa, Arapiraca terá mais 72 pessoas nas ruas para fazer a segurança. Que bom que perceberam que segurança pública é responsabilidade de todos!
    É só fazer a segurança em grupo, na sua comunidade. Tipo: todos os vizinhos possuem o número telefônico de seus vizinhos, e um fica vigiando a casa do outro (ao invês da vida do outro). Importante: invista em armas! Apesar de ser caro, e a documentação ser bastante cara também (Governo não tira uma lasquinha, tira metade, rsrsrs..) é importante que o infrator saiba que o cidadão de bem, dentro da Lei, possui sua arma. Imaginem: o bandido iria assaltar um grupo de dez pessoas sabendo que nove estariam armadas?
    E, é claro, PEC 51 JÁ!

  3. Bandidos Roubam Som de Veículo Estacionado no Centro Administrativo
    29/05/2014

    Bandidos roubaram o som de um veículo estacionado no Centro Administrativo de Arapiraca, localizado no bairro Santa Edwiges. O fato aconteceu na manhã desta quinta-feira, (29).

    De acordo com informações, o veículo furtado, um Pálio azul, é de um funcionário da secretaria de finanças, Helder Tenório. Segundo testemunhas dois homens bem vestidos foram vistos encostados no veículo.

    Este não é o primeiro caso de furto ocorrido no local, no início deste ano bandidos levantaram a lona que cobria a carroceria de uma Hilux e levaram o material que estava dentro. Na época o circuito de câmera estava desativado e em consequência do furto, a prefeita teria providenciado que o sistema fosse ativado.

    Após o furto ocorrido nesta quinta-feira, a Polícia Militar foi acionada e as imagens do circuito de câmera serão analisadas.

    A assessoria de imprensa da prefeitura informou que um muro já foi construído na parte da frente do Centro administrativo, mas falta a conclusão da parte de trás que fica em frente ao Sesc. A assessoria também acrescentou que a guarda municipal faz a segurança do local.

    Fonte (link): http://7segundos.com.br/index.php/noticia/2014/05/29/bandidos-roubam-som-de-veiculo-estacionado-no-centro-administrativo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s