Luciano Coló

Luciano Coló

“Luciano Coló era mais do que um irmão, ele era o cara que sempre estava no local certo na hora certa, ele ajudava todo mundo que procurasse ele… Luciano era meu compadre e nós vivemos muitas coisas boas juntos. Que Deus bote ele em um bom lugar!” – (Robério Souza)

PERFIL – Luciano Coló

O cantor e compositor, Luciano Coló, faleceu no dia 4 de fevereiro de 2010 na sua cidade natal, Arapiraca (AL). Ele estava radicado, em Santa Cruz do Capibaribe (PE) – conhecida como a “Capital da Sulanca” ou “O Pólo as Confecções” -, que perdeu um dos maiores artistas de sua história musical. Luciano estava passando por tratamento médico por conta de problemas decorrentes do alcoolismo.
O cantor saiu de Santa Cruz do Capibaribe e foi se tratar, em Arapiraca. Segundo informações de amigos, Luciano estava preparando seu primeiro CD solo: selecionando repertório e contratando o estúdio de gravação. O cantor já participou de vários trabalhos com amigos e colegas-artistas em Santa Cruz e região. Dois de seus trabalhos que tiveram bastante repercussão foram com seu irmão, Carlinhos Coló, e com um de seus melhores amigos o cantor, Robério Souza (in memoriam), que juntos realizaram muitos trabalhos.

Tributo (Luciano Coló):
“Nós, que fazemos o programa ‘Patrulha do Agreste’ da Rádio 101 FM, desejamos muita paz a nosso amigo e irmão Luciano Coló, e que Deus conforte toda sua família!” – (Bartol Neves, fevereiro de 2010)

Tributo (Robério Souza):
““Perdi um amigo de 27 anos de amizade. Acompanhei Robério Souza, por toda sua trajetória, nos momentos que estava comigo ou seguindo carreira solo. Estou sofrendo muito porque sei quem ele era, sua luta pela música, as dificuldades e pela insistência em cantar. Ele tinha uma bela voz, tanto fazendo primeira como segunda. Robério está deixando uma lacuna grande, e agora temos que seguir. Ele gravava minhas músicas e sempre manifestava seu apreço. Éramos amigos e conhecíamos a família um do outro. Robério não aceitava a forma como os artistas são tratados por todas as administrações públicas, não sendo valorizados como merecem. Ele não ficava calado e sempre cobrava atenção!” – (Carlinhos Coló, maio de 2014)

Fonte: Site “Patrulha do Agreste” – Bartol Neves e “Sulanca News” – Marcondes Moreno.

l Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com l

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s