ARTISTAS DE ARAPIRACA I (CAPÍTULO 2  – FORRÓ ELETRÔNICO E FORRONEJO)

                                                                      CAPÍTULO 2  

Resultado de imagem para alves correia e banda derrubada

Crédito do cartaz Alves Correia, as Bundudas & Banda Derrubada: Internet (divulgação).   

                                                  FORRÓ ELETRÔNICO E FORRONEJO

 

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

CAPÍTULO 2 FORRÓ ELETRÔNICO E FORRONEJO

2.01. Alves Correia, as Bundudas & Banda Derrubada // 2.02. Banda Fascínio // 2.03. Banda Filhos de Romão (Craíbas – AL) // 2.04. Banda Perfil de Menina // 2.05. Ivaldo Maceió // 2.06. Jéssyka & Banda // 2.07. Oliveira Nostalgia // 2.08. Zelito Expresso Forronejo.

 

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Resultado de imagem para alves correia  arapiraca

2.01 l  ALVES CORREIA, AS BUNDUDAS & BANDA DERRUBADA [ Radialista e Forrozeiro – Forró Eletrônico ]     

“Os programas radiofônicos eram mágicos. Eu escutava o Rei Roberto Carlos, o Jerry Adriani (in memoriam)… essa velocidade me encantava! Desde os meus 14 anos de idade, sonhava em fazer parte da radiodifusão. Atuando nas ondas sonoras do rádio, cheguei também ao picadeiro dos circos, onde canto. Eu queria ser diferente, fui confundido até com o Coronel Ludugero (in memoriam). A minha aceitação se deve pôr eu manter as minhas raízes, falando como fala o nordestino. Nunca abri mão disso. Com muito orgulho ostento o diploma de Cidadão Honorário de Arapiraca. Hoje sou um homem realizado e feliz. A mensagem que deixo, é o meu próprio exemplo; nunca desista dos seus ideais, como eu fiz e faço, até hoje. Tente, tente outra vez. Um dia você vai conseguir. Sempre enalteço e agradeço pela ação de Deus em minha vida!!” – (Alves Correia)

Alves Correia é o nome artístico de Cosme Alves Cordeiro. Ele nasceu na cidade de Penedo (AL), no dia 22 de fevereiro de 1958. É filho de uma lavadeira, Sra. Ana Maria de Conceição Cordeiro, e de um garçom, Sr. Milton Cardoso dos Santos (in memorians). O seu nível de instrução é o 2º Grau (atual Ensino Médio); o seu filme preferido é Ghost, do Outro Lado da Vida; o cantor é o Rei Roberto Carlos e a obra literária é a coleção Bíblia (coleção de livros bíblicos). No dia 1º de outubro de 2000, elegeu-se vereador de Arapiraca (AL) com 2.755 votos (pelo PFL). No pleito eleitoral do dia 3 de outubro de 2002, elegeu-se deputado estadual pelo estado de Alagoas com 24.166 votos (pelo PSB).

Sua trajetória artística começou na década de 1970, quando ele iniciou sua vida profissional na Rádio Correio de Penedo na função de operador de áudio. Depois veio para a Cidade Progresso (Arapiraca) onde, na Rádio Novo Nordeste AM (570), fez uma carreira de sucesso, passando vários anos, indo em seguida para a Rádio Gazeta de Maceió (AL). Está, desde 2006, na Rádio Gazeta FM Arapiraca (101,9), onde apresenta, de segunda a sábado das 5 às 9h, o imperdível programa Alves Correia – A Festa do Povão.

Como cantor, O Derrubado como ele se autodenomina – tem conquistado na região Agreste alagoana, em todo o estado de Alagoas e além-fronteiras, uma imensa legião de fãs que o acompanha nas suas apresentações. Ele faz sucesso com o grupo Alves Correia, as Bundudas & Banda Derrubada. Com uma completa interação com o público e uma veia artística irreverente, ele é considerado um verdadeiro showman.

Linha do Tempo (Alves Correia, as Bundudas & Banda Derrubada):

2012 O documentário, Vou Rifar Meu Coração, foi filmado sob a direção de Ana Rieper e ganhou edição, em DVD, na coleção Canal Brasil. No filme, Rieper relaciona (des) amor com a música rotulada como brega, focando histórias de casais reais entre depoimentos de cantores tidos como cafonas casos de Agnaldo Timóteo, Amado Batista, Wando (1945-2012), Lindomar Castilho, Odair José e Nelson Ned (1947-2014). Os artistas alagoanos, Alves Correia e Cheiroso de Alagoas, também, participaram deste excelente filme-documentário.

2013 O radialista, Alves Correia, foi uma das atrações relâmpagos do programa Amor & Sexo (Rede Globo de TV) apresentado pela modelo, Fernanda Lima. O seu irmão, Neno Correia, também, radialista, frisou que durante muitos anos Alves comandou no rádio o quadro A Hora e a Vez do Corno Apaixonado no qual lia cartas que narravam histórias amorosas que envolviam casos nos quais os homens eram traídos por suas companheiras. As gravações foram realizadas no Estúdios Globo, no Rio de Janeiro (RJ). O programa foi exibido no dia 14 de novembro. Na participação, o Derrubado, participou de um debate sobre infidelidade. “Ele gostou de participar do Amor & Sexo. Infelizmente, o tempo foi curto e não deu para conversar muito, mas foi uma grande experiência”; garantiu Neno Correia, em entrevista, ao site Minuto Arapiraca.

Homenagens (Alves Correia, as Bundudas & Banda Derrubada):

1 – “Parabenizo Alves pelo grande artista que ele é. Desejo muito sucesso e que ele continue alegrando as pessoas simples desse Nordeste brasileiro!” (Ciro Machado, Traipu AL)

2 – “Considero esse talentoso profissional um símbolo da superação. Teve tudo para odiar, mas Deus o guiou para trilhar sempre no caminho do bem. Após aquele triste episódio de anos atrás, levantou-se e continua até hoje firme como sempre esteve. Parabéns pela pessoa que você é! Que Deus continue a lhe proteger. Meu abraço!” (Cícero Galdino, poeta e membro da ACALA)

3 – “Alves, faz de sua vida um livro cheio de bons momentos. Ele teve uma infância humilde, mas muito feliz. Desde criança se mostrou apaixonado pela magia do rádio. Começou a trabalhar aos 12 anos de idade como zelador da Rádio Rio São Francisco AM, em sua terra natal. Foi tendo oportunidade de mostrar seu talento e dentro de pouco tempo se tornou um dos mais famosos locutores da região, levando a potência de suas vibrações vocais por todo o Nordeste brasileiro, onde fez grandes amigos e viveu momentos marcantes. Numa de suas passagens por Maceió (AL) recebeu uma proposta um tanto inusitada: participar de algumas apresentações no circo. Sempre propenso a encarar desafios, ele aceitou o convite e logo se identificou com a mística circense, divertindo a todos por onde passa. Com sua simpatia e persistência, ele busca voos mais altos e com a sua alegria permanecerá de vez no coração de todos os alagoanos!” – (revista Xereta – redação)

4 – “Adoro o Alves Correia e todos que fazem parte do seu programa de grande audiência. Sempre torço para que cada vez mais ele possa conquistar o que deseja. Peço a Deus que sempre esteja ao seu lado nos momentos mais difíceis da sua vida, pois Ele é sempre maior que seus problemas! Meu grande abraço e de minha mãe, D. Ilda, que não perde o programa dele!! “ (Valeska)

5 – “No começo de sua trajetória profissional, Alves Correia, escrevia os roteiros dos programas, era operador de áudio e nas horas dos intervalos, quando o apresentador se ausentava, teimava em dizer a hora certa. Algum tempo depois, substituiria o radialista oficial. Ele sempre gostou de novidades, e veio fazer um teste na Rádio Novo Nordeste AM (570) da Terra de Manoel André & Esperidião Rodrigues e passou em todos: redação, operador e locução. Assis Gondim (in memoriam) foi o seu padrinho e lhe mostrou alguns segredos da profissão. Trabalhou na Rádio Gazeta AM da capital alagoana e sobressaia com a sua salada de notícias, plantões de polícia e paródias de músicas de duplo sentido. Sempre alcançando o primeiro lugar na audiência, assumiu o horário nobre na emissora.” (jornal Jornal de Arapiraca – Carlo Bandeira)

6 Alves Correia está na Gazeta FM (101,1) desde 2006. Ele é a voz das manhãs da nossa rádio. Nasceu, em Penedo, sob o signo de Peixes. Seus estilos musicais preferidos são: brega e forró, e os cantores: Roberto Carlos e Amado Batista. Ele sonha com um mundo melhor para todos!” (site Rádio Gazeta FM de Arapiraca redação)

7 DERRUBADO NUNCA MAIS [ Soneto ]* (Autor: Cícero Galdino, poeta e membro da ACALA Academia Arapiraquense de Letras e Artes)

Ele é um bom artista, grande animador. / Lá, no seu laboroso, falando ou cantando / Com diversões a todos nós vai encantando, / Seja no palco, seja como locutor

Alves Correia, se diz ser derrubado / Mas na verdade, sempre firme ele está; / Viaja muito, leva a vida a cantar, / Desenvolvendo seu talento, embalado

Ajuda ao povo quando é solicitado, / Isso é bom porque tem sempre a recompensa / Quem recebe, quase sempre é um coitado

Vai a todos divertindo com alegria, / Quanto ao cachê muitas vezes nem compensa / Mas mesmo assim ele apresenta o que cria.

  • Soneto em homenagem ao showman, radialista e político; Alves Correia.

Fontes: sites Arapiraca News Carlo Bandeira, Minuto Arapiraca Igor Castro e; Câmara Municipal de Arapiraca, 7 Segundos, Gazeta FM de Arapiraca e Alves Correia redações; livros A Saga da Rádio Novo Nordeste, a Pioneira (2013) Alves Correia e Desafio (2012) Cícero Galdino; Facebook Alves Correia; revista Xereta redação; jornal Jornal de Arapiraca Carlo Bandeira e blog Arapiraca Legal.

 

Resultado de imagem para banda fascínio

2.02 l  BANDA FASCÍNIO [ Forró Eletrônico ]

“O público de Arapiraca é inesquecível. Sempre temos um feedback maravilhoso. Foi um privilégio lançar nosso 10º CD na terra natal da banda! ” (Paula Paixão)

Um dos objetivos da Banda Fascínio de Arapiraca (AL) é emplacar o romantismo por onde se apresenta. Com um repertório próprio, que impressiona pela qualidade e pelas letras marcantes. Depois de estourar no estado de Alagoas com o sucesso Fotografias a Banda Fascínio, conquistou um grande espaço no Nordeste brasileiro.

Com mais de dez anos de carreira, a banda já lançou nove CDs e quatro DVDs. O cenário dos DVDs foi a Terra de Manoel André e Esperidião Rodrigues. Assim, o Agreste alagoano se diferencia do restante do estado, despontando como um polo de qualidade musical. Assim, é a síntese da Banda Fascínio: uma história de amor que deu certo e que com certeza vai continuar sendo a trilha sonora de muitas paixões.

Linha do Tempo (Banda Fascínio):

2010 Neste ano, a música Fotografias foi uma das mais executadas nas rádios, fazendo com que a banda alagoana alcançasse altos níveis de reconhecimento. Despontando, assim, como a que mais toca no território alagoano.

2011 A Banda Fascínio lança o CD intitulado O Sol e a Madrugada: que foi um dos mais tocados nas emissoras de rádio. Mostrando, que o romantismo continua, em alta. Além disso, que a qualidade aliada à letra apaixonada é uma combinação perfeita para exaltar o que passa no coração das pessoas.

2012 Outro sucesso foi através do lançamento do 4º DVD da banda. Este DVD foi eleito pelo público como uma combinação perfeita entre belas imagens com uma estrutura nunca antes vista no município de Arapiraca, e um repertório que deixa todos apaixonados.

2013 Lança o seu 10º CD (ao vivo) intitulado Foi Você. Este CD foi gravado durante um show, no dia 24 de junho, durante o evento denominado São João de Arapiraca. Com o empenho da prefeita, Célia Rocha, em tornar este festejo no mais grandioso de Alagoas o público lotou o Lago da Perucaba localizado no Bairro Zélia Barbosa Rocha e aplaudiu a Banda Fascínio.

Fontes: sites Cifra Club & Fascínio Produções redações e 7 Segundos ASCOM (Assessoria de Comunicação).

 

Resultado de imagem para banda filhos de romão craíbas

2.03 l  BANDA FILHOS DE ROMÃO [Forronejo Craíbas]

“Somos uma banda que vem com boas inovações dentro da música no estilo de forronejo!” (Elzinho Craíbas)

A excelente banda musical, Filhos de Romão, é do município de Craíbas (AL): A Terra dos Minérios e da Nova Cidade de Maria. A sua formação é a seguinte: Cinho Romão (voz), Elzinho Craíbas (teclado) e Cláudio (acordeom).

Homenagem (Banda Filhos de Romão):

“Parabéns pelo sucesso. Deus abençoe a todos os integrantes desta grandiosa banda alagoana!” (Jorgiana Pereira)

Fontes: site Palco MP3 redação e Facebook Elzinho Craíbas.

 

Resultado de imagem para banda perfil de menina

2.04 l  BANDA PERFIL DE MENINA [ Forró Eletrônico ]

Perfil de Menina é uma banda de forró eletrônico do município de Arapiraca (AL); despontando para todo o Brasil com o lançamento de seu primeiro CD.

Algumas das músicas da banda arapiraquense que estão disponíveis para audição no site Palco MP3 são as seguintes: Senta e Chora, Hit do Verão, Só Para as Meninas, Bem Devagarinho, Espelho Meu, O Mundo Girou, Pantera, Noites nas Baladas, Minha Cara, Dança da Cobra, Bagaça, Atitude e Toda Mulher.

Homenagem (Banda Perfil de Menina):

“A cantora e compositora de Arapiraca, Wanessa, já passou por várias bandas e vende seus CDs; em bares e restaurantes. Ela é dona de uma voz inconfundível. Com o seu novo projeto denominado Banda Perfil de Menina, já conta com um ano de banda, dois CDs gravados e cinco músicas autorais tocando nas emissoras de rádio. ” (Eufrásio Pedro Paulino / Mr. Xereta, editor-executivo da revista Xereta)

Fontes: revista Xereta (coluna Xereta Flash) Eufrásio Pedro Paulino / Mr. Xereta e site Palco MP3 redação.

 

Resultado de imagem para ivaldo maceió arapiraca

2.05 l  IVALDO MACEIÓ [ Forró Eletrônico ]

O forrozeiro, Ivaldo Maceió, é um arapiraquense que merecidamente faz sucesso. Ele é um dos forrozeiros mais populares de Alagoas. Sua agenda está sempre repleta com apresentações nos munícipios brasileiros por onde conseguiu conquistar com seu talento, milhares de fãs que lotam suas apresentações.

Há mais 20 anos na estrada, Ivaldo já se apresentou nos estados de Tocantins, Pernambuco, Sergipe, Paraíba, Piauí, Maranhão, Amazonas, São Paulo, Rio Grande do Norte e Alagoas. Em seu currículo artístico-musical consta um disco de ouro. Ivaldo Maceió está sempre presente nas grandes Vaquejadas. Ele continua obtendo bastante êxito em todo o Nordeste brasileiro e seus discos vem conquistando um público maior a cada dia, principalmente pela excelente qualidade de seus trabalhos.

Discografia Básica Comentada (Ivaldo Maceió):

CD Ivaldo Maceió & Banda Bem me Quer (SomZoom Estúdio) Contém as músicas Ponta de Lápis (Roberto Barbosa e Marcos Vagareza) e Num Galope só (Cláudio Rios), entre outras.

CD Ivaldo Maceió: Marcas do Passado (Escalamaris e WVM Edição e Produção) Sucessos de grandes artistas como Petrúcio Amorim, Accioly Neto, Roberto Barbosa, Kara Veia e Pinto do Acordeon; a faixa autoral Marcas do Passado e uma homenagem a Luiz Gonzaga (1912-1989): Cartinha Pra “Seu Luiz” (Pinto do Acordeon).

CD Ivaldo Maceió & Banda (Seleto) 12 faixas de xotes e forrós de vaquejadas. São composições autorais (em parceria com Marcus Vinícius e Hercília Fernandes) e de diversos outros autores, a exemplo do alagoano, Cláudio Rios, que assina três músicas: É Assim na Vaquejada, Morena Linda e Num Galope Só. Este CD conta com a direção artística de Valmir Mendonça e George Wagner. Os arranjos são de Marcus Vinícius e Otílio Moura.

Linha do Tempo (Ivaldo Maceió):

2012 Em dezembro, Ivaldo Maceió foi agraciado pela Câmara de Vereadores de Maceió (AL) com o Troféu Luiz Gonzaga.

2015 Maceió foi homenageado, em 20 de junho, na Praça São Francisco de Borja, Centro de Piaçabuçu (AL) Participando do Arraiá da Educação. Milhares de pessoas prestigiaram este show. Ivaldo Maceió lembrou que esteve neste município, há três anos, no evento denominado Casamento do Matuto.

Homenagem (Ivaldo Maceió):

“Conheci pessoalmente o cantor e compositor, Ivaldo Maceió, na capital alagoana. Ele é uma grande pessoa. Abraços!” – (Elenita Maria Fripp)

Fontes: blogs Forró Alagoano José Lessa Gama (Zé Lessa) & Rosiane Pedrosa e Arapiraca Legal; e site Piaçabuçu News ASCOM.

 

Resultado de imagem para JÉSSYKA & BANDA arapiraca

2.06 l  JÉSSYKA & BANDA [ Forró Eletrônico ]

Jéssyka & Banda é um grupo musical de forró eletrônico formado, em Arapiraca (AL), no mês de fevereiro de 2015. Os integrantes da banda são os seguintes: cantora Jéssyka Gomes, Kaio Batera, Erikson Teclas, Mago Bass, Thiago Guitta e Romildo Acordeon.

Fonte: Facebook Jéssyka & Banda (Músico / Banda) redação.

 

 

2.07 l  OLIVEIRA NOSTALGIA [ Forró Eletrônico, Sertanejo e Jovem Guarda ]

“Quantas vezes cheguei aos locais de show e ouvi algumas pessoas dizerem: ‘Olha só, os sadios já não cantam e esses doentes acham que podem cantar’. O deficiente físico é capaz, só precisamos de espaço para isso!” – (Oliveira Nostalgia)

 

O músico e intérprete arapiraquense, Oliveira Nostalgia, nasceu no dia 18 de fevereiro de 1961. Ele estudou no antigo Instituto São Luiz e concluiu o atual Ensino Médio no Colégio Cenecista N. Sra. do Bom Conselho (Rede CNEC). Oliveira Nostalgia, se apresenta nas tardes dos sábados, na AAPIAR (Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Arapiraca)  – localizada no bairro Cacimbas – Arapiraca (AL). Oliveira é eclético: canta o melhor do forró eletrônico, sertanejo, Jovem Guarda e outros estilos musicais. Também, exerce as funções de professor de música e diretor artístico do importante clube social, AAPIAR.

Linha do Tempo (Oliveira Nostalgia):

2009 – Emocionado, Oliveira Nostalgia, se apresentou no dia 26 de agosto de 2009 para os servidores da SEADES (Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social), em comemoração à Semana Estadual da Pessoa com Deficiência. De acordo com Oliveira, a população precisa ser mais esclarecida e cobrar a aplicação da lei de 1991, que favorece a inclusão de deficientes no mercado de trabalho e, assim, romper com a discriminação acerca desta parcela da população. A lei prevê que as empresas com mais de 100 funcionários são obrigadas a reservar 21% das vagas para pessoas com deficiência. Com seu teclado e voz, Oliveira Nostalgia, encantou os servidores públicos do órgão com músicas de MPB e outros ritmos.

2016 Nos meses de setembro e outubro, Oliveira Nostalgia, se apresentou na cidade de Igaci (AL), no evento denominado Anos Dourados com um repertório dedicado a Jovem Guarda e ao forró pé de serra. Os músicos que o acompanharam foram os seguintes: Flávio do Sax e Capitão do Acordeon. Este show foi realizado no Clube Municipal de Igaci. 

Fontes: blog Arapiraca Legal (entrevista exclusiva com Oliveira Nostalgia) Pedro Jorge e site Assistência e Desenvolvimento Social (Estado de Alagoas) – Maryland Wanderley.                                                                                                                                                                                  

                                                                                        2.08 l  ZELITO EXPRESSO FORRONEJO [ Forronejo ] Resultado de imagem para ZELITO EXPRESSO FORRONEJO

Zelito é o nome artístico de Joselito Barbosa de Silva. Ele é natural de Pão de Açúcar (AL) nascido no sítio União, no dia 19 de dezembro de 1975. Zelito é filho do Sr. Francisco Lima da Silva e de D. Maria Rosa Barbosa.

Ele viveu ao lado de seus 14 irmãos, trabalhando na roça, quando, em 1993, iniciou sua carreira artística ao lado de seu primo, José Petrúcio, formando a dupla Geanio. Partindo para São Paulo, em 1996, fez dupla com Priscila Andrade, posteriormente cantou com seu irmão Zeilton e gravou seu primeiro CD intitulado Se Ainda me Ama, com o apoio de dois grandes amigos sergipanos, Edemilson e Ednilson. Zelito & Zeilton permaneceram até o ano de 2006, retornando várias vezes a seu estado de origem para divulgar o CD. Quando por força do destino no dia 5 de setembro de 2006, na Rodovia Rio / Santos (Litoral Norte de São Paulo); Zeilton sofreu um acidente fatal, deixando sua família, amigos e fãs muito tristes. Contudo, Zelito não desistiu e com o apoio de seus amigos especialmente, Edson Ferreira Pinto (sócio empresário), continuou cantando como Zelito & Banda.

Zelito, retornou ao seu estado de origem, em 2008, por meio de dois amigos: Mônica Roque e Osvaldinho, hoje sócios. Mudando para Expresso Forronejo e assim lançando seu novo CD, tendo como música de trabalho o grande sucesso Minha Namorada. Gravou seu quarto CD com as canções: Vem me Amar e Ô lá em Casa! Ambas de autoria de Zelito e de seu guitarrista, Davilack.

Em fevereiro de 2009, entrou Josilene Rodrigues da Costa (Jô Costa) que somou valores para continuar esse grande sucesso que é a banda Zelito Expresso Forronejo. Ela é natural de Arapiraca (AL), nascida no dia 4 de dezembro de 1981. Jô Costa é filha do Sr. Moacir Gomes da Costa e Sra. Maria Helena Rodrigues da Costa. Começou a cantar em barzinhos e entrou na primeira banda  a Alta Voltagem – onde passou dois anos de trabalho. Parou de cantar, em 2007, e recomeçou, em 2009, na banda Expresso Forronejo, e ao lado de Zelito estão conquistando seu espaço e arrastando multidões por onde passam. Porém, apesar do grande sucesso não se esqueceu de suas origens, divulgando por todo o Brasil o nome do seu querido estado natal.

Fonte: site Palco MP3 (release Expresso Forronejo) redação.