Brilhantes das Cavalgadas” (Zominho Aboiador, Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador)

 

BOX CULTURA ( Coluna “Agreste” )

HOMENAGEM – Brilhantes Das Cavalgadas (Zominho Aboiador, Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador)

A “Coluna Agreste” homenageia neste final de semana os cantores de toada Zominho Aboiador, Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador – legítimos representantes da cultura de raiz dos vaqueiros nordestinos.

Zominho Aboiador
Vamos começar apresentando a história de Manoel Fernandes Neto, o Zominho Aboiador. Nascido no povoado de Lagoa do Curral, em Palmeira dos Índios/AL, ainda jovem descobriu o ritmo das toadas, mas só investiu na carreira de cantor de vaquejada aos quarenta e oito anos de idade quando formou dupla com o seu sobrinho, Givanildo Fernandes da Silva, e começou a cantar em festas de vaqueiro, em 1992.

Antônio Sobrinho
Já, Antônio Ramos da Silva – o Antônio Sobrinho (sobrinho de Zominho) -, aprendeu a ter gosto pela cultura popular com o pai, José Ramos de Oliveira Filho, cantor de pagode e coco, que também tocava violão nas apresentações de reisado. Aos 13 anos ficou encantando com as toadas de “Vavá Machado & Marcolino” que ouvia no rádio e passou a admirar ainda mais quando viu a apresentação da dupla em festas de vaquejada e corridas de mourão, e a partir dai passou a cantar toada junto com o irmão, Manoel Ramos, na época com 12 anos e idade. A dupla teve o total apoio do pai que deu liberdade para que fossem cantar em festas da região. A união durou até 1995, quando o irmão decidiu ser zagueiro do Grêmio do Caititus – time de futebol amador de Arapiraca/AL.

Em 1985, Zominho e Givanildo desfizeram a dupla de toada e como Antônio também ficou sem parceiro, seu tio Zominho o convidou para formar uma nova dupla. “Antônio Sobrinho & Zominho Aboiador” passou a ser conhecida como “Os Faceiros do Gado”. O sucesso da dipla de toada rendeu vários convites para participar de pegas de boi no mato, corridas de mourão, vaquejadas, cavalgadas e cavalhadas; o que tornou a dupla conhecida em toda a região do Sertão e Agreste alagoanos.

De 1995 a 2000, a dupla gravou quatro fitas cassete que eram vendidas nos shows, mas o primeiro CD só foi gravado em 2001 quando os “Faceiros do Gado” passaram a ser divulgados nas emissoras de rádio.

Nêgo Aboiador
Em 2004, Nêgo Aboiador convidou Antônio Sobrinho a participar da gravação de seu CD, a parceria deu tão certo que Nêgo Aboiador passou a compor um trio com Zomimho e Antônio Sobrinho, deixando então de existir os Faceiros do Gado para dar lugar ao Brilhantes das Cavalgadas. o trio passou a realizar vários shows, mas um problema de saúde fez Zominho se afastar por alguns anos dos palcos, mesmo assim o nome foi mantido em homenagem e respeito a Zominho.

Entre 2005 e 2012, foram gravados mais três CDs de Antônio Sobrinho & Nêgo Aboiador, a última gravação em 2012, contou com a participação de Zominho que totalmente recuperado voltou a fazer shows. Em 2013, os Brilhantes das Cavalgadas receberam premiação da Secretaria de Cultura de Arapiraca em reconhecimento a preservação das cantorias nordestinas, e em junho de 2014 o trio estava entre os artistas convidados para abrir oficialmente o São João de Arapiraca. Atualmente, os Brilhantes das Cavalgadas estão á disposição para realização de shows.

[ Fonte: Coluna Agreste” do jornal “Tribuna Independente”, 10 de agosto de 2014 ]

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

FRASE

“Eu canto por amor, pois a minha arte é o meu divertimento. Me sinto bem quando me apresento nas festas de Pega de Boi no Mato/Vaquejada, Cavalhadas e em outros locais, ao lado de meus companheiros: Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador”.
Zominho Aboiador

 

PERFIL –  “Zominho Aboiador”
Por Pedro Jorge ( Janeiro de 2012 )

“Zominho Aboiador” é o nome artístico de Manoel Fernandes Neto. Ele nasceu em Palmeira dos Índios/AL, no Povoado Lagoa do Curral, em 12 de fevereiro de 1945. É filho de Maria e Dativo Fernandes da Silva ( in memorians ).

“Zominho” é desquitado de sua primeira esposa há 40 anos, com a qual é pai de 2 filhos: Edson e Edlane Fernandes da Silva. Depois da separação de sua segunda companheira há 20 anos, ele com a atual companheira é pai de cinco filhos: Andreza, Andréa, André, Juliana e Daiane Fernandes da Silva, além de seu filho adotivo, Joel de Oliveira.

Iniciou em 1992, em dupla, com seu sobrinho, Givanildo Fernandes da Silva, cantando durante três anos aboio/toada em diversos bares de nossa cidade. Depois formou dupla com Antônio Sobrinho (também seu sobrinho), durante 14 anos, e em trio a partir de 2009, com Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador. Só a partir de formar dupla com Antônio Sobrinho, foi que ele começou a participar como convidado em Pegas de Boi no Mato: um tipo de competição em que os vaqueiros participantes usam um traje, popularmente chamado de “incorados”: usando jibão, chapéu de couro e perneiras, e os cavalos uma proteção, chamada peitoral.

Zominho gravou em 2001 o seu primeiro CD, em dupla com Antônio Sobrinho e em trio, com Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador, já lançou quatro CDs independentes. Suas principais composições são: “O Sofrimento de Uma Mulher”, “A Batida de um Caminhão”, “Moça Namoradeira” e “Eu Nasci no Meu Sertão”, todas em parceria com Antônio Sobrinho.

[ Por Pedro Jorge, janeiro de 2012 ]

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

TRIBUTO /  “Yoyô do Japão”
Por Pedro Jorge ( Janeiro de 2012 )

Os administradores do blog Arapiraca Legal, Gilvan Juvino e Pedro Jorge, e os poetas-aboiadores: Zominho Aboiador, Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador prestam um tributo ao saudoso e inesquecível  Yoyô do Japão.

“Há 22 de dezembro do ano de 2006 / A morte levou “Yoyô” Ligeiro com rapidez / O Homem de confiança
Morreu, mas deixou lembrança / Prá eu e todos vocês”.
Zominho Aboiador

Sr. Epitácio, popularmente conhecido como Yoyô do Japão, foi um dos melhores vaqueiros nordestinos em competições de Pega de Boi no Mato, ao lado de Arestides Zezinho, seu cunhado, e um dos idealizadores das mais tradicionais festas da região Agreste: a Pega de Boi no Mato, que era realizada anualmente, no mês de dezembro, no povoado Serrote do Japão, que faz limite com as cidades de Arapiraca e Girau do Ponciano/AL. Este evento atraia vaqueiros de todo o Nordeste. Ele também foi um dos maiores incentivadores e divulgadores dos aboiadores de nossa região.

“Seu Yoyô do Japão” é pai de várias filhas e dos seguintes filhos: Pita (funcionário da SMTT de Arapiraca/AL), Zé Lúcio (ex-vereador de Arapiraca e presidente do Clube dos Fumicultores), Manoel, China, Jório, Nenê e Coelho. A Pega de Boi no Mato consiste em uma competição onde os inscritos se lançam pela região árida na tentativa de vencer os desafios trazendo como prêmio os animais fugidos.

A dupla que sempre fazia a abertura desta tradicional festa era Zominho Aboiador e Antônio Sobrinho. Outros aboiadores convidados que também sempre participavam desta festa e, portanto, merecem destaque são os seguintes: Zé de Almeida & Paulo Nunes; Vavá Machado & Léo Costa; George & Neno do Gado; Abílio Neto & Irmão e Gero Batista & Miguel Simão do Gravatá (toadas e versos).

Em uma determinada competição, de Pega de Boi no Mato, que aconteceu no Povoado Mata D´Àgua, onde fica localizada a Churrascaria da Bica, no município de Girau do Ponciano/AL, Seu Yoyô estava perseguindo a vaca “Siricora” e, batendo em um tronco, o cavalo “Desejado” (de propriedade do Soldado Gilmar ), caiu morto. Seu Yoyô ficou ferido e foi socorrido, sendo levado em seguida para o hospital por seus filhos. Baseado neste acontecimento o poeta-aboiador André compôs a toada “Dia Oito de Janeiro” – devido este fato ter acontecido em um dia 8 do mês de janeiro.

Seu Yoyô do Japão faleceu no dia 22 de dezembro de 2006. Depois de seu falecimento – segundo Zominho Aboiador, só houve uma competição de Pega de Boi no Mato, juntamente com a Missa do Vaqueiro, em memória de Seu Yoyô, em 2007. Depois só aconteceu a referida Missa, em memória dele, em 2008.

Como lembrança e herança Seu Yoyô deixou o seu filho Jório e o seu neto Junior, como exímios vaqueiros. Com certeza toda a vaqueirama continua sentindo saudade das festas que eram realizadas no Serrote do Japão e do inesquecível Yoyô do Japão.

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PEGA DE BOI NO MATO
Por Dep. de Imprensa ( 23/11/2007 )

A Prefeitura de Arapiraca/AL mais uma vez participa de uma das mais tradicionais festas da região Agreste: a Pega de Boi no Mato. Realizada no povoado Serrote do Japão, que faz limite com as cidades de Arapiraca e Girau do Ponciano/AL, o evento atrai vaqueiros de todo o Nordeste.

A Pega de Boi deste ano, marcada para acontecer entre os dias 21 e 22 de dezembro, irá fazer homenagem especial ao vaqueiro Yoyô do Japão- um dos idealizadores da festa, falecido ano passado. O primeiro dia é marcado por uma recepção de boas-vindas aos participantes, que promete ser embalada pelo mais autêntico forró pé-de-serra.

No sábado, 22, uma Missa Campal, às 8h irá abençoar a corrida. A seguir, os inscritos se lançam pela região árida na tentativa de vencer os desafios trazendo como prêmio os animais fugidos. Entre os convidados especiais deste ano estão aboiadores famosos, como Vavá Machado e Zé de Almeida.

[ Fonte: http://www.arapiraca.al.gov.br/v3/noticia.php?notid=346 ]

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATOS (Zominho Aboiador, Antônio Sobrinho e Nêgo Aboiador)

( Carece de fonte )

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s