SONETOS (Radialistas) / Cícero Galdino

 
AOS PROFISSIONAIS DA COMUNICAÇÃO**
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA – Academia Arapiraquense de Letras e Artes )
 
Parabéns por exercer essa função nobre
Para você que atua na comunicação:
Seja no rádio, jornal ou televisão,
Talentoso nato que neste País cobre.
 
Uma missão árdua, bonita e essencial
Socializa, levando a divulgação
E reforça a fé nos que toca ao coração
Com os profissionais da índole cultural.
 
Desconhecido bastidor ou controlista,
Bom atuante que lembrado deve ser
Na homenagem á imprensa, ao bom radialista.
 
Mas como é ótimo manter o povo informado.
Levando a todos a razão de conhecer
Aqui, neste gigante Brasil, tanto amado!
 
Notas:
1. *Homenagem á imprensa em 21 de junho de 2011, na ocasião do evento “Viva o Rádio”.
2. A foto de abertura deste post foi cedida gentilmente pelo fotógrafo Cláudio Marques.
 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
 
DERRUBADO NUNCA MAIS* / Alves Correia
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Ele é um bom artista, grande animador.
Lá, no seu laboroso, falando ou cantando
Com diversões a todos nós vai encantando,
Seja no palco, seja como locutor.
  
Alves Correia, se diz ser derrubado
Mas na verdade, sempre firme ele está;
Viaja muito, leva a vida a cantar,
Desenvolvendo seu talento, embalado.
 
Ajuda ao povo quando é solicitado,
Isso é bom porque tem sempre a recompensa.
Quem recebe, quase sempre é um coitado.
 
Vai a todos divertindo com alegria,
Quanto ao cachê muita vezes nem compensa
Mas mesmo assim ele apresenta o que cria.
 
Nota: *Homenagem ao artista Cosme Alves Cordeiro, conhecido por Alves Correia, cantor e radialista. 
 
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
VOZ METÁLICA* / Arethuza Viana
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Simpática poetisa da radiofonia
Desempenha nobre atividade com amor.
Seus fieis ouvintes lhe acompanham com fervor
Muito atentos e centrados nessa sintonia.
 
A filha e ela por todos nós são muito queridas.
Bem informados ficamos no noticiário.
Com Disk Jockey ela faz o show, reforça o cenário;
São essas boas horas que não serão esquecidas.
 
Na madrugada, a dona se comunica bem
Com voz metálica, Arethuza vai escrevendo
A sua bela história e seu sucesso também.
 
Satisfeitos, os seus fãs seguem acompanhando,
Vão curtindo e nesse bom trabalho se envolvendo,
Interagindo junto a ela vão desempenhando.
  
Nota: *Homenagem a poetisa e radialista Arethuza Viana.
 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
HARMONIZANDO* / Carlos Wanderlei
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Na ECT ou rádio fez e faz sua história
Sempre atento a seu trabalho e ao seu lazer,
Nunca deixando de fazê-los com prazer,
Pois conquistou e conquistará sempre vitória.
 
Tenho “O Amigo do Amigo” que é Carlos Alberto,
Agora com Carlos chamado Wanderlei
São as amizades que aos poucos conquistei,
Vivendo tão longe ou vivendo aqui tão perto.
  
De Novo Nordeste á FM Arapiraca
Com Frequência Máxima, ele vai interagindo
Nessa profissão, trinta e um anos ele emplaca.
 
Vai laborando com muita dedicação,
Conciliando atividades, vai agindo
Nunca faltando amor aos seus com muita ação!
 
Nota: *Dedico esse Soneto ao radialista José Carlos Wanderlei.
 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
.
  
O XERETA OLHO VIVO* / Cláudio Barbosa
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
De olho vivo na notícia, o Cláudio vai xeretando
Sempre ativo e bem disposto o resultado aparece,
Nos casos muito difíceis só falta fazer prece.
É dessa forma que atua, com garra, trabalhando.
 
Bate bola com o Josa, esses bons novidadeiros.
No estádio ele labora com muita garra, informando
Sob comando do narrador que o jogo está narrando,
Vai dedicado ao que faz, com informes verdadeiros.
 
Nesse Comando Geral, ele leva novidades.
De São Paulo para o Agreste, Lopes vem atuando,
Vai colhendo informações pelas ruas das cidades.
 
Essa vibrante locução faz bem e satisfaz.
Com o microfone na mão, vai Barbosa informando,
O trabalho quando bom, o nome não se desfaz.
 
Nota: *Dedico este Soneto ao radialista Cláudio Barbosa Lopes.
 
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
PRIMEIRA LOCUTORA* / Cyra Ribeiro
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Há tempos atrás surgiu uma jovem locutora
Continua simples, de educação moldada,
Tradicional origem dessa terra amada,
Da família Ribeiro, grande e encantadora.Num serviço de som fixo foi a pioneira.
A Cidade acordou na comunicação;
Grande ideia nova, causando admiração,
Quando na locução ter sido ela a primeira.

Com seu cartório segue boa tradição,
Escriturando os imóveis, vai registrando
E informatizados gerou melhor condição.

De acompanhar os avanços a evolução.
Bem segue a senhorita se comunicando,
Prestando um serviço de grande dimensão.

Nota: *Dedico esse soneto a Senhorita Cyra Ribeiro, primeira locutora de Arapiraca.

 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
CAUTELOSO E SÉRIO* / Edvaldo Silva
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Um bom amigo sempre fica na história,
Sendo sincero e simples, ainda hoje luta;
É de boa índole e também boa conduta,
Com seu trabalho de sucesso, vive glória!
 
As boas ideias, o Edvaldo sempre tem.
Harmonioso, arruma jeito para tudo
Pois sempre arremata, atingindo o conteúdo,
Resolve bem do jeito que melhor convém.
 
O repórter “Furão” tem Silva no seu nome.
Seus genitores o fizeram bom rapaz,
Ele é bondoso, ajuda ao pobre não ter fome.
 
Ao ser cauteloso, é virtude que constrói
Um bom caráter para o homem que é capaz,
Quando faz o certo, o sonho não se destrói!
 
Nota: *Homenagem ao radialista José Edvaldo da Silva.
 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
VIVER A SERVIR * / Isve Cavalcante
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Uma pessoa humilde, homem talentoso,
Ele labora na comunicação.
Foi rábula honesto ao sugerir ação,
Ao participar do Fórum, meritoso.
 
Nada há neste mundo que a tantos encante;
É ser sincero e simples como ele vive.
Segue fazendo amigos com quem convive
Lá, na Noventa e Seis, O Isve Cavalcante.
 
Sempre erguido atua na radiofonia,
Ajudando ao povo de qualquer idade,
Grande providência, que doce mania!
 
Faz caridade quando ajuda ao pobre,
Seja num interior ou na cidade
É atitude linda! Num gesto tão nobre.
  
Nota: *Homenagem ao amigo Isve Cavalcante de Lima.
 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
.
 
CIDADE HOSPITALEIRA* / Jairo Campos
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Para quem gosta do nosso ASA e o ama de coração,
Se vier a boa terra, olhe sempre o verde nos campos.
No rádio, ouça: O Isve, Alves, Josa, Nelson ou Jairo Campos.
Escute “Eu, Você e a Madrugada” e também a narração.
 
Arapiraca lhe acolhe com presteza e encantamento,
É muito importante, venha já visitar nossa gente!
Visitando nossas praças, você vai ficar contente.
Tem muita coisa para se ver, é grande o investimento.
 
Aqui, não temos favela, nã se vê menor de rua,
Nosso povo é trabalhador, hospitaleiro e educado;
Pois é o contrário de alguns cantos, é verdade nua e crua.
 
Eu me orgulho dizer isso que meu coração sente,
Através de bons gestores, que tudo foi conquistado,
Somos assim desse jeito, por acolher boa gente!
 
Nota: *Dedico esse Soneto a todos os radialistas, especialmente ao profissional Jairo Pereira Campos.
 ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
VOZ DO ENCANTO* / Jarbas  Lúcio
Autor: Cícero Galdino (Membro da ACALA )
 
Nesta terra de encantos e de beleza
Surge um jovem de firme envergadura.
Que voz bela tem a grande criatura,
Quando ele fala vai embora a tristeza.
 
Jarbas Lúcio foi o primeiro locutor
Dessa emissora que trinta sócios teve;
A Novo Nordeste que está e sempre esteve,
Informando a todos, do aluno ao reitor.
 
Com seu sucesso, Jarbas é um empresário.
Ele se encaixou na comunicação
Pois, da Folha Verde ele é proprietário.
 
Como perfume, cada um tem seu valor;
No microfone ele faz animação,
Com seu talento, contagia e traz calor!Nota: *Homenagem ao amigo José Jarbas Silvério Lúcio.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

DOUTOR ALEGRIA* / Jô Gomes
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )

De jaleco, muito engraçado com seu jeito
Ele vai desenvolvendo tudo que cria.
Maquiado, se diz ser Doutor Alegria.
No rádio, nos hospitais é o que ele tem feito.

Com Teco-teco, sempre a Chiquinha acompanha
Esse trabalho extra que os dois bem desenvolvem.
Nas estorinhas que eles contam e se envolvem,
Um bom resultado se obtêm dessa campanha.

Publicidade em duas rodas agregou
Á nova firma desse palhaço empresário.
Inteligente e criativo, ele chegou.

Como é bacana essa atitude harmoniosa!
Vão defendendo seu sustento, o seu salário
Com o “Domingo Alegre” e essa ação corajosa!

Nota: *Homenagem ao amigo Josival Gomes de Oliveira, artista e radialista.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O VENCEDOR / José de Sá
Autor: Cícero Galdino (Membro da ACALA )

Entusiasta, artista renomado
Dedica o tempo á vida cultural;
Como pintor, nunca surgiu outro igual,
Pela família, ele é muito amado.

Professor de música e pastoril
É locutor “Nos Braços da Saudade”.
Seu repertório agrada a toda idade,
Chega ao público de todo Brasil.

O Zé de Sá como sempre é chamado
É grande atuante no labutar,
Esse trajeto deve ser filmado.

Herói nunca se deixa por vencido,
Pois quando insistente, cresce ao lutar
E desenvolvendo ações, evoluído.

Nota: *Homenagem ao amigo Comendador José Carmo de Sá: radialista, músico e pintor. Homem dedicado á Cultura de Arapiraca/AL.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

COMENTARISTA DE PESO* / Josenildo Souza
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )

Quando ele trabalha em funções diversas
Procura ser um conciliador.
Toma atitudes sem muitas conversas,
Se expressando sem provocar a dor.

O Josenildo age com perfeição,
Seja no futebol ou na limpeza.
Na Secretaria, prega a união,
Quando no ASA, comenta com presteza.

“Josa” acolhe os seus com muita humildade,
Pois valoriza seu subordinado,
O seu talento faz bem a Cidade.

Quem segue metas, deve ter ação
Na função mais simples ou no Senado,
Deve sempre agir, com dedicação.

Nota: *Homenagem ao amigo Josenildo Souza.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

VOZ TALENTOSA* / José Rocha
Autor:  Cícero Galdino ( Membro da ACALA )

Um habilidoso e sincero que trabalha
Com seu talento nessa radiofonia
Contribuindo com a cultura que espalha,
Narrando esportes numa boa sintonia.

Esse é Zé Rocha, um grande comunicador.
Na locução, dá sempre show como ninguém,
Pois atende a todos de um modo acolhedor.
Assim o vejo, sem nunca atingir alguém.

Foi de Palmeira que chegou para ajudar
E desenvolveu nossa comunicação
O locutor que hoje é patrão e sabe lidar.

Ser talentoso dignifica e enobrece,
Quando um trabalho é coroado de emoção,
Na mente, fica a lembrança que não se esquece.

Nota: *Dedico esse soneto ao publicitário e radialista José Silva Rocha.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

DE BEM COM A VIDA* / Márcia Meireles
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )

Companhia que nos acompanha altas horas
Contribui com o bem estar de nossa lida,
Deixando sempre a gente “De bem com a Vida”.
Que bom programa pra senhores e senhoras!

A notícia ruim deixa o ouvinte quase louco,
Eu venho almejá-la muita paz e alegria,
Vá conquistando sua nova freguesia,
Veja que pena, que o que é bom dura tão pouco.

Na locução, Márcia Meireles desenvolve
Assessorada por sua filha querida,
Boas maneiras, bons assuntos nos envolve.

Um bom trabalho desenvolve e fortalece.
Com saudade nós fazemos a despedida,
Os bons momentos são coisas que não se esquece.

Nota: *Dedico esse soneto á jornalista Márcia Meireles.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

LOCUTOR EXPLOSÃO* / Nelson Filho
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Alagoano de Sergipe atua
Com bastante garra e dedicação,
Pois de coração Arapiraca é tua
E fala do ASA com muita emoção.
 
Ele é dos Santos e das Santas também.
Nelson é filho e também explosão.
Sua voz vibrante chegando ao além
Cauteloso e firme de pés no chão.
 
Na locução nos lembra o rouxinol.
Trabalha ativo com a precaução
E com muita garra lá na EDINNOL.
  
O Credo Júnior sempre é seu tema,
Pois ele ama o que faz de coração
É firme, sereno segue o seu lema…
 
Nota: *Homenagem ao amigo Profº Nelson Santos Filho, radialista, ex-companheiro de Câmara Júnior.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
O MENINO DO BB* / Paulo Marcelo
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Eu convivi com um menino há alguns anos,
No meu trabalho quando bancário era.
Não sei se outono ou se foi na primavera,
Não lembro se era no tempo dos Tucanos.
 
Cuidadoso, muito sério atuava
No seu serviço, bem rápido ele agia;
Trabalhava com bastante alegria,
Sempre disposto, prestativo ele estava.
  
Ele cresceu, resolveu ser locutor,
Faz seu programa de maneira agradável.
A função lhe agrada mais que ser doutor!
 
Paulo Marcelo é educado e gentil.
Com os seus, ele também é muito amável,
Vai informando no progresso do Brasil…
 
Nota: *Homenagem ao amigo Paulo Marcelo Tavares, ex-colega do BB (Banco do Brasil).
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
UM SONHADOR* / Romilton Júnior
Autor: Cícero Galdino 
 
Jovem ativo, sonhador que conheci,
Ele pensava e foi locutor da emissora
Novo Nordeste que foi grande professora,
Um talentoso  amigo que nunca esqueci.
 
O Romilton Júnior que se tornou famoso,
Trabalhando pela trilha da poesia;
Sabe lidar com os simples e a burguesia
Com atitudes brandas, num gesto formoso.
 
Adotou: “Homem sete instrumentos por três”.
Com persistência e garra tem ele vencido,
Procurando ser honesto e também cortês.
 
A vivência lhe ensinou a buscar o caminho
Com pouca ajuda, a labutar quase esquecido,
Improvisando seus cordéis sempre sozinho.
 
Nota: *Homenagem ao saudoso amigo Romilton Antônio Paulino, conhecido por Romilton Júnior.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
CONTERRÂNEO* / Zé do Rojão
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA )
 
Leal, amigo, de versos encantadores,
Grande poeta e famoso nordestino.
O José agrada o homem, mulher e menino,
As canções satisfazem até doutores.
 
Sempre chama a todos nós de conterrâneo,
Nos programas das manhãs, fins desemana.
Como é bondoso, e também muito bacana,
Gente boa, meu xará contemporâneo.
 
Um grande pai, muito amado ele é também,
Recebe, acolhe os seus com muito carinho.
Zé do Rojão, só o bem faz, mal a ninguém.
 
Experiente! Só o tempo é quem o faz.
Quem direito trilha, não corta caminho:
O bom exemplo reflete e satisfaz.
 
Nota: *Homenagem ao cantor e radialista José Cícero dos Santos (Zé do Rojão).
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
SOBRE O AUTOR
 
Cícero Galdino dos Santos nasceu no Povoado Alto dos Galdinos, Município de Arapiraca/AL. Graduado em Biologia na então Faculdade de Formação de Professores de Arapiraca, atual UNEAL. Tornou-se sócio benemérito da ACALA (Academia Arapiraquense de Letras e Artes), em 28 de abril de 2006, e está para tomar posse, em 15 de junho de 2012, como membro efetivo que ocupará a cadeira Nº 13, tendo como patrono o Pe. Antônio Lima Neto.
 
Participou de três operações do Projeto Rondon (Nacional PRO XVI), Regional em Alagoas e especial em Arapíraca, todas em 1975. Foi membro efetivo da Câmara Júnior, onde ocupou várias funções de diretoria, chegando a presidente da CAJUARA e vice-presidente da CAJUABRA para a região Centro/Nordeste.Funcionário público, exerceu a função de professor e bancário do BB (Banco do Brasil), durante 20 anos. Hoje, empresário há 22 anos.
 
Atualmente é sócio benemérito da Sociedade Pestalozzi, vice-presidente da Associação São Vicente de Paulo, da Escola de Pais do Brasil – seccional Arapiraca e do Conselho Municipal de Assistência Social. É, também, membro do COMAD (Conselho Municipal de Política Sobre Drogas).
 
SOBRE O LIVRO
 Um livro que vive cordel, poemas e sonetos. Uma singela homenagem que o poeta Cícero Galdino dos Santos se propôs a fazer aos profissionais formadores de opiniões da imprensa, do rádio e a todos aqueles que produzem Cultura e participam da educação de nossa região metropolitana do Agreste. ( Por Alisson Gomes de Almeida, Designer – Centergraf ).
 
FRASE
“Os dois quartetos e os dois tercetos rimados / Formam mensagens com alma que sempre contam / Com as histórias ou estórias que nos encantam, / Quase sempre com seus versos metrificados”.
Cícero Galdino ( Empresário e escritor ).
 
[ Fonte: Livro “Desafio” – 1ª edição, maio de 2012 ]  
 
[ Editado por Pedro Jorge ]
 
 
SAIBA MAIS / Sobre o Escritor Cícero Galdino
https://arapiracalegal.wordpress.com/artistas-arapiraquenses/cicero-erluce-galdino/
 
 
NOTA
Adquira o Excelente Livro Desafio de Autoria do Escritor Cícero Galdino na Livraria Capítulo 8 Localizada na Praça  Bom Conselho – Arapiraca/AL, na ELETRONTEK ou Acessando o Link Abaixo ( SKOOB ):
https://www.skoob.com.br/livro/256869#
 
Anúncios

2 Respostas para “SONETOS (Radialistas) / Cícero Galdino

  1. Vejo como dever de cidadão expressar o reconhecimento de talentosos profissionais que dedicam seu precioso tempo em causas sociais tão nobres, através do rádio.

    Almejo ver em breve a sociedade civil, através de empresas, clubes ou entidades sociais; a sociedade pública, através dos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo externarem votos de reconhecimento, em vida para pessoas que tanto bem fazem a todos nós, através de suas profissões, sejam elas quais forem e, principalmente aos incansáveis da comunicação.

    Parabéns a vocês que fazem o Blog Arapiraca Legal pelas postagens que fizeram dessas homenagens aos profissionais do rádio. Fico feliz por isso! Obrigado.

  2. NATAL FELIZ (Soneto)
    Autor: Cícero Galdino (Licenciatura em Biologia e membro da ACALA)

    Nesse esplendor, o tradicional natalino,
    Todos se unem para o festejo do Senhor.
    Muitas orações agradecendo é o penhor.
    Noite linda é a do nascimento do Menino!

    Num clima alegre dessa união e bondade,
    Onde o perdão foi incentivado com ardor,
    Aliviando corações que sentem dor
    Na reconquista de trazer felicidade.

    De todos nós, Jesus menino foi instrutor.
    desde pequeno, o que é certo nos ensinou,
    Nosso Senhor, espelho e mestre, o Redentor.

    Maria e José o receberam com amor,
    Cristo Jesus que a humanidade conquistou…
    Ao grande Rei, sempre o louvemos com fervor!

    [ Fonte: Livro “Desafio”, 2012 ]

    [ Editado por Pedro Jorge ]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s