PROJETO ARBORIZAR


PROJETO ARBORIZAR Por Cícero Galdino ( Membro da ACALA – Academia Arapiraquense de Letras e Artes )

É perceptível, por qualquer ângulo ocular, a necessidade clemente que nosso planeta apresenta de trabalharmos a melhoria de nossa arborização. O desrespeito á natureza provoca o desflorestamento e os altos índices de poluição produzidos pelas indústrias, animais e veículos automotores em geral, que constituem um severo quadro degenerativo de nossa camada de ozônio, através da emissão de seus gases, trazendo como consequência o aquecimento global. Isso tem contribuído com o desequilíbrio das estações climáticas. Com esse filtro atmosférico prejudicado, tem aumentado consideravelmente as incidências neoplásticas na pele humana através de exposição aos raios solares. Contudo, não nos resta outra saída a não ser trabalharmos engajados numa atuação persistente e contínua de reflorestamento. Sabendo, porém, que uma atitude que venha provocar convencimento e conscientização não é fácil, lanço a ideia daquele beija-flor, desprovido de preocupação do que os outros venham contribuir ou não, procura fazer a sua parte, ou seja, participar de maneira aparentemente insignificante, com as gotícolas de água que levara em seu precioso bico, para ajudar a apagar o incêndio na floresta. Assinasse a ideia do “Projeto Arborizar”, que consiste não somente no plantio e adoção de uma árvore, mas num processo mais consistente e sustentável que é trabalhar a educação, conscientizando o pequenino sobrevivente a cuidar com amorosidade no cultivo e proteção de uma árvore, plantando-a e adotando-a. Um ponto forte do projeto é despertar nos gestores públicos interesse para o colocarem em prática com participação das secretarias de Agricultura (onde as mudas deverão ser viabilizadas), do Meio Ambiente, da Assistência Social (onde, através dos CRAS poderão exercer uma forte parceria na conscientização e até na distribuição das mudas). Ao nascimento de um filho (a) ou até mesmo no conhecimento da concepção, que os pais decidam buscar uma muda de árvore frutífera ou não, e plantá-la no seu jardim ou quintal. Á medida que essa plantinha vai crescendo, o almejado filhinho também. O que poderá passar na cabeça da criança a partir da 1ª infância, quando seus pais lhe disserem que aquela plantinha tem a sua idade? Certamente, naquele ingênuo ser, será gerado um vínculo afetivo áquela árvore que surgiu na mesma época em que essa criança nasceu. É dessa forma que espero que o “Projeto Arborizar” venha sensibilizar e mais do que isso; educar, instruindo aos pequeninos e motivando-os no processo de arborização. Em 21 de setembro de 1976, teve inicio a 1ª campanha de arborização de Arapiraca. Durou uma semana. Contou com a participação de 30 universitários das áreas de Agronomia e Educação. Foi uma atuação de minha iniciativa, após sugerir ao saudoso Ivan Scala, então diretor do Projeto Rondon, em Alagoas. Nessa operação distribuímos 5.000 mudas de diversas árvores: Espatódea, Algaroba, Sombreiro, Castoala, Flamboyant e Castanhola do Pará. Os estudantes de Agronomia plantaram 10% das mudas desse projeto em escolas e em algumas ruas, sendo a Expedicionários Brasileiros, uma delas. Considerando a importância da iniciativa, você está convidado (a) a participar, também, do “Projeto Arborizar”, que será lançado em Arapiraca/AL no dia 21 de setembro de 2013 – Dia da Árvore. Esse projeto conta com o apoio cultural de ACALA ( Academia Arapiraquense de Letras e Artes ); com incentivo da Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca; dos blogs Arapiraca Legal e João Rocha, e do F-Dlis, bem como contará com a participação dos poderes Legislativo e Executivo da Cidade, através das secretarias de Meio Ambiente; Agricultura; Educação e Assistência Social. Participe! A Natureza Agradece e Sempre Agradecerá!

[ Fonte: Informativo da ACALA Nº 11,  junho de 2012 ] ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CARTILHA: PROJETO ARBORIZAR  – “Plante e Adote Uma Árvore”

PROJETO ARBORIZAR PARA MELHOR VIVER Tema: Arborizar Para Melhor Vivermos Lema: “Plante e Adote Uma Árvore!” Tipo: Educativo e instrutivo Publico-Alvo: 1 infância a idade adulta Idealização e Elaboração: Cícero Galdino dos Santos. Apoios Culturais: ACALA (Academia Arapiraquense de Letras e Artes) / Câmera Temática de Gestão de Recursos Naturais da Agenda 21 / Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca / FDLIS. Apoio Operacional na Expansão: EPB (Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca). Apoios nas Divulgações: Blogs – Arapiraca legal e Umas e Outras / Site oficial – Prefeitura de Arapiraca / TV – Gazeta de Alagoas / Emissoras de rádio – A Voz do Povo, A Voz de Deus; Arapiraca FM; Gazeta FM; Imprima FM; Metropolitana FM; Novo Nordeste AM e Pajucara FM / Revista – O Mensageiro / Jornais Gazeta de Alagoas e Tribuna Independente. Apoio Estrutural na Implatanção em Arapiraca: Eletrontek / FDLIS / SEBRAE. Colaboradores: Carlisson Borges Tenório Galdino (bacharel em Ciência da Computação) / Cleberson B. T. Galdino (médico) / Ellen B. T. Galdino (universitária – Psicologia) / Erluce Maria B. T.Galdino (professora) / Evelyn B. T. Galdino (universitária – Medicina)/ Genival Galdino dos Santos (professor e advogado) / Davi Barbosa Neto Salsa (jornalista) / Ivens Barboza Leão (engenheiro Ambiental) / José Ferreira Neto (engenheiro Florestal) / José Lopes da Silva (professor) / José Matias Irmão (professor) / Josivan Vital da Silva (advogado) / Mônica de Fátima Nunes Alves Pereira (jornalista) / Rui Palmeira Medeiros (agrônomo) / Tony Medeiros (jornalista) / Valdemir Ferreira, “Cartuxo Cordelista” (poeta-cordelista). Incentivadores: Carlindo de Lira Pereira (professor – UNEAL) / Claudio Olímpio dos Santos (professor e escritor) / Daniel Soares Rocha (Administração) / Estela Celina Barbosa de Araújo Silva (professora) / José Luciano Barbosa da Silva (engenheiro civil) / Maria Adjnânia / Martins Silva (professora). Parcerias de Honra: A finalidade das parcerias de honra desse projeto e homenagear os parceiros pelo apoio incondicional que eles tem dado, mediante suas participações em outros projetos que beneficiam o meio ambiente e também participarem da divulgação do Projeto Arborizar Para Melhor Viver, principalmente dentro da faixa em que estão sendo homenageados, utilizando os meios de comunicação possíveis. Mediante os critérios que utilizaremos para o Projeto Arborizar, os parceiros de honra serão: * Divulgação Nacional: * Divulgação Regional: * Divulgação Estadual: * Divulgação em Regiões Metropolitanas: * Divulgação Municipal: Célia Maria Barbosa Rocha (médica e prefeita de Arapiraca-AL). Importância do Projeto: As variações climáticas das estações do ano tem preocupado sensivelmente a todos, pelos efeitos destrutivos que tem sido registrado em nosso Planeta, através de secas ou inundações. Esse desequilíbrio deve-se em parte ao desflorestamento. Com a implementação do Projeto Arborizar, acredita-se que ele contribua com a solução desse problema. Entre as consequências do desflorestamento, convivemos com a irradiação solar em excesso, consequência das falhas na camada de ozônio, que têm produzido na pele humana grande incidência de placas neoplásticas. O Projeto Arborizar é, sobretudo educativo e instrutivo. Fundamenta-se na sensibilização dos pais, cujos filhos serão seus principais estimuladores. Diante do quadro de desflorestamento que há em nosso Planeta, surge a necessidade de se mobilizar campanhas para, de forma educativa, promover meios de implementar e orientar plantios, estimulando o critério de adoção de mudas frutíferas específicas e de demais espécies. A ideia central desse projeto consiste em viabilizar condições d orientar as pessoas a plantarem mudas em datas importantes de suas vidas, como na formatura ou aniversário de um dos membros da família e no nascimento de filhos, por exemplo. Á medida que o bebê for crescendo, será despertado nele o interesse de regar e cuidar da plantinha, fazendo gerar nele um vínculo afetivo a essa árvore. Incentivar o plantio de mudas específicas em lugares que tenham o mesmo nome da árvore, nas praças, avenidas, ruas, vilas, povoados e sítios e até mesmo em cidades, mediante análise e orientação adequada. Levar a ideia do projeto aos municípios ribeirinhos para que nas margens do Rio São Francisco seja plantado mudas, objetivando-se minimizar os efeitos do desflorestamento, bem como em outros municípios onde existam rios ou lagos. Estima-se que ao final de 20 anos de implantação do Projeto Arborizar Para Melhor Viver, se bem trabalhado, a futura geração tenha absolvido a ideia de conscientização no processo de arborizar. Objetivos: Geral – Combater os impactos ambientais di desmatamento por meios de sensibilização e motivação das pessoas nas escolas, na imprensa, nos planos e metas governamentais e proposta parlamentar. Específico – Desenvolver conscientização ecológica junto aos estudantes, contando com a participação do corpo docente de cada instituição dos ensinos Fundamental, Médio e Superior, orientando-os para adesão ao sistema de plantio e adoção de árvores. Fundamentação: 1. Projeto de Plantio de Árvores da Equipe Verde do Lions*; 2. Plantas que Curam, 8 edição, 2012 – Editora Paulus, autor: Moacyr Pezati Rigueiro**; 3. Livro Desafio, 1 edição, maio de 2012 – Gráfica Centergraf, autor: Cícero Galdino***; 4. Livro Como Usar Produtos Naturais Para uma Vida Saudável, vários autores****. Fundamentação Teórica: 1 – * A equipe Verde do Lions organiza projetos de arborização em comunidades e orienta o plantio; 2 – ** Pezati mostra no manual ilustrado Plantas que Curam, plantas medicinais a utilidade medicamentosa de diversas arvores frutíferas, citando entre outras: abacate, abacaxi, guaraná, laranja, limão, maça, noz e oliveira. 3 – *** Desafio e uma coletânea de poesias, na maioria sonetos que muitos cantam a natureza e para a árvore tem Plante e Adote Uma Árvore. SONETO PLANTE E ADOTE UMA ÁRVORE* Autor: Cícero Galdino (Membro da ACALA) A natureza reclama sim sua ausência Na falta que faz ao grande pulmão do mundo. Precisa muito trabalhar a consciência Para evitar que a poluição chegue ao fundo. O ecossistema não suporta a consequência. Enquanto se encontra alguma forma eficiente, Vemos que o mundo reage com paciência, Chegou a hora de alertamos a toda gente. As poucas florestas não dão conta do ar puro, A degradação polui o ar matando a vida E devastador é esse assunto muito duro. Plante uma árvore e não só plante mas adote. Colabore nesse gesto que se convida, Pra que os mais jovens, no futuro, tenham sorte! Nota: *Esse soneto é parte integrante do Projeto Arborizar, de minha iniciativa. [ Fonte: Livro “Desafio” – 1ª edição,  maio de 2012 ] Nota: Este soneto também foram publicados na Revista “O Mensageiro”, edição de abril de 2013. 4 – **** Nesse livro é apresentado um trabalho de pesquisa realizado em 173 fontes de referência com orientações sobre a importância das vitaminas, sais minerais, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, potássio e zinco – onde são encontrados e como utilizá-los. Metodologia: A metodologia aplicável nesse projeto é centralizada num critério educativo, de forma que se promova a conscientização das pesquisas sobre a necessidade que há de melhorar nosso Planeta, mesmo de forma gradativa, que seja permanente nesse processo de arborização. O público-alvo desse projeto envolve professores e alunos das universidades estadual e federal para o estudo e plantio de árvores adequadas a nossa flora. O outro grupo é composto por associações, cidadãos comuns, representantes políticos, poetas, escritores, cantores, compositores e todos que desejarem participar de maneira efetiva para melhorar o mundo em que vivemos. O projeto tem como um de seus objetivos a obtenção de parcerias de orgãos governamentais e nao governamentais, a fim de viabilizar a realização das ações propostas em todos os âmbitos: político, educacional, social, comercial e cultural que tenham interesse em melhorar a qualidade de vida do Planeta, participando dessa ideia que será implementada em duas etapas: implantação no estado de Alagoas e expansão nacional. Para se atingir o objetivo com a execução do projeto, sugere-se que haja participação e engajamento também das seguintes secretarias: Agricultura, Assistência Social, Educação, Meio Ambiente, Planejamento e Saúde; e que uma delas coordene e fiscalize a implantação do projeto. Atribuições Sugeridas á Cada Secretaria Para se Alcançar Bons Resultados: * Secretaria de Agricultura – Responsável em fornecer condições de produzir as mudas que forem destinadas a esse projeto, tanto frutíferas quanto as que se destinarem ás vias públicas; * Secretaria de Assistência Social, través dos CRAs e/ou CREAs – Manter o controle de distribuição das mudas, tendo como prioridade as gestantes, mediante o cadastro de natalidade, ás pessoas de baixa renda; * Secretaria de Educação – Realiza palestras, através dos docentes e discentes e cada escola, para reforçarem a divulgação e engajamento do projeto junto aos alunos das redes pública e privada; * Secretaria de Meio Ambiente – Deverá acompanhar a produção de mudas, orientando sobre as variedades que se adaptem ao clima da região, tanto as frutíferas quanto as demais. Ficará responsável também pela reposição das que morrerem após o plantio ; * Secretaria e Planejamento – Mapas de vias públicas (praças, ruas ou avenidas) que necessitem de estudos sobre melhor arborização. Acompanhará e fiscalizará o processo de arborização que venha ser implementado por este projeto ; * Secretaria de Saúde – Acompanhar, o desenvolvimento da muda, através de seus agentes de saúde, devido ajudar a Secretaria do Meio Ambiente quando houver necessidade de proceder reposição; * Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano e Habitação – Viabilizar estudo sobre local e tipo de mudas que devam ser plantadas nas ruas, avenidas e praças da cidade e também nas vilas e povoados; * Assessoria de Imprensa – Divulgar a ideia do projeto junto a imprensa local e da capital alagoana. Pretende-se em cada fase do projeto realizar divulgação das ações e resultado para que a sociedade tenha conhecimento de todas as atividades, através de informativos impressos e veiculados pelas mídias faladas e televisionadas. Para que isso aconteça é necessária a formalização de parcerias em prol desse projeto. Trata-se de um projeto amplo que envolve a Educação Ambiental em seus vários contextos, por isso é possível a participação de toda a sociedade civil organizada para viabilizar a arborização iniciando em Arapiraca e se estendendo por todo o Estado de Alagoas, de acordo com o nível de aceitação e investimento para a realização do trabalho. Orçamento – 2014: * Apresentação e implantação do projeto (convites e lanches – 300 pessoas) – R$ 5.900, * Custo para cada lote de 100 mudas – R$ 8.000, * Aquisição de um data-show (projetor multimídia) – R$ 3.000, * Aquisição de engradados para via pública (lote de 200) – R$ 9.000, * Aquisição de máquina fotográfica digital – R$ 800, * Aquisição de um notebook – R$ 1.500, * Compra de 1000 camisetas personalizadas – PROJETO ARBORIZAR – R$ 10.000, * Produção de informativos (andamento e resultado do projeto) – R$ 4.800, * Despesas com divulgação e impressos no período da implantação – R$ 8.000, * Despesas com transporte para visitas e plantios – R$ 3.000, * Contratação de uma atendente – R$ 12.000, ___________________________________________________________ Total: R$ 66.000, Observações: 1. Com esse orçamento pretendemos viabilizar a implantação e adequação do Projeto Arborizar em cinco cidades do Agreste alagoano, região metropolitana – sendo, Arapiraca, a centralizadora; 2. Caso seja possível obter a participação e apoio financeiro de empresas simpatizantes, esse projeto poderá se estender a outras cidades do nosso Estado no período de implantação, seguindo o cronograma. [ Fonte: Cartilha informativa do “Projeto Arborizar”, fevereiro de 2014 ] ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ARBORIZAR SERÁ LANÇADO NESTA QUINTA Por Departamento de Imprensa (12/02/2014) Integrantes do FDLIS (Fórum de Desenvolvimento Local, Integrado e Sustentável), Agenda 21 e das secretarias de Governo, Educação e Meio Ambiente irão participar, na manhã desta quinta-feira (13), da solenidade de lançamento do projeto Arborizar Para Melhor Viver. O evento está marcado para as oito horas, tendo como local a Escola de Circo do Bosque das Arapiracas. Idealizado pelo professor e escritor Cícero Galdino, o projeto também conta com o apoio da ACALA (Academia Arapiraquense de Letras e Artes), Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca e empresas da cidade. O Projeto Arborizar Para Melhor Viver é voltado para educação ambiental, sobretudo com a participação de alunos, professores, servidores de escolas públicas, particulares, universidades e empresariado local. O presidente do FDLIS, José Lopes, revelou que o lançamento oficial do projeto, previsto para o próximo dia 13 deste mês, será marcado com o plantio simbólico de muda de árvore nativa no Bosque das Arapiracas. A iniciativa prevê o plantio de duas mil mudas em praças, escolas, avenidas, entre outros locais da cidade. Depois do lançamento em Arapiraca, a ideia é levar as ações de educação ambiental para outras cidades da RMA (Região Metropolitana do Agreste). [ Fonte (link): http://www.arapiraca.al.gov.br/v3/noticia.php?notid=6941%5D ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

LANÇAMENTO – Jornal “Gazeta de Alagoas”

PLANTIO DE MUDAS É INCENTIVADO / Projeto Conscientiza Sobre a Importância da Arborização Por Elisana Tenório (Repórter)

Incentivar o plantio de mudas, estimular crianças a plantarem ou adotarem uma árvore em datas importantes de suas vidas, promover campanhas que despertem para a importância da arborização. Estes são os motes principais do Projeto Arborizar Para Melhor Viver, que foi lançado ontem, em Arapiraca/AL, com o plantio de duas mudas de pau-brasil, feito pela prefeita Célia Rocha e pelo idealizador Cícero Galdino. Trata-se de um projeto-piloto que servirá de parâmetro para ser seguido em várias cidades do país. A partir de agora, o professor Cícero Galdino, representando Arapiraca, percorrerá diversas localidades para conscientizar as pessoas, sobretudo os pais, a estimular a plantação e/ou adoção de mudas em datas comemorativas. Comemoração A ideia é convencer os pais a plantarem mudas em datas importantes da vida em família, como formatura, aniversário e nascimento. Mas não é só isso: à medida que os filhos forem crescendo, deverá crescer junto com eles o interesse de regar e cuidar das plantinhas, gerando assim um vínculo afetivo. “Em 20 anos queremos que a cultura de nosso povo tenha mudado radicalmente”, estima o professor Cícero Galdino, que é membro da ACALA (Academia Arapiraquense de Letras e Artes). Nome da Cidade outro mote do projeto é orientar moradores a plantarem mudas que tenham o mesmo nome do município em praças, ruas, vilas, povoados e sítios. por causa disso, Galdino vai implantar um miniviveiro de Arapiracas no Bosque das Arapiracas. Ele também já começa a se articular para plantar viveiros com craibeiras em Craíbas-AL. Os municípios ribeirinhos também estão inseridos no projeto. A meta é plantar mudas nas margens do Rio São Francisco para diminuir os efeitos do desflorestamento, assim como em outras cidades onde existam rios e lagos. “Estamos na torcida pelo sucesso do projeto do professor Cícero Galdino que, tenho certeza, servirá de modelo para o Brasil”, avaliou a prefeita Célia.

[ Fonte: Jornal “Gazeta de Alagoas”, 14 de fevereiro de 2014 ] _____________________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________________

SUSTENTABILIDADE – Jornal “Tribuna Independente”

ARAPIRACA RECEBE O PROJETO “ARBORIZAR PARA MELHOR VIVER” – Está Previsto o Plantio de 2000 Mil Mudas no Município Por Davi Salsa (Repórter)

Com a presença da prefeita Célia Rocha (PTB), foi lançado na manhã de ontem no canteiro central da “Escola de Circo – Palhaço Biribinha”, localizado no Bosque das Arapiracas, o “Projeto Arborizar para Melhor Viver”. Coordenado pelo FDLIS (Fórum de Desenvolvimento Local, Integrado de Sustentável), Agenda 21 e secretarias de Governo, Educação e Meio Ambiente, o novo projeto de arborização também conta om o apoio da ACALA (Academia Arapiraquense de Letras e Artes), Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca, Banco do Brasil, SEBRAE, CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Câmara Temática Cidade Sustentável de Arapiraca, UNEAL (Universidade Estadual de Alagoas), BNB (Banco do Nordeste do Brasil), associações de moradores, entre outro segmentos da sociedade local. Durante a solenidade de lançamento, a prefeita Célia Rocha e o professor Cícero Galdino – idealizador do “Projeto Arborizar Para Melhor Viver”, plantaram uma muda de pau-brasil no jardim da “Escola de Circo – Palhaço Biribinha”, em Arapiraca-AL. A ação foi acompanhada de perto por estudantes de escolas públicas e particulares, bem como de escoteiros do Grupo Marechal Mascarenhas de Morais. Na ocasião, o professor Galdino distribuiu para o público uma cartilha com os objetivos e as fases do projeto. A iniciativa é voltada para a educação ambiental, sobretudo com a participação de alunos, professores, servidores de escolas públicas, particulares e universidades, blogueiros e empresariado local. O Projeto Arborizar Para Melhor Viver tem previsão do plantio de 2000 mudas em praças, escolas, avenidas, entre outros locais da zona urbana e rural da cidade. Depois do lançamento, ocorrido nesta quinta-feira, em Arapiraca, a ideia é levar as ações de Educação Ambiental para outras cidades da RMA (Região Metropolitana do Agreste).

[ Fonte: Jornal “Tribuna Independente”, 14 de fevereiro de 2014 ] ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Foto: ELISANA TENÓRIO

Cícero Galdino – Projeto Arborizar

PROJETO ESTIMULA PLANTIO DE ÁRVORES* Por: Elisana Tenório (Repórter) –  (27 de abril de 2014)

Incentivar o plantio de mudas em lugares que tenham o mesmo nome, estimular crianças a plantar ou adotar uma árvore em datas importantes de suas vidas, mobilizar campanhas que despertem para a importância da arborização. Estes são os motes principais do Projeto Arborizar para Melhor Viver. Trata-se de um projeto-piloto que servirá de parâmetro para ser seguido em várias cidades do país. Desde fevereiro, seu idealizador, Cícero Galdino, percorre diversas localidades para conscientizar as pessoas, sobretudo os pais, a estimular a plantação e/ou adoção de mudas em datas comemorativas. A ideia é convencer os pais a plantar mudas em datas importantes da vida em família, como formatura, aniversário e nascimento. Mas não é só isso: a medida que os filhos forem crescendo, deverá crescer junto com eles o interesse de regar e cuidar das plantinhas, gerando, assim, um vínculo afetivo. “Em 20 anos queremos que a cultura de nosso povo tenha mudado radicalmente”, estima o professor Cícero Galdino, que é membro da Academia Arapiraquense de Letras. Outro mote do projeto é orientar moradores de determinadas cidades a plantar mudas que tenham o mesmo nome do município em suas praças, ruas, vilas, povoados e sítios. * Leia mais na versão impressa.

[ Fonte (link): http://gazetaweb.globo.com/gazetadealagoas/noticia.php?c=243585 ] ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ PROJETO ARBORIZAR PARA MELHOR VIVER

Contatos (Cícero Galdino) Endereço: Rua Possidônio Nunes, 8 – Bairro: Capiatã CEP: 57.310-100 Arapiraca – AL. Telefones: (082) 3521.4784, 3522.1953 e 9361.0562. E-mails: projetoarborizar.2013ggs@yahoo.com.br cgaldinosantos@yahoo.com.br. [ Editado por Pedro Jorge – Email: pjorge-65@hotmail.com ]

Anúncios

4 Respostas para “PROJETO ARBORIZAR

  1. Agradeço e parabenizo à direção deste blog (Arapiraca Legal) pela iniciativa que teve na divulgação do Projeto Arborizar. É esse tipo de parceria que bastante contribui com a expansão desse projeto, ajudando no reflorestamento do nosso planeta.
    Parabéns, amigos!

  2. Olá Cícero,
    O Blog Arapiraca Legal está sempre a disposição de pessoas com tal interesse em melhorar o padrão de vida sustentável em nosso maravilhoso planeta. E é notável sua preocupação com nossas futuras gerações.
    A administração.

  3. O dia da árvore de ontem foi para mim um dos mais marcantes dos últimos anos, pela boa divulgação que a TV Gazeta de Alagoas, através do programa AL TV – 2ª edição fez, contando parte de minha história sobre arborização.
    A apresentação à imprensa do “Projeto Arborizar” aconteceu desde a sexta feira, onde participei de entrevistas em cinco emissoras de rádio. O Blog Arapiraca Legal faz parte do grupo de colaboradores no projeto. Meus agradecimentos a equipe desse blog pelas divulgações.

  4. Fiquei muito feliz ao ver hoje a reportagem de capa da revista Alagoas S.A, que trata da preservação de espécies do meio ambiente, e que inclui experiências exitosas como a realizada em Arapiraca, através do projeto Arborizar Para Melhor Viver. Com parcerias com a Prefeitura, entidades e instituições é possível recuperar espécies que estavam em riscos eminentes de extinção.

    Idealizado pelo professor Cicero Galdino o projeto tem conquistado a adesão da população, que investe sobretudo no plantio da nossa querida árvore Arapiraca. Tudo isso com o apoio e coordenação do FDLIS, Agenda 21 e de diversas secretarias de nosso governo.

    Feliz também porque o modelo está sendo adotado por outros municípios, a exemplo de Craíbas e Traipu. Preservar o meio ambiente é, de fato, obrigação de todos nós!
    Célia Rocha
    Fonte: Facebook de Célia Rocha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s