Palhaço Biribinha

 
 
Frases:
“O mundo do circo sempre exerceu fascínio sobre todas as pessoas. Crianças e adultos deixaram e deixam se levar nas ilusões do mágico ou nas deliciosas brincadeiras do palhaço”. – Biribinha 
[ Fonte ( frase ): http://www.terrradelucas.com.br ]
 
 
“O Biribinha é um grande artista de Arapiraca/AL e sua valorização só enriquece nosso Município. É preciso que todo nosso povo também reconheça o trabalho, o perfil e o entusiasmo dos nossos artistas. Parabenizo ao Téofanes pela dedicação a cultura circense e de Arapiraca”. – Luciano Barbosa ( prefeito de Arapiraca) 
[ Fonte (frase): http://www.alagoastempo.com.br ]
 
 
“Biribinha é um dos maiores palhaços do Brasil. Nas minhas pesquisas, fui informado que devia conhecê-lo imediatamente e foi o que fiz. Foi um belo encontro com ele e seus filhos multitalentosos, que me deram muitas dicas e boas pistas para as minhas pesquisas sobre o circo. O filme ‘O Palhaço’ é uma grande homenagem a todos os artistas circenses”. – Selton Mello 
[ Fonte (frase): gazetaweb.globo.com ]
 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
PERFIL – Palhaço Biribinha
Por Pedro Jorge
 
 Biribinha é o personagem criado pelo ator, diretor e produtor Teófanes Antônio Leite da Silveira. Sua história é emocionante: Nasceu, no dia 5 de Fevereiro de 1951, embaixo da lona de um circo, em Jequié/BA. Começou a se apresentar ainda criança, com seu pai, aos 6 anos de idade. Ao longo dos anos, continuou trabalhando e aperfeiçoando o seu talento circense.
 
O Palhaço Biribinha, “O Mestre do Picadeiro e do Riso”, tem na “bagagem” a experiência de mais de 50 anos de vida artística adquirida em herança da “Família Silveira”, tradicional família de circo do Nordeste brasileiro.
 
Teófanes Silveira, o “Biribinha”, é radicado em Arapiraca/AL há bastante tempo. Atualmente faz parte da Companhia Teatral Turma do Biribinha, que se apresenta com sucesso em vários programas televisivos a nível nacional – “Faustão”; “Eliana”; “Qual é o Seu Talento?”; “Sílvio Santos”, e outros. A companhia também se apresenta, representando Arapiraca e Alagoas, nos principais festivais de teatro e circo do Brasil e do mundo.
 
 
 
 
MESTRE DE ARTES CIRCENSES
Teófanes Silveira  foi reconhecido, em 2010, pela Secretaria de Cultura do Estado de Alagoas como Patrimônio Vivo da Cultura Alagoana, na categoria “Mestres de Artes Circenses”.
 
 
 
 NOVELA ARAGUAIA
Todos nós arapiraquenses ficamos felizes e orgulhosos pela participação especial de Biribinha, em 2011, na Novela Araguaia da Rede Globo. Ele fez uma excelente participação interpretando o espírito do palhaço “Estripulia”, que aparece  como o amigo imaginário da Menina Madalena.
 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
Biribinha Grava Cenas Para Novela da Rede Globo ( 3 de março de 2011 )
 
A cultura arapiraquense e os artistas da terra ganham cada vez mais espaço no cenário nacional. Nesta semana, o artista circense Teófanes Silveira, o Palhaço Biribinha, está gravando cenas para “Araguaia”, novela das seis da Rede Globo. De acordo com o subsecretário de Cultura e Turismo de Arapiraca, Júnior Silveira, que é filho de Teófanes, o personagem interpretado pelo artista arapiraquense será um palhaço–amigo imaginário da jovem Madalena. Uma das primeiras gravações de Biribinha estará ao ar no dia 9 de março.Patrimônio Vivo No ano passado, Teófanes Silveira entrou no Livro do Patrimônio Vivo Alagoano.
 
A honraria foi concedida pelo Conselho Estadual de Cultura, que aprovou o registro de Biribinha. Com isso, o artista passou a receber mensalmente uma ajuda financeira para apoiar sua produção cultural. De acordo com o edital do Patrimônio Vivo Alagoano, é considerado como Patrimônio Vivo pessoa natural do Estado que detenha os conhecimentos ou as técnicas necessárias para a produção e para a preservação de aspectos da cultura tradicional ou popular de uma comunidade estabelecida em Alagoas nas áreas de: Danças e Folguedos, Literatura Oral e/ou Escrita, Gastronomia, Música, Teatro e Artesanato, dentre outras. [ Fonte: http://www.alagoastempo.com.br, 03/03/2011 ]
 
FESTIVAL DE GARGALHADA PROMOVE CULTURA
 
Após participar de papel na Novela Araguaia, da Rede Globo, o palhaço Biribinha levou o mundo do circo para as ruas de Arapiraca. A Cidade mergulhou sete dias no universo circense, com a realização do II Festival de Gargalhada e a segunda edição do Encontro de Palhaços. Uma Palhaceata – desfile pelas principais ruas do Centro –  foi iniciada no Parque Ceci Cunha seguindo até a Praça Luiz Pereira Lima. A Companhia Teatral Turma do Biribinha organizou o evento com apoio da Caçuá Produções e da Prefeitura de Arapiraca. 
 
A Tenda Cultural, montada no Parque Ceci Cunha, recebeu os alunos de escolas das redes pública e particular de ensino. O evento reuniu artistas em geral, como atores, músicos, artistas plásticos, dançarinos, artistas de rua dos estados de AL, BA, PR, MG e SP.
 
 
 
 EXPOSIÇÃO “PALHAÇOS” ( Museu Zezito Guedes )
 
O Museu Zezito Guedes realizou a Exposição “Palhaços”. A mostra fez homenagem ao Dia Nacional do Circo, que teve como data 27 de Março, dia do aniversário de nascimento do palhaço Piolim, considerado o “Imperador do Riso”.
 
A diretora do Museu, Kyka Tenório, explicou que a exposição abordou temas  como a história do circo e a biografia de palhaços importantes do mundo circense, a exemplo de Carequinha, Piolim, Benjamim Oliveira e Biribinha.
 
A mostra contou com parte do acervo do artista de Belo Horizonte/MG, Roberto Robleño, “Palhaço Vira-Lata”, que fez a abertura do Festival de Gargalhada, e com parte do acervo da “Turma do Biribinha”.
 
[ Fonte: Informativo da Prefeitura de Arapiraca-AL, abril de 2011 ]
 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
CULTURA E HISTÓRIA – Circo Mágico Nelson: Marco na História Circense ( Sinopse )
Por Aroldo Marques
 
O Circo Mágico Nelson foi um marco na história circense em Arapiraca. Considerado uma fábrica de alegria, mesmo nos momentos mais difíceis, como quando a lona pegou fogo, ou durante seu auge, nos anos 1970, o circo fez muita gente feliz.
 
Seus artistas são resistentes e sobrevivem as intempéries da vida, dando volta por cima e fazendo crer que a verdadeira arte é imortal.
 
As fantasias e os melodramas, as incansáveis gargalhadas que ecoaram no ar, provocadas pelos palhaços e as boas recordações que se tornaram eternas de quem viveu a trajetória do Circo Mágico Nelson, anima os apaixonados pela arte circense. 
 
[ Fonte: Jornal “Alagoas em Tempo”, 10 a 16 de outubro de 2005 ]
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
 
 
TURMA DO BIRIBINHA NO PALCO GIRATÓRIO ( 08/08/2008 )
 
 
O Espetáculo “O Reencontro de Palhaços na Rua É a Alegria do Sol Com a Lua” do Grupo Teatral Turma do Biribinha, de Arapiraca, Alagoas, é a próxima atração do Palco Giratório, da Rede Sesc de Intercâmbio de Difusão das Artes Cênicas, na Terceira Etapa 2008. Em Feira de Santana, a apresentação será na terça-feira, 12, às 19h, no campo em frente da Rádio Subaé, no Mar da Tranquilidade.Com direção e texto de Teófanes Antonio e Eugênio Talma, o elenco do espetáculo tem Teófanes Silveira, Teófanes Silveira Júnior, Eugênio Talma e Nelson Alves da Silveira Neto.
 
Com duração de 85 minutos, a ação de passa em um circo mambembe, onde Mixaria, o palhaço seresteiro, entra acompanhado de Mixuruca tocando sanfona. O apresentador anuncia a primeira atração da noite, o tenor-barítono-contralto Mixaria. Quando começa a cantar, é importunado por um mendigo. Mixaria insiste com outra música e o fato se repete. O mendigo é o palhaço Xeleléu, que, em momento de lágrimas e emoção é reconhecido pelo apresentador Biribinha e convidado a voltar a ser palhaço. Com Xeleléu pintado simbolicamente, é erguida a lona do circo e o espetáculo recomeça em grande estilo.
 
Os Palhaços
De família circense do interior baiano, Teófanes Silveira se apresentou no picadeiro pela primeira vez aos oito anos. Com a Turma do Biribinha – integrada por ele, por seus dois filhos Teófanes Silveira Junior e Nelson Alves da Silveira Neto e por Eugênio Talma – mantém a tradição do circo há 46 anos. Teófanes Silveira, Palhaço “Biribinha”, membro da família Silveira, nasceu dentro do circo em Jequié, na Bahia, e já circulou por todo o Brasil. Atualmente, mora em Arapiraca e se apresenta em todo o Nordeste.
 
Eugênio Talma (ator convidado), palhaço Xeleléu, é baiano da Cidade de Mundo Novo e já se apresentou por diversas cidades do Nordeste, como palhaço e ator de rua.Nelson Alves da Silva Neto, músico e ator, Palhaço “Mixaria”, filho de Teófanes Silveira, desde os oito anos trabalha no picadeiro, se apresenta pelo Nordeste com música e teatro em bares, escolas, empresas junto com o Palhaço “Mixuruca”.
 
Teófanes Silveira Júnior, músico e ator, Palhaço “Mixuruca”, também filho de Teófanes Silveira, como o nome já diz, trabalha no picadeiro como palhaço e músico desde os sete anos de idade e se apresenta pelas Cidades do interior do Nordeste. Em 2005, foi ganhador, junto com seu irmão Nelson Alves, no quadro “Se Vira nos 30”, do programa “Domingão do Faustão”, da TV Globo, tocando a música “Brasileirinho” com um piano de garrafa (antigo instrumento tradicional de circo).
(Com informações da Unidade de Feira de Santana do SESC)
 
Comentário:
“Olá querido amigo Dimas, muito obrigado pelo espaço que você nos dedicou em seu blog.
Gostaria somente de fazer um pequena correção: Eugênio Talma não está mais no elenco, o ator convidado é Wellington Santos e o espetáculo tem duração de 60 minutos.  Abraços e parabéns pelo blog”. – Biribinha.
 
[ Fonte: oliveiradimas.blogspot.com ]
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
O REENCONTRO DE PALHAÇOS ( 20/08/2008 )
 
“O Reencontro de Palhaços na Rua é a Alegria do Sol com a Lua” é um espetáculo repleto de gags, esquetes e reprises das apresentações realizadas em circos do Nordeste do Brasil, que leva até o público um pouco das tradições dos espetáculos mambembes. Na apresentação, os palhaços Biribinha, Mixaria e Mixuruca tocando e cantando, puxam um cortejo de abertura que convida a plateia para se divertir e se emocionar com as palhaçadas da Turma do Biribinha.
 
Um espetáculo de forte empatia popular, capaz de emocionar com a história do reencontro entre dois palhaços que não se viam desde o fechamento do circo no qual trabalhavam juntos no interior da Bahia. Depois de muitos anos quando Biribinha agora com seus filhos, Mixuruca e Mixaria se apresentavam numa cidade, um mendigo meio embriagado tenta roubar a cena falando e atrapalhando o espetáculo, Biribinha bastante irritado, tenta tirar o mesmo do local, qual não é a sua surpresa quando ele percebe que se trata de seu grande amigo “Linguiça”, que agora vive na rua, emocionados os dois conversam sobre a vida sofrida de Linguiça.
 
Neste momento, Biribinha convida seu amigo a participar do espetáculo para relembrar os velhos tempos, acanhado, o convidado se recusa, mas é encorajado pelo colega, que o ajuda nesta transformação visual, e então como o grande Palhaço “Linguiça” ele se junta aos outros palhaços voltando ao picadeiro aclamado pelos aplausos da distinta plateia!
 
[ Fonte: ciaturmadobiribinha.blogspot.com ]
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 Foto de Teófanes Silveira Biribinha.
 
HOMENAGEM – 1 / Festival 12 Anos Rosa dos Ventos – Homenagem a Turma do Biribinha ( 4 de maio de 2011 )
 
Em 2011 a Cia. de Circo Teatro Rosa dos Ventos (Presidente Prudente – SP) Completou 12 anos de formação, realizando assim um evento intitulado Festival 12 anos Rosa dos Ventos que esse ano Homenageia a Cia. Turma do Biribinha.
Somos muito gratos pela consideração. Desejamos a esta companhia muito sucesso e prosperidade. Um grande abraço dos palhaços de cá pr’os palhaços de lá.
Vida Longa ao Rosa dos Ventos…
Site: http://www.rosadosventos.art.br
 
[ Fonte: ciaturmadobiribinha.blogspot.com ]
 
 
 
HOMENAGEM -2 / Homenagem do Fenatifs
( 30 de Abril de 2011 )
 
Em 2010, a Cia. Cuca de Teatro, de Feira de Santana/BA, na realização de seu III FENATIFS ( III Festival de Teatro Infantil de Feira de Santana ) resolveu homenagear nosso Mestre o Palhaço “Biribinha”. Tudo foi feito com muito carinho, até as camisas do festival tinha um toque de figurino do palhaço. Teve até uma música feita especialmente para ele.Nós da Cia. Turma do Biribinha, somos imensamente gratos pela honra e consideração dos nosso amigos. Esperamos sempre estar contribuindo pelo crescimento da Cia. Cuca.
 
[ Fonte: ciaturmadobiribinha.blogspot.com ]
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
ENTRE LINHAS / Destaque Nacional
Por Izabelle Targino
 
A Turma do Biribinha se apresentou, na noite do último domingo (27), no Programa Sílvio Santos, no SBT. O Palhaço Mixuruca, interpretado por Júnior Silveira, subsecretário de Cultura de Arapiraca, e o Cantor Nelsinho Silveira, seu irmão, apresentaram um número tradicional: o piano de garrafas e panelas.O Palhaço Mixuruca e Nelsinho Silveira tocaram o Hino Nacional; e as músicas Detalhes, de Roberto Carlos, e Asa Branca, de Luiz Gonzaga, todas a pedido de Sílvio Santos, que no final do quadro parabenizou os participantes dizendo que a oportunidade servia para chamar a atenção de possíveis contratantes. A dupla arapiraquense ganhou R$ 1 mil, pela apresentação.[ Fonte: Coluna “Entre Linhas” do Jornal “O Jornal”, 29/11/11 ][ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]SAIBA MAIS – Turma do Biribinha

Blog oficial: ciaturmadobiribinha.blogspot.com

CONTATOE-mail: biribinhasilveira@hotmail.com

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

“Essa premiação Homenageou a todos aqueles que se destacaram no Fazer Arte e Cultura na cidade de Americana/SP, em 2013. Como estamos já há três anos residindo na cidade, e consequentemente fazendo arte aqui… rsrsrs… A Câmara também nos prestou essa homenagem, pois assim como “o” de nossa terra (Arapiraca/AL), também levamos agora o nome de Americana por onde passamos!!! Somos gratos a Americana pelo acolhimento e generosidade conosco”.
Teófanes Silveira (Palhaço Biribinha) – (10 de setembro de 2014)

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

ÁLBUM DE FOTOS / Pedro Jorge e Palhaço Biribinha

 
[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]
Anúncios

12 Respostas para “Palhaço Biribinha

  1. “Meus filhos, a maior prova do valor da nossa FAMÌLIA é estar em uma cidade, onde a população abriu os braços para nos acolher e sempre nos prestigiar valorizando tudo que fazemos, como pessoas e como ARTISTAS. Isto acontece a 43 ANOS. Onde eu estiver direi sempre: ‘Amo esta cidade porque é a minha TERRA. Saudades de vc, ARAPIRACA/AL!”.
    Palhaço Biribinha
    Fonte (frase): Facebook de Teófanes Silveira (5 de abril de 2014)

    [ Editado por pedro Jorge ]

  2. VIRADA CULTURAL 2014 / SP

    CIRCO – O Reencontro de Palhaços na Rua é a Alegria do Sol com a Lua

    O Reencontro é um espetáculo repleto de gags, esquetes e reprises das apresentações realizadas em circos do Nordeste do Brasil, que leva até o público um pouco das tradições dos espetáculos mambembes. Na apresentação, os palhaços Biribinha, Mixaria e Mixuruca tocando e cantando, puxam um cortejo de abertura que convida a platéia para se divertir e se emocionar com as palhaçadas da Turma do Biribinha. Com a Turma do Biribinha. Rua dos Patriotas.

    SERVIÇO

    Local: SESC Ipiranga/SP
    Datas: 17/05 ás 18h e 18/05/2014 ás 17h
    Entrada Franca.

    [ Fonte (link): http://www.sescsp.org.br/programacao/32962_O+REENCONTRO+DE+PALHACOS+NA+RUA+E+A+ALEGRIA+DO+SOL+COM+A+LUA ]

    [ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

  3. ARTE CIRCENSE

    No último sábado (26), um dos maiores representantes da cultura arapiraquense esteve em cena no FIG (Festival de Inverno de Garanhuns). O artista circense Téofanes Silveira, o Palhaço Biribinha, levou alegria e muita música ao picadeiro pernambucano, junto à sua trupe. A Companhia de Teatro Turma do Biribinha apresentou o espetáculo “O Reencontro dos Palhaços na Rua é a Alegria do Sol com a Lua”.

    Em Arapiraca/AL, temos a Escola Municipal de Circo Palhaço Biribinha, que funciona como 4º Centro de Apoio às Escolas de Tempo Integral, situada no Bosque das Arapiracas, dando suporte e incentivo artístico aos nossos alunos arapiraquenses.

    Fonte: Secretaria de Cultura e Turismo de Arapiraca, 29 de julho de 2014.

    [ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

  4. Referência no Brasil, Circo Mágico Nelson é tema de pesquisa
    Por Dep. de Imprensa, em 22/01/2015

    A família Silveira, uma das mais tradicionais na história circense no Nordeste brasileiro, está sendo tema de uma pesquisa documental que poderá vir a ser publicada em breve, com apoio da Fundação Nacional de Artes (Funart). A responsável pelo recolhimento destas informações é uma das maiores autoridades do país na Arte do Circo, Verônica Tamaoki. Ela está em Arapiraca pegando depoimentos dos que frequentaram o saudoso Circo Mágico Nelson.

    Os intermediadores deste contato são o filho de Nelson, o estimado ator e palhaço Teófanes Silveira, o “Biribinha”, e a neta Helga Silveira, que atua na Secretaria Municipal de Educação (SME).

    Nesta sexta-feira (23), Verônica Tamaoki está convocando todo o público que viveu momentos de alegria e comungou dos sentimentos externados no Circo Mágico Nelson para um bate-papo aberto e para que as experiências sejam compartilhadas, ajudando assim ainda mais em seu objeto de pesquisa. O encontro será a partir das 19h30, na Escola Municipal de Circo, situada no Bosque das Arapiracas, bairro de Santa Edwiges.

    “É muito importante este contato com as pessoas que puderam assistir e presenciar toda a beleza daquele ambiente artístico. Precisamos preservar esta memória da família Silveira”, diz ela, que é coordenadora do Centro de Memória do Circo, em São Paulo. Já nesta semana, a estudiosa começou a colher depoimentos de figuras ilustres que foram público ou encantaram por décadas o circo em questão, como o artista plástico José de Sá, que pintava os cenários no picadeiro; o radialista comendador Isve Cavalcante, o qual fazia sonoplastia dos espetáculos melodramáticos; e o casal Baiano e Baianinha, que encantava o público com sua cantoria caipira, por exemplo.

    Fonte: http://www.arapiraca.al.gov.br/v3/noticia.php?notid=8243

  5. Adorei sua história primo, lembro de muintas coisas escritas inclusive o incêndio do circo do tio nelson e tia espedita.

  6. Palhaço Biribinha Resgata a Tradição do Circo de Teatro
    Por Janu Leite (januleite@gmail.com)*

    Teófanes Antônio Leite Silveira é o nome de batismo do genial Palhaço Biribinha. Ele trouxe pra Arapiraca (AL), em 2017, uma temporada de alguns espetáculos temáticos num projeto intitulado “Circo de Teatro Biribinha”. Depois de residir durante vários anos no estado de São Paulo, de participar brilhantemente da novela Araguaia (Rede Globo de TV) e de vários espetáculos pelo Brasil – inclusive ganhando o “Prêmio Governador de São Paulo” na categoria “Circo” -, ele está de volta á “Terra de Manoel André e Esperidião Rodrigues”.

    Biribinha me recebe com um sorriso largo no rosto. “Crianças e adultos deixaram e deixam se levar nas ilusões do mágico ou nas deliciosas brincadeiras do palhaço! Hoje sabemos que a sociedade arapiraquense nos quer muito bem!”, comenta após uma semana de casa cheia. Seus olhos brilhavam quando falava das cenas e das reações do público de todas as idades.

    O artista está completando 53 anos de carreira artística e, é “Patrimônio Vivo da Cultura Popular Alagoana”. Nascido, em Jequié (BA), e radicado em Arapiraca, ele recebeu os títulos de “Cidadão Honorário” da “Terra do ASA Gigante” e de membro na ACALA (“Academia Arapiraquense de Letras e Artes”). Participou de diversos festivas de circo/teatro, em todo o território nacional e no exterior. Iniciou no circo, aos sete anos de idade, ao lado de seu pai: Nelson Silveira (in memoriam) – o popular Palhaço Biriba. Após a morte de seu pai, mesmo a contragosto, começou a interpretar um palhaço em festas de aniversário e outros eventos.

    O veterano Palhaço Biribinha, em suas apresentações nas “ruas” (praças) reaprendeu novas técnicas de lidar com o público. A “rua” (praça) é mais uma matéria rara para o seu vasto curso de vida. Ele já teve a oportunidade de se apresentar em circos de vários estados e nos antigos showmícios. Em 2006, aceitou um desafio que mudaria a sua trajetória artística: acatou a proposta de um amigo da Bahia, Eugênio Talma, para se inscrever num festival de teatro de Curitiba (PR). Neste evento, apresentou o espetáculo “O Reencontro de Palhaços na Rua é a Alegria do Sol com a Lua”. Antes ele não ia para festivais porque não gostava do clima de competição. Foi neste festival onde Biribinha e Mixaria & Mixuruca (filhos de Biribinha) deram show na capital paranaense – num espetáculo cheio de qualidade, música, tradição e bom humor.

    Em Curitiba, Biribinha, ganhou uma página no jornal da cidade e uma resenha no jornal “O Estado de São Paulo”. Depois dessas divulgações e de outros veículos de comunicação, ele e sua trupe – A Turma do Biribinha -, saíram com 31 espetáculos marcados (entre eles, dois internacionais).

    Frases:
    1. “Meus filhos, a maior prova do valor da nossa FAMÌLIA é estar em uma cidade, onde a população abriu os braços para nos acolher e sempre nos prestigiar valorizando tudo que fazemos, como pessoas e como ARTISTAS. Onde eu estiver direi sempre: ‘Amo Arapiraca (AL) porque é a minha TERRA! O mundo do circo sempre exerceu fascínio sobre todas as pessoas!” – (Palhaço Biribinha)

    2. “O Palhaço Biribinha é um grande artista de Arapiraca e sua valorização só enriquece nosso município. É preciso que todo nosso povo também reconheça o trabalho, o perfil e o entusiasmo dos nossos artistas. Parabenizo ao Téofanes pela dedicação a cultura circense e de Arapiraca!” – Luciano Barbosa (ex-prefeito de Arapiraca)

    3. “Biribinha é um dos maiores palhaços do Brasil. Nas minhas pesquisas, fui informado que devia conhecê-lo imediatamente e foi o que fiz. Foi um belo encontro com ele e seus filhos multitalentosos, que me deram muitas dicas e boas pistas para as minhas pesquisas sobre o circo. O filme ‘O Palhaço’ é uma grande homenagem a todos os artistas circenses!” – Selton Mello (ator)

    * Texto editado, condensado e adaptado por Pedro Jorge (blog “Arapiraca Legal”).

    Fonte: jornal “Jornal de Arapiraca”, 31/03 a 06/04/2017 – Janu (Januário Leite, músico e incentivador cultural).

  7. “Biribinha é um artista espetacular. Dentre suas performances lembro de suas imitações dos personagens criados pelo ‘Mestre’ Chiúo Anisio. Biribinha, Deus te abençõe e que continues fazendo sucesso!” – (Maxwell Lúcio)

    Cícero Brito – “Um mestre da arte circense, um ícone da cultura arapiraquense! Parabéns Teófanes Silveira Biribinha! pelo seu talento!

    Carlinhos Fone – Conheço a mais de 45 anos, o maior artista cirersence que já vi.

    Esse merecia um título de doutor honoris causa
    Wagner Dias Guiné · 2:54

    “Esse é grande!!! Sou seu fã Biriba… um beijo no coração. Adorava ‘maiar’ no Circo Mágicos Nelson…” – (Wagner Dias Guiné)

    “Parabéns ao talentoso artista, Biribinha!” – (Tânia Carvalho de Queiroz)

    “‘Mestre dos Mestres’! Grande Teófanes Silveira Biribinha, um orgulho. Parabéns!!” – (Lecivan Martins)

    Fonte: Facebook “Cesar Soares”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s