Marcone Macêdo

 
"Artista @[100000889345869:2048:Marcone Macêdo]Obra: Aracity 
Acrílica sobre tela. 100cm x 140cm"

Obra: Aracity (Acrílica sobre tela. 100cm x 140cm)

 
 Frase:
“Na realidade, o meu objetivo com a pintura é trabalhá-la de forma contemporânea. Tenho duas vertentes em minhas criações: a cultura popular, com base no movimento armorial (do escritor paraibano Ariano Suassuna), para transformar o popular no erudito e outra é trabalhar de forma contemporânea, agregando valor às obras produzidas.” – (Marcone Macêdo)
[ Fonte ( frase ): http://www.zoiotv.com.br ]
 
 
CORES DE MARCELO MACÈDO: Pincéis, Tintas e Alma em Telas de um Arapiraquense – Destaque no Shopping de Arapiraca, Artista Brilha Com Seu Talento
Por Clau Soares (Repórter, 6 de outubro de 2013)
 
Uma explosão de cores que invade o olhar e transforma o ambiente. Quem passou pelo Arapiraca Garden Shopping certamente não conseguiu evitar o encontro com a obra do artista plástico arapiraquense, Marcone Macêdo. Como guias, as pinturas com cores fortes, vibrantes, atraem os olhos de forma sedutora, com suas curvas e beleza, ao longo dos corredores do empreendimento comercial.Aos 36 anos, Macêdo faz parte de uma geração que acompanha a transformação da cidade e nela insere suas inspirações de arte. A óleo ou acrílico, suas telas remetem o público à beleza e à identificação da cultura na qual está inserido.Arapiraca é definitivamente seu reduto onde nasceu, estudou, formou família e trabalha. É casado e está no último período do curso de Psicologia, na Universidade Federal de Alagoas. Neste momento, inclusive, diminuiu o ritmo do trabalho no ateliê que ele mantém no bairro Eldorado para se dedicar à elaboração ao Trabalho de Conclusão de Curso. Bom aluno, dedica quase todo o seu tempo na missão que preocupa muitos universitários.

Sua dedicação aos traços e às tintas, porém, não é recente. Único menino de uma prole de quatro filhos, desde criança, demonstrava o talento nos desenhos infantis pela casa. O pai queria que ele fosse médico, mas o talento se sobrepôs a uma carreira cujo sucesso financeiro é quase garantido. Aos 18 anos de idade, ele decidiu que se dedicar ao mundo artístico era a sua decisão de carreira.

Marcone funde o regionalismo, com elementos próprios da cultura nordestina e, em especial, alagoana, com suas experiências pessoais e intelectuais. Para ele, o mundo é arte em potencial, é um quase-encontro com a maravilha de encantar-se com o que há de belo, improvável e humano. Admirador de artistas mundialmente reconhecidos, a exemplo de Picasso, o arapiraquense constrói a arte pela arte.

Ainda sem expor fora de Alagoas, embora tenha telas suas em outros países com admiradores. Marcone ganhou uma grande vitrine depois da inauguração do shopping. Um sucesso inesperado, segundo ele. Para expor suas obras lá em fotografias reproduzidas em grandes painéis, ele foi procurado pela equipe de marketing do empreendimento. “Eu imediatamente aceitei, mas não esperava que tivesse essa proporção toda”, afirma.

Por Onde Andou
Marcone Macêdo já levou a exposição “Uma mudança pela manhã” para o Sesc Centro, em Maceió, em 2009; na Galeria do Sesc, em Arapiraca e uma mostra de arte em um festival de Arapiraca.

A Arte Como Forma de Vida
Para viver de arte, Marcone mantém a liberdade criativa também na relação com seus clientes. Ainda que alguém encomende um determinado trabalho, o “produto” torna-se real somente depois de um longo processo de criação. “Eu tenho que acreditar na veracidade da obra. ‘Porque a obra de arte tem que mexer com você. Tem que inquietar”, explica o artista.

Mesmo que sua subsistência dependa das telas, para Marcone, o retorno financeiro é somente um resultado secundário, e quase sempre não buscado. Que Mais importante é a realização como artista que se realiza em ver sua visão de mundo, suas inquietações e reflexões materializadas nas telas. “Independente (do dinheiro), eu vou estar produzindo. ‘O que vier, para mim, é consequência”, explica.

Inquietação
Apesar de a pintura ser o foco, Marcone aventura-se também nos esportes. “Eu sou muito inquieto. Eu preciso gastar esta energia”, confessa. Marcone gosta de surf, de skate e detém o título de segundo lugar no Campeonato Alagoano de Jiu-Jitsu.

A música é outra paixão – inclusive, chegou a ter uma banda de garagem ainda na adolescência, um projeto que acabou abandonando pelas telas.

[ Fonte:   http://www.7segundos.com.br/noticias/editoria/alagoas/cores-de-marcone-macedo-pinceis-tintas-e-alma-em-telas-de-um-arapiraquense/27462 ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
SOBRE O ARTISTA – Marcone Macêdo
 
Marcone Macêdo nasceu em Arapiraca/AL, em 1970. Sua intimidade com a arte vem desde garoto, quando começou a desenhar e a pintar. Decidiu ingressar na vida artística a partir de 1999, e, desde então, o artista não parou mais de criar. E, como maioria dos artistas, começou pelo desenho e depois veio a pintura em tela, que desde então faz parte da sua rotina diária.
 
UM NORDESTE CHEIO DE CORES INTENSAS
 
O Nordeste, a região culturalmente mais rica do Brasil, sempre serviu de inspiração para diversos artistas. O artista plástico arapiraquense Marcone Macêdo representa o local valorizando as suas variadas formas em movimentos contínuos, ordenados e exuberantemente coloridos.
 
Traduzido em vários sentimentos, o Nordeste da obra do artista surge abrangente em seu enfoque contemporâneo, sem se distanciar das raízes.O tema principal do trabalho de Marcone Macêdo é a identidade cultural nordestina: a afirmação e o diálogo da tradição com a contemporaneidade. Nas telas estão abordadas manifestações inerentes ao povo e á cultura do Nordeste.
 
[ Fonte: “Jornal ‘O Jornal/AL'” (extinto)  ]
 ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
UMA MUDANÇA PELA MANHÃ – Exposição
 
EXPOSIÇÃO : “Uma mudança pela manhã”/ Marcone Macêdo
LOCAL: Galeria SESC – Maceió/AL [ 2009 ]
 
A exposição, das telas de Marcone Macêdo, visa abrir espaços á reflexão sobre a cultura nordestina, a sua finalidade, os seus conteúdos e a sua organização para que possamos melhor compreender a identidade atual e contribuir de alguma forma para o desenvolvimento de um sistema de cultura mais voltado á realização e ao crescimento do homem nordestino.[ Fonte: “Jornal ‘O Jornal/AL'” ]____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

SESC/AL – Release

Mesmo com a profusão de cores e o movimento das pinceladas do artista no fundo da tela, o espectador pode contemplar a imagem (figura) em seu primeiro plano, sem que haja uma confusão óptica. Estão lá o tocador de pífanos, da rabeca, da viola, o povo simples da região retratados na lavadeira de roupa, na artesã e na moça da cidade do interior, que da janela sonha com o amor.

É um Nordeste revisto nas pinceladas ordenadas de Marcone Macêdo, com elementos enfatizados na paisagem cultural, em inúmeras possibilidades de expressão, sem abolir o que a imagem representa, mas surgida em novos efeitos, em um universo com cores intensas e audaciosas, repletas de elementos regionais, com formas que nos remetem muitas vezes ao cubismo.

[ Por Vera Maurício, curadora da exposição ]
 
[ Fonte: Release do SESC/AL ] 
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
 
Frases:
“Nas suas telas à óleo, o artista autodidata, Marcone Macêdo,  decomponhe e recomponhe o organismo das figuras, por meio de um delicado “mosaico” de planos, criando obras de grande valor para a cultura nordestina e bastantes representativas do talento e da criação que emanam do artista, ao primeiro contato que se tem”.
Marcelo Amorim ( Repórter ) –
[ Fonte (frase): http://www.zoiotv.com.br ]
 
 
“Não precisamos ficar importando arte. A cor é uma forma de libertação de quem vive em um país periférico. Por isso trabalho com símbolos do Nordeste. A gente não precisa copiar o que vem de fora. Percebo muito a molecada vendo ‘Senhor dos Anéis’, mas temos o Candomblé. Minha forma de expressão é mais literária e musical”.
Marcone Macêdo ( Artista plástico ) 
[ Fonte (frase): http://www.zoiotv.com.br ]
 
 
“O Nordeste se reconstrói em formas variadas, em movimentos contínuos e ordenados, em qualidade cromática. Esse é o Nordeste de Marcone Macêdo, traduzido em vários sentimentos, abrangente em seu enfoque contemporâneo, sem se  distanciar das raízes, onde ele encontrou sua inspiração” .                    
 Vera Maurício ( artista plástica e arte-educadora ) –
[ Fonte(frase): SESC/AL  ]
 
[ Editado por Pedro Jorge – E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]
 
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
CONTATOS:
Telefone: ( 82 ) 9626.6520
Site: http://www.marconemacedo.com.br/
E-mail: contato@marconemacedo.com.br
 

2 Respostas para “Marcone Macêdo

  1. 2 Pesquisa do Blog Arapiraca Legal
    Por Marcone Macêdo (18 de fevereiro de 2014)

    Recentemente chegou ao meu conhecimento por meio de um amigo essa enquete realizada por um blog direcionado as pessoas de minha cidade natal, onde estou concorrendo a Categoria – Melhor Artista Plástico 2014. Embora não seja adepto de pesquisas ou eventos desse gênero. Talvez por não se sentir merecedor. Eu senti que não poderia deixar de agradecer a homenagem feita pelo blog e agradecer as pessoas que até agora votaram em mim por alguma razão. Meus agradecimentos! Resignação — Acho uma grande covardia comigo estar “concorrendo” com essas duas grandes figuras das artes.

    Vejo que o blog “Arapiraca Legal” se constitui de um modo simples e realiza um trabalho muito importante ao catalogar todas as gerações de artistas da cidade de Arapiraca. Independe de estilo e gêneros. Estão todos lá: artistas, pessoas ilustres, jornalistas, radialistas… História.

    Link:
    https://arapiracalegal.wordpress.com/artistas-arapiraquenses/2-pesquisa-blog-arapiraca-legal-edicao-2014/

    Comentários:
    1. Junior Cachorro Preto Piercing
    Aaaaa só pra constar meu voto foi seu rsrsrss.

    2. Vera Maurício Lira
    Grandes artistas com estilos diferentes.Votaria em 2… Um, certamente, vc… Rsrsrs.

    3. Pedro Jorge
    Agradeço ao conceituado artista plástico arapiraquense, Marcone Macêdo, pelas palavras elogiosas endereçadas ao blog Arapiraca Legal. Tudo de bom!

    4. Marcelo Amorim
    Todas as ações neste sentido são e devem ser bem-vindas! Devemos sempre buscar o que temos de melhor! E que bom que temos sua arte, Marcone Macêdo! Parabéns ao Blog Arapiraca Legal!

    5. Pedro Jorge
    Boa noite, Marcelo Amorim! Te agradeço, de coração, pelas palavras elogiosas para o blog Arapiraca Legal. Tudo de bom, amigo! VIVA A ARTE!!!

    Fonte: Página do Facebook de Marcone Macèdo.

    [ Editado por Pedro Jorge ]

  2. PERFIL – Marcone Macêdo

    Marcone Macêdo começa a pintar ainda criança. Nos anos 1990, firma-se como artista com desenhos e pinturas em telas. A partir daí não pára mais de criar e produzir. Em 2009, participa de uma coletiva no FESTA (Festival de Artes de Arapiraca). Em 2009, faz sua primeira exposição individual na galeria SESC Centro, em Maceió/AL. A identidade cultural nordestina é fonte de inspiração para o artista desenvolver seu processo criativo.

    Fonte: livreto “Imaginário Coletivo” – SESC Alagoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s