Inez Amorim

 
 
 
FICHA
Nome: Inez Amorim da Silva
Data de nascimento: 21/01/1941
Local: Garanhuns (PE)
Filiação: Izaías de Oliveira Ferro e Laura Amorim Ferro
Marido: Leôndio Sírio da Silva
Escolaridade: 3 Grau incompleto (atual Nível Universitário)
Ocupações principais: comerciante aposentada, poetisa e voluntária social
Data de ingresso na ACALA e classificação: 11-11-2006 / poetisa
Número da cadeira e patrono: cadeira 34 / Edler Tenório D’Almeida Lins.
 

Destaques da vida: Passou a primeira infância na companhia de seus avós maternos, Clarindo Correia Amorim e Cecília Morais Amorim, em Cacimbinhas (AL). Ainda pequena, se mudou com a família para Arapiraca (AL). Viveu tempos felizes e promissores na zona rural. Primeiro o pai foi pecuarista e depois fumicultor. Na adolescência e no início da fase adulta, já na cidade, estudou na Escola Estadual Adriano Jorge e na Escola Estadual Quintella Cavalcanti. Ingressando em grêmios literários, aflorou a vocação poética. Participava de festivais de novos talentos e shows de calouros, à época, nos cines Trunfo e Trianon, conquistando prêmios e consagrações, dançando e cantando, inclusive fazendo parte de encenações de belos e saudosos pastoris pela cidade. Mas o amor surgiu rápido e forte em uma dessas apresentações. Após três meses de namoro e noivado, casou-se e, com o passar do tempo, tornou-se mãe de sete filhos. Deixou para trás sua vida de arte e apresentações.

Mesmo assim, voltou a estudar e, no Colégio Bom Conselho, conseguiu fazer o curso pedagógico, imperando sua autoestima e animação, transformando-se em líder de classe, ao mesmo tempo em que era comerciante, mãe e esposa extremosa. Participou do Clube de Mães e das Voluntárias da Caridade. Em 1983, prestou vestibular na Faculdade de Formação de Professores de Arapiraca (FFPA), atualmente Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), onde, após aprovação, iniciou os estudos na área de ciências sociais. Mas, durante o curso, foi acometida por graves problemas de saúde, vendo-se obrigada a parar com os estudos. Um constrangimento e o sonho de um curso superior se transformou em “ingente ilusão”.

Desde 1985 que seus poemas passaram a ser reconhecidos e divulgados em jornais de circulação em Alagoas e em informativos literários. Concorreu no Talentos da Maturidade, concurso literário do então Banco Real, em 2004 e 2005. Sente-se uma mulher feliz e realizada, cercada pela numerosa família, com todos os filhos já encaminhados na vida e desfrutando da presença carinhosa de seus 12 netos e três bisnetos. “Na minha introspecção, sou feliz vivendo assim”.

Livros publicados – Lançou independente pela ONG Candeeiro Aceso “Um Novo Despertar”, seu primeiro livro de poesia, em 2005. Em 2016, lança seu segundo livro, “Histórias que ouvi contar”, desta vez com contos e poesias. É grande seu acervo de poemas “contando com a ajuda da inspiração divina e da felicidade vivida”. Tem vasto material pronto para a composição de mais um livro.

Fonte: ACALA (Academia Arapiraquense de Letras e Artes) – currículo da poetisa, Inez Amorim da Silva.

 
[ Fonte: Livro “ACALA – História e Vida”, abril de 2009 ]
 
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
CONFUSO MUNDO
Autora: Inez Amorim da Silva
 
Não há felicidade nas coisas efêmeras
Por que tanto apego? Nada vale a pena.
Essa vida é breve, logo vai passar.
Tudo aqui acaba, nada vai restar.
 
A felicidade existe, no âmago profundo
Não vais encontrá-la no confuso mundo.
Nas coisas efêmeras não vai existir,
A felicidade está dentro de ti.
 
Para encontrares a felicidade,
Deves procurá-la com simplicidade.
Mesmo na riqueza, não vai existir,
A felicidade está dentro de ti.
Se queres ser feliz, é preciso amar
Sem nenhum apego, deves caminhar.
A felicidade tem maior valor,
Quando se consegue a paz interior.

[ Fonte: livro “ACALA – História e Vida”, abril de 2009 ]

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

UM NOVO DESPERTAR – Por Marcelo Amorim

 
Inez Amorim é pernambucana de nascimento, mas construiu sua vida e iniciou-se na Literatura na cidade de Arapiraca/AL. Seu primeiro livro, Um Novo Despertar, lançado durante o Festival de Artes de Arapiraca, em 2005, pela ONG Candeeiro Aceso, traz poemas cheios de reflexões e pensamos, que buscam contribuir para a elevação da vida terrena e da alma.Uma leitura imprescindível para quem quer conhecer um pouco mais da experiência de se viver.
 
Leia a seguir alguns poemas de autoria de Inez Amorim, extraídos do livro “Um Novo Despertar”.
 
SILÊNCIO – Autora: Inez Amorim (membro da ACALA)
 
Quando choro e sinto mágoas,
Entro navegando num mar desconhecido.
A lágrima se esvai, misturando as águas,
Do meu oceano, de tempos mais antigos.
 
Quando lembro o tempo anterior,
Sinto a angústia que foi meu viver.
O grande silêncio veio me abater,
Sufocando toda minha dor.
 
No inconsciente ouço a voz aflita,
É a minha alma, é um vago som.
Veio me lembrar que Deus em mim habita,
A me despertar para um novo amanhã.
 
AMOR E TANTO – Autora: Inez Amorim (membro da ACALA)
 
Com todo esse amor, amor e tanto,
Quero senti-lo, em cada sentimento.
Agora e sempre, e com todo encanto,
O amor preencha o meu pensamento.
 
Quero senti-lo em cada momento,
E com desvelo, lhe ofertar meu canto.
Na alegria, ou no constrangimento,
Sorrir de amar, chorar de desencanto.
 
E no meu sonho, no riso, ou na dor,
No encanto ou na nostalgia.
Na singeleza que descreve o amor,
No sofrimento ou na alegria.
 
É assim sonhando, o sonho me leve,
Com mero encanto, um dia me procure.
Quem sabe, um adeus ou até breve,
Que seja eterno o amor enquanto dure. 

MAGIA – Autora: Inez Amorim (membro da ACALA)

Flutuei na onda do pensamento,
Me envolvi no brilho do teu olhar.
Descobri através do sentimento,
A alegria de viver e de sonhar.

Te encontrei numa doce melodia,
Penetrei na magia da canção.
Procurei nessa bela sinfonia,
Lenitivo para meu coração.

Conheci a beleza do amor,
Transformei a tristeza em emoção.
Levitei nesse sonho encantador,
Encontrei alegria na canção.

[ Fonte: http://www.zoiotv.com.br ]

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
MÃO AMIGA
Autora: Inez Amorim (membro da ACALA)
 
Quando reclamar da própria sorte
Lembra-te dos tristes e oprimidos
Que vivem sem ter quem os conforte
E pelo desespero são vencidos.
 
Quando te sentires no abandono
Lembra-te daquele desprezado
Cujo pensamento humano
Lhe traz amargura no passado.
Quando te faltar a mão amiga
lembra-te do pobre rejeitado
Que mendiga a roupa e a comida
E vive na rua abandonado.

Quando te sentires muito só
Ergue o pensamento e roga a Jesus
Pede para Ele te fazer melhor
E te aliviar o peso da Cruz.

[ Fonte: informativo “ACALA” Nº 13, junho de 2014 ]

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

3 Respostas para “Inez Amorim

  1. Inez, a minha maior alegria é a certeza de que, quando necessitar de um amigo jamais estarei só.
    Pois sei que compartilhando nossos medos nos tornaremos mais valentes.
    Compartilhando nossas perdas nos enriqueceremos.
    Compartilhando nossos erros seremos mais sábios.
    És uma mulher de mil faces mais tens um só coração – que é capaz de amar mil pessoas.
    Pois és uma pessoa que valoriza os pequenos gestos; a palavra dita na hora certa, um abraço caloroso…
    Romero

  2. “Pedro Jorge, com sua dedicação nos sentimos todos mais valorizados, melhores do que realmente somos. Com sua boa vontade, talento, criação, que retorne para si todas as boas energias e realizações nesta vida! abraço! Grandes realizações para seu estimado blog, viva Arapiraca Legal!”
    Marcelo Amorim (jornalista), 30 de junho de 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s