José Carlos Gueta (POETA DO ABC)

POETA DO ABC

Frase:
“Uma fábrica é como uma orquestra, a qualidade do que ela produz depende da harmonia de cada um”.
José Carlos Gueta ( “O Poeta do ABC” )
[ Fonte (frase): http://www.recantodasletras.com.br ]

 

PERFIL  – José Carlos Gueta, POETA DO ABC

A infância de José Carlos foi marcada pelas brincadeiras com seus 10 irmãos onde nasceram, em Santo André. Uma de suas brincadeiras favoritas era desenhar – atividade que mais tarde se transformaria em profissão. Como projetista e designer gráfico, trabalhou por 38 anos na Pirelli, empresa situada no ABC paulista. Além do amor pela profissão, em sua entrevista José Carlos revela outra de suas paixôes: a poesia. Conheça esta história.

História:
Natal da Minha Infância

Naquela semana que antecedia o natal de 1968 reinava um clima de harmonia na nossa família, fomos premiados pela empresa onde o meu pai trabalhava, com uma deliciosa Cesta de Natal Amaral. Composta de vinho, chanpangne, uvas passas, uma enorme lata de marmelada e muitas guloseimas, tudo coberto com palha de madeira. Meu pai dizia :- São Paulo não pode parar E ele seguia a risca essa máxima, eu era o filho mais velho, com 15 anos e já tinha 8 irmãos. Meu pai comprava sapatos e roupas novas, para todos juntos irmos para a Festa de Natal patrocinada pela empresa, regada a churrasco, algodão doce, balas, refrigerantes, palhaços e a entrega dos presentes para as crianças até 15 anos. Mas a principal atração esperada ansiosamente pelas crianças e “adultos” era o Papai Noel com o seu famoso saco cheio de balas, tendo como fundo musical as famosas canções natalinas, sendo impossível não chegar às lagrimas. Nessa festa os colegas de trabalho apresentavam suas famílias uns aos outros, e meu pai orgulhosamente nos colocava em posição de escadinha exibindo-nos como se fossemos troféus humanos e dizia: – Não são lindos, os meus filhinhos O sonho do meu pai era ser jogador de futebol, o máximo que chegou foi jogar no time da empresa, e foi técnico de um time nada convencional, de seus filhos O campo de futebol ficava no fundo da minha casa, os vizinhos diziam que meu pai era o técnico de um time imbatível.

Ele criou onze filhos,meu pai era uma “brasa mora”, filho de espanhol com um sangue quente, incrível Primogênito eu nasci no ano de 1953 na fazenda de um Barão Alemão, onde morei até 1958; era o paraíso na terra que o bom Deus me deu, feito sob encomenda para um garoto afoito. O meu avô era o capataz desta fazenda de um Barão Alemão e naquele lugar eu conheci a paz, flores, frutas e também criação. Criação de cavalo de raça era aquele lugar tudo isto e também tinha cachorro de caça coisa difícil de hoje ser visto. Lá morei até os cinco anos, pois o Barão tinha outros planos de vida, foi embora e me deixou um brinquedo. Era um trenzinho de pilha que todo menino queria e eu me sentia uma ilha cercado de amor e alegria. Mas hoje o menino cresceu e quis ver o passado novamente, porém seu rosto entristeceu ao ver que tudo estava diferente. Hoje lá hoje é um bairro chamado Centre Ville, por isso a minha alma chora, muito tempo de amor e capricho passados e agora está tudo mudado. Nadava num riacho e pescava com uma peneira, e subia em árvores para saborear as suas frutas.

Tudo para mim se resumia numa brincadeira, havia os grupinhos isolados e suas disputas e quem tinha uma televisão era considerado rico, privilégio encontrado em pouquíssimos lares. Só de lembrar dessa época emocionado eu fico, as crianças assistiam a televisão nos bares, mas esses bares tinham um ambiente familiar. Continham placas com os seguintes dizeres: “Até às vinte horas as crianças podem ficar, após este horário cuidado com as viaturas” Flashs de uma infância cheia de encanto e magia, onde não imperavam a maldade e a malícia, tudo era novidade e sem muita tecnologia, onde eu respirava outros ares, nesse jardim de delícias. (História enviada em abril de 2010)

José Carlos Gueta – O POETA DO ABC

Comentário:

Emocionadíssima fiquei ao ler pois a cada frase que li e reli,imaginava as cenas delas….que lindo seu José!! Estou sem palavras…..cada vez mais estimo o sr e a nossa amizade na qual é um presente de Deus em minha vida ….obrigada por proporcionar-me momentos bons com esta prazerosa leitura de texto de sua vida!!! Abraços cordiais e sinceros !!!”  – (Regina Espósito, 23 de novembro de 2014)

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

JOSE CARLOS GUETA ( Acróstico )
Autor: Irineu Fernandes

J ovem era quando ingressou na Pirelli;
O ficina Central era seu habitat profissional;
S empre criativo e rápido torneava, inventava e improvisava;
E ra torneiro por dedicação e não por profissão.

C erto de que seu caminho era o desenho;
A pós alguns anos assumiu o dom da sua vocação;
R apidamente fez dela sua brilhante profissão;
L igeiro no rascunho e preciso nos desenhos de próprio punho;
O ntem dominava o lápis apenas para rascunhar;
S eu dom foi aumentando e poesias passou a elaborar.

G estos rápidos contrastam com seu dom de pintar e poetizar;
U ns o acham afoito, outros um pouco louco;
E na verdade é um artista como poucos;
T ua trajetória de vida está traçada e desenhada em versos;
A o seu futuro desejamos o sucesso, que no rádio passas a divulgar.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

JOSÉ CARLOS GUETA ( Acróstico )
Por Margarete Malaquias Cavalcante* (11 de novembro de 2013)

[ J ] ogar com as letras é um potencial que com certeza não foi inventado por José Carlos, mas pelo seu Criador que sabiamente deu pinceladas de poesia nos arremates finais de seu cognitivo e de seu coração.
[ O ] teu trabalho faz com tanto prazer que passa a ser um lazer tão divinamente belo que com certeza tem a aprovação de Deus.
[ S ] empre e sempre para José Carlos Gueta, o respeito das pessoas tem muito mais valor do que a admiração por compreender que esta é responsável por reações de espanto e até mesmo sentimento de estranheza como se dele tal feito não fosse esperado.
[ E ] xperiente, sabe que se pudesse vender sua sabedoria na forma de lidar com as palavras em acrósticos ou poemas, ficaria rico em cifras.

[ C ] onsciente da falta de sonhos no coração das pessoas, José Carlos Gueta sofre pelo pouco valor dado aos livros feitos por aqueles que como ele tem faculdades poéticas.
[ A ] vida tem sido um desafio para o poeta no que se refere aos problemas orgânicos, da alma, do coração. Desafios que pela confiança depositada em Deus, têm sido suplantados um a um.
[ R ] omanticamente e ao mesmo tempo usando a razão, Gueta elenca todos os fatos, não importando suas origens e embaralha-os com as letras para transformar tristeza em alegria e a inquietude profunda que oprime seu coração em paz espiritual.
[ L ] ida com as letras com alegria mesmo que o coração guarde alguma dor porque para este poeta fazer exposição de seus problemas em vitrine empobrecerá a visão que se pode ter da sua pessoa.
[ O ] tempo para esse poeta parece poder apenas quase tudo porque o mesmo é convicto de que as suas certezas adquiridas ao longo da vida são por ele compreendidas como definitivas.
[ S ] egundo sua maneira de pensar, quando está mal estampa um sorriso no rosto e segue porque inquieto como é, a vida não pode parar.

[ G ] eneroso, faz o bem sem olhar a quem atendendo aos pedidos de pessoas anônimas, fazendo o bem para os outros porque sábio como é, compreende que fazer o bem para os outros é fazer o melhor para si mesmo.
[ U ] topia? O âmbito do irrealizável não está no coração de José Carlos Gueta porque crente no Poder de Deus, ele crê fielmente que a vida tem um valor e que ele também tem grande valor perante a vida quando persegue seus sonhos e estes sonhos se realizam.
[ E ] quando tudo parece perdido, Gueta não desiste porque o mundo é real, a vida é real, a utopia não existe. Uma desistência para Gueta pode resultar em uma grande falha na sua vida. Ele é forte, é persistente e essa persistência o faz perceber que a realização está por perto, prestes a acontecer.
[ T ] alvez você sonhe com um mundo mais cheio de poesias e mais vazio de egoísmos. Se for assim, José Carlos Gueta, lembre-se que a utopia não existe e cedo ou tarde os corações se abrandarão, o amor prevalecerá e os poemas preencherão todos os espaços de corações vazios de esperança e de fé.
[ A ] quece tua alma com teus poemas! Ama a natureza! Acredita e procura conservar sempre teu olhar fixado em um mundo fantástico e luta por ele porque és forte e forte nunca desiste. A poesia vai vencer porque os poetas como você assim sonham.

* É multiplicadora de Informática Educativa no Governo do Estado de Alagoas.

[ Fonte (link): http://poetadoabc.blogspot.com.br/2013/11/jose-carlos-gueta-por-margarete.html ]

[ Editado por Pedro Jorge ]

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

ACRÓSTICO ( 24 de novembro de 2013 )

[ Fonte (link): http://poetadoabc.blogspot.com.br/2013/11/homenagem-em-acrostico-da-poetisa.html ]

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Nota: Leia os lindíssimos acrósticos, poesias e diversas notícias culturais de autoria de José Carlos Gueta, o “Poeta do ABC”, acessando o link abaixo:
http://poetadoabc.blogspot.com/

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATOS

POETA DO ABC

 

O POETA DO ABC

ATIVIDADES POÉTICAS

Uma resposta para “José Carlos Gueta (POETA DO ABC)

  1. “Eu fiquei conhecendo ARAPIRACA/AL através do Blog ARAPIRACA LEGAL, onde em 2013 recebi um certificado de melhor Acróstico, e em 2014 recebi mais três certificados, sendo dois como melhor Acróstico e um como escritor. Devido o carinho deste povo recebí o convite para participar este ano do “Grande Encontro dos Criadores e Divulgadores da Cultura Popular Arapiraquense”. Realmente este povo humilde de ARAPIRACA respira CULTURA de todas as formas. Tive muito prazer em conhecer esta terra de artistas.”
    José Carlos Gueta, o “Poeta do ABC” (21 de junho de 2014)
    Fonte (link): http://www.worldartfriends.com/pt/club/poesia/arapiraca-legal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s