MARTA EUGÊNIA DE OLIVEIRA

 

“‘Quanto Tempo’ é, também, uma homenagem póstuma á minha irmã, Ray. Ela era uma das minhas maiores incentivadoras e sempre me aconselhava a escrever a vida, quando estávamos embaixo de umbuzeiros no interior da Bahia. Mas a
palavra tem de viver com a virtude da paciência e o livro saiu quando tinha de ser. Com a poesia, você lida melhor com os percalços diários, aceita o humano e vê que não há vítimas nem culpados!” – (Marta Eugênia)

Se há algo que abre fronteiras é a arte plena. A letra poética, aliada á melodia, ganha uma conotação mais ampla, fixando-se com mais força em nossa memória. E, os escritores que conseguem esse pulsar para a folha com o advento da música merecem os nossos aplausos. é o caso da escritora e compositora baiana-alagoana, Marta Eugênia de Oliveira. Ela tem o dom de melodiar seus escritos em papel.
No dia 23 de abril de 2015, ela lançou seu primeiro livro intitulado “Quanto Tempo” em um evento aberto ao público na cidade de Arapiraca (AL). O local escolhido foi o tradicional e moderno Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves. Meia hora antes um sarau literário ambulante saiu da UNEAL com alunos rumo ao mercado de artesanato. Além da noite de autógrafos, justamente no “Dia Mundial do Livro”, houve as performances das bandas de soul, Gato Negro, e de rock, O Louco, com declamações nos intervalos.
Aos oito anos de idade, Marta, figurava na 4.ª série (atual 5.º ano do Ensino Fundamental), na Escola Estadual Aurino Maciel, em Arapiraca. Foi então que ela teve um contato mais estreito com a poesia, quando uma prof.ª
sua de Língua Portuguesa fez uma dinâmica usando a canção “A Banda” (Chico Buarque). Foi naquele instante, em meados de 1970, que Marta Eugênia percebeu que poesia e música estavam juntas, em todo canto. Então as portas
se abriram mesmo que timidamente.Marta é natural da cidade de Antas (BA) e está radicada em Arapiraca desde 1972, juntamente com os seus familiares.

Ela tem várias parcerias com bandas e músicos da “Capital Metropolitana do Agreste”, a exemplo das músicas “Subjuntivo”, de Elaine Kundera; “Inefável”, da Gato Negro; “Tempo Real” e “Conselho Para Maria Joana”, de Priscilla Prill. As
suas principais influências são Adélia Prado, Lygia Fagundes; a autora verte na caneta uma extensão de seu corpo, o que sente e projeta para o mundo, sua visão sobre diversos temas. Marta Eugênia se expressa,
visualizando na arte o seu único e concreto espelho de vida. Para realizar seu sonho de lançar seu primeiro livro, ela largou um emprego em Delmiro Gouveia (AL).
“Quanto Tempo” é uma compilação de seus textos, desde 1997, ano em que escreveu seu primeiro poema – que intitula a sua primeira obra literária -, nos idos de seu ingresso na UNEAL, no curso de Letras. Na época, seus amigos até usaram versos dele na farda da turma. Foi neste momento que ela vislumbrou o seu futuro “prateado”, percebendo que ser poeta não é somente papel, caneta, traço, rima borrada e lágrimas à mesinha de canto. É entender a tragédia da vida e abraçá-la com todo entusiasmo e tristeza, de uma só vez.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Escritora Arapiraquense Lança seu Primeiro Livro de Poesia

É por falar e pensar tanto que a escritora Marta Eugênia Oliveira decidiu escrever seu primeiro livro de poesias. “Quanto Tanto” conta, de maneira delicada, um pouco sobre a visão e vida dessa arapiraquense cheia de
histórias pra contar. O lançamento oficial do livro será no dia 23 de abril, no Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves, no centro de Arapiraca, e contará com o show da banda Gato Negro.

Baiana de nascença, mas com o coração totalmente entregue e pertencente a cidade de Arapiraca, Marta Eugênia é graduada em Letras pela UNEAL e especialista em Linguística pelo NCA.

Para poder escrever e se dedicar a obra, a escritora largou a estabilidade de um bom emprego e arriscou tudo. “Escrever faz parte da minha essência. Sempre que me afasto das letras para me dedicar a quaisquer outras coisas, vou minguando por dentro e isso me faz muito mal. Larguei tudo para poder dedicar meu tempo a minha verdadeira paixão: a poesia”, relatou.

“Quanto Tanto” está sendo produzido pela editora MultiFoco e está em período de pré venda, no valor de R$ 30,00. Quem estiver interessado em adquirir um volume deve reservar através do telefone (82) 9902-4277.

Fonte: Site “7segundos” – redação, 16 de abril de 2015.

Fonte (link): http://7segundos.ne10.uol.com.br/index.php/noticia/2015/03/16/escritora-arapiraquense-lanca-seu-primeiro-livro-de-poesia

Homenagem:
“Como influência inconsciente a poetisa-musical, Marta Eugênia, parece colocar melodia em seus atos e desatos no papel, delineando por muitas vezes contra tempos rítmicos que dão até mais fluidez ao seu estilo literário. É tudo um questão de batida, de tempo entre suas flores e espinhos!” – (Breno Airan, jornalista arapiraquense)

Contatos: (82) 9902.4277 (telefone) / https://www.facebook.com/martaeugenia.oliveira?fref=ts (Facebook).

Fontes: Jornal “Gazeta de Alagoas” – Breno Airan; sites “Pref. Mun. de Arapiraca (AL)” – Dep. de Imprensa e “7segundos” – Redação; e, Facebooks “Marta Eugenia Oliveira” e “Quanto Tempo”.

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s