PERSONALIDADES ARAPIRAQUENSES DO BAIRRO ALTO DO CRUZEIRO


 

Resultado de imagem para bairro alto do cruzeiro arapiraca

PERSONALIDADES ARAPIRAQUENSES DO BAIRRO ALTO DO CRUZEIRO
(Perfis extraídos do livro “História do Alto do Cruzeiro e os 50 Anos da Capela”)

* ANTÔNIA BARBOSA LOPES – Nasceu, no dia 12 de fevereiro de 1911. Seus pais foram Domingos Lopes da Silva e Josefa Maria de Jesus (primos de Zuza Vital). Casou, em 1932, com 21 anos de idade. Foi esposa de José Amâncio da Silva (Zuza Vital). suas filhas Josefa, Maria e Isabel se casaram e Margarida permaneceu solteira sempre ao lado de Antônia Barbosa Lopes – até o falecimento de Antônia Lopes, em 9 de outubro de 1990, aos 79 anos de idade.

** ANTÔNIO BRUNO – Foi o lojista que ofertou o Sacrário da Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL).

* ANTÔNIO GALDINO DA SILVA – Nasceu, no dia 10 de novembro de 1930. Casou com Maria de Lourdes (dona Lili), em 1959, e pai de nove filhos. Antônio Galdino da Silva exerceu as profissões de agricultor, eletrotécnico, motorista e mecânico. Ele faleceu, em 21 de fevereiro de 2012, aos 81 anos de idade.

* ANTÕNIO ROBERTO MAGALHÃES – Nasceu, em Arapiraca (AL), no dia 12 de janeiro de 1922. Filho de Né Marcelino. Casou com Irene Ferreira Barbosa e foi pai de cinco filhos. Antônio Roberto Magalhães, exerceu a profissão de consertador de biciletas. Ele faleceu, em 31 de maio de 1991, aos 69 anos de idade.

* ANTÔNIO VICENTE BARBOSA – Nasceu, no dia 4 de agosto de 1903. Casou com Elvira Barbosa de Almeida e foi pai de oito filhos. Antônio Vicente Barbosa, exerceu a atividade de agricultor no município de Arapiraca (AL). Ele faleceu, em 5 de setembro de 1983, aos 80 anos de idade.

* APRÍGIO JACINTO DA SILVA – Nasceu, em 1883. Casou com Emília Umbelina e foi pai de três filhos. Viuvou e casou com Josefa Romualdo da Silva. Foi prefeito de Arapiraca (AL) no período de 1935 a 1936. Aprígio Jacinto da Silva, exerceu as atividades de agricultor e político, foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do bairro Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL) e comprou os bens de Marcelino Magalhães. Ele faleceu, em 1970, aos 87 anos de idade.

** ARNON DE MELLO – O político, Arnon de Mello (pai do es-presidente da República Federativa do Brasil e atual senador, Fernando Collor de Mello), ofertou as bancas e o órgão musical para a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL).

* BENÍCIO VICENTE DE SOUZA – Nasceu, no dia 25 de maio de 1900. Foi bisneto de Manoel André (fundador de Arapiraca – AL) e casado com Belmira maria de Magalhães. Pai de quatro filhas e eleitor N.° 86 da antiga “Capital Brasileira do Fumo”. Benício Vicente de Souza, foi agricultor e pedreiro. Faleceu, em 10 de junho 1960, aos 60 anos de idade.

* CREUZA SOARES DE OLIVEIRA – Nasceu, no dia 26 de janeiro de 1926. Foi professora municipal, em Arapiraca – AL), e costureira. Creuza Soares de Oliveira, residiu na rua São Pedro (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca), juntamente com sua irmã, Neuza Soares de Oliveira (também costureira): ambas solteiras. Elas eram filhas de Antônio Cardoso de Oliveira e Júlia Soares de Oliveira. Ela faleceu, em 14 de maio de 2004, aos 78 anos de idade.

* CRISTINO RUA DA SILVA – Nasceu, no dia 9 de janeiro de 1909. Casou com Regina Maria da Conceição, deixando cinco filhos. Cristino Rua da Silva, exerceu as atividades de agricultor e comerciante. Ele faleceu, em 9 de maio de 2006, aos 97 anos de idade.

* DIONÍZIO JOSÉ DE AMORIM – Nasceu, no dia 25 de dezembro de 1918. Casou, em 1939, com Maria Rodrigues de Carvalho (sua prima). Foi agricultor e comerciante. Dionizio José de Amorim é pai de 10 filhos. Ele está com 74 anos de casado e sempre vai a Igreja com sua esposa.

* DOMINGOS BARBOSA DA SILVA – Nasceu, no dia 4 de agosto de 1897. Casou com Antônia Maria de Jesus (sua prima) e foi pai de oito filhos. Exerceu a profissão de agropecuarista. DomingoS Barbosa da Silva faleceu, em 24 de agosto de 1985, aos 88 anos de idade.

* DOMINGOS FERREIRA FILHO (MINGÓ) – Nasceu, no dia 31 de agosto de 1930. Casou com Rozalva Maria Ferreira da Silva (filha do vereador, Pedro Aristides, in memoriam), nascida, em 28 de fevereiro de 1936. Domingos Ferreira Filho (Mingó), foi pai de 12 filhos. Ele faleceu, em 15 de janeiro de 1990, aos 59 anos de idade.

* DOMINGOS TERTO DA SILVA – Ofertou a imagem de Santa Luzia (Padroeira da Visão) para a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL). Domingos Terto da Silva, foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do bairro Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL).

* DOMINGOS VITAL DA SILVA – Nasceu, em 1904. Casou com Ana Barbosa (sua prima) no ano de 1927. Foi pai de oito filhos. As suas profissões foram agricultor, comerciante e político. Domingos Vital da Silva, foi sete vezes vereador por Arapiraca (AL) no período de 1947 a 1970. Ele ofertou a imagem de São Domingos para a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL) e foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do bairro Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL). Faleceu, em 2000, aos 96 anos de idade.

* DURVAL FERREIRA DE ALBUQUERQUE – Nasceu, no dia 25 de setembro de 1923. Casou com dona Maria Ferreira (Prima dele) e foi pai de oito filhos. A profissão de Durval Ferreira de Albuquerque foi de agricultor. Ele faleceu, em 8 de janeiro de 2013, aos 89 anos de idade.

* ELIANO FERNANDES E GERALDO AURELIANO – Estes foram os pintores da Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL). Eliano Fernandes (na época residia, numa casa pertencente a Zuza Vital, ao lado da Capela) foi quem pintou o Altar com muito cuidado. Terminada a pintura geral da Capela, foram adquiridas as imagens, o Sacrário, o serviço de luz, as bancas e as cadeiras para os celebrantes.

* GALDÊNCIO JOSÉ DA SILVA – Nasceu, em Pernambuco, no dia 11 de fevereiro de 1915. Casou com Margarida Luiza de Jesus e foi pai de 11 filhos. Morou na (atual) rua Luis Cavalcante (bairro alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL). Desde 1962, Galdêncio José da Silva, com o seu caminhão carregou materiais de construção para a Prefeitura Municipal de Arapiraca. Ele faleceu, em 12 de março de 1976, aos 61 anos de idade.

Resultado de imagem para higino vital

* HIGINO VITAL DA SILVA – Nasceu, no dia 12 de janeiro de 1927, em Arapiraca (AL). Filho de José Vital da Silva. Foi comerciante, político e farmacêutico. Casou com Luiza Evangelista da Silva e foi pai de três filhos. Higino Vital da Silva, foi eleito vereador, pela “Terra de Manoel André e Esperidião Rodrigues”, em 1958; e no ano de 1962, foi eleito deputado estadual, em 1966, e reeleito no ano de 1970. Em 1972, foi eleito prefeito da antiga “Capital Brasileira do Fumo” – tempo que adoeceu vindo a falecer, em 31 de julho de 1975, aos 48 anos de idade.

* JOSÉ AMÂNCIO DA SILVA – Foi o fundador da Congregação Mariana, em 27 de dezembro de 1942. Juntamente com o Padre Epitácio construiu a Capela de São José no bairro Alto do Cruzeiro, em 1959, ajudado por muitos (as) amigos (as). Casou com Antônia Barbosa Lopes no dia 9 de janeiro de 1932 – sendo ela, filha de Domingos Lopes (seu primo) e de Josefa Maria de Jesus (sua prima). Ele foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL). José Amâncio da Silva faleceu, em 9 de outubro de 1990.

* JOSÉ AMÂNCIO VITAL (ZUZA VITAL) – Nasceu, na antiga freguezia de Limoeiro, aos 12 de março de 1909. Filho de Vital Amâncio da Silva e Teotônia Maria de Jesus (in memorians). Foi batizado na Capela de São Sebastião, Rio Morto (Limoeiro de Anadia – AL). Casou com Antônia Barbosa Lopes (in memoriam), em 9 de janeiro de 1932, na Capela de São Sebastião, em Rio Morto. Mudou-se para Arapiraca (AL), em 1938. Zuza Vital foi sócio na bodega de Domingos Vital, em 1938 e membro-fundador da “Congregação Mariana”, em 1942.

A sua filha, Zefinha, casou com Albertino, em 1954. Construiu a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL), em 1959. A sua filha, Maria, casou com Antônio, em 1961, e sua filha, Isabel, com Manoel, em 1967. Celebrou posse do Padre Santana, em 1.° de maio de 1969. Reconstruiu sua residência, em 1972, e comemorou “Bodas de Ouro”, em 1982. Inaugurou a nova Matriz de São José, em 17 de janeiro de 1988. Fez o velório de sua esposa, Antônia, aos 9 de outubro de 1990 e da sua filha, Margarida, em 1993. Zuza Vital foi para a Eternidade, em 22 de maio de 1994, aos 85 anos de idade.

* JOSÉ BEZERRA LEITE – Nasceu, no dia 13 de junho de 1905. Casou com Doralice Maria da Silva Leite e foi pai de sete filhos. José Bezerra Leite exerceu sas atividades de agricultor e carroceiro. Ele faleceu, em 2 de maio de 1992, aos 86 anos de idade.

* JOSÉ CORREIA BARBOSA – Nasceu, no dia 11 de setembro de 1902. Casou, primeiro, com Ozana Bispo e, depois, com Laura de Souza Barbosa e foi pai de nove filhos. José Correia Barbosa foi alfaiate e músico (tocava na Igreja). Ele faleceu, em 19 de março de 1984, aoss 81 anos de idade.

* JOSÉ FRANCELINO DE ALBUQUERQUE – Nasceu, no ano de 1892. Casou com Maria Eugênia de Oliveira, em 1914, e foi pai de sete filhos. A sua profissão eram agricultor e comerciante. Ele ofertou a imagem de São José para a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL) e foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do bairro Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL). José Francelino de Albuquerque, viveu 79 anos de idade.

* JOSÉ LUIS DE LIMA – Nasceu, no dia 10 de junho 1913. Casou com Maria Olindina dos Prazeres e foi pai de seis filhos. José Luis de Lima foi carroceiro, agricultor e comerciante. Ele faleceu, em 15 de outubro de 1988, aos 75 anos de idade.

* JOSÉ NUNES DE MAGALHÃES – O Alto da Boa Vista (atual bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL), foi fundado por José Nunes de Magalhães (irmão do major Esperidião Rodrigues e genro do fundador de Arapiraca, Manoel André Correia dos santos). Ele, juntamente com seus filhos, foram personalidades importantes. Seu sobrinho e genro, Marcelino Magalhães, tornou-se famoso: os filhos dele, liderados pelo mais velho, José Nunes de Magalhães Neto, e animados pelas constantes visitas do parente,Padre Francisco Xavier de Macedo, resolveram implantar um Cruzeiro (feito de um tipo de madeira especial), em 1932; e tomaraam a decisão de festejar o dia de Ano Novo (31 de dezembro) o dia e a noite toda. A comemoração era com fogos fortes, zabumba, leilões e danças.

** JOSÉ PEREIRA LÚCIO – Foi deputado. José Pereira Lúcio, ofertou o contador de energia para a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL).

* JOSÉ PROTÁZIO NETO – Nasceu, no dia 6 de março de 1926. Seu pai foi o empresário, Manoel Protázio da Silva. casou com Nair Protázio de Oliveira e foi pai de 12 filhos. A sua profissão foi comerciante no ramo de cereais, em Arapiraca (AL). José Protázio Neto foi político – eleito vereador pela antiga “Capital Brasileira do Fumo”, em 1970. Ele faleceu, em 10 de outubro de 1982, aos 56 anos de idade.

* JOSÉ SANTOS DA SILVA (ZENO BERNARDINO) – Nasceu, no dia 5 de novembro de 1938. Casou com Helena Maria da Silva e foi pai de oito filhos. José Santos da Silva (Zeno Bernardino), exerceu a atividade de agropecuarista. Ele faleceu, em 26 de março de 2013, aos 74 anos de idade.

* JOSÉ VITAL BARBOSA – Nasceu, em 1930. Ele casou, com Anita Gomes Barbosa, no ano de 1957, e teve sete filhos. José Vital Barbosa foi agricultor e, atualmente, está aposentado.

* JOSEFA LOPES VITAL DE AZEVEDO – Nasceu, no dia 1.° de janeiro de 1935. Ela foi a primeira filha do casal, José Amâncio da dilva (Zuza Vital) e Antônia Barbos Lopes (in memorians). Casou com Albertino Azevedo da Silva, em 1954, e criou três filhos adotivos. Após o falecimento de seus pais e de Margarida (sua irmã), Josefa Lopes Vital de Azevedo, ficou cuidando da Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL) ao lado de seu esposo e de outras pessoas de fé. Ela faleceu, em 25 de outubro de 2013, aos 78 anos de idade.

* JUVENAL BERNARDINO DOS SANTOS – Nasceu, no dia 11 de dezembro de 1916. Casou com Maria Lins dos Santos e foi pai de nove filhos. As suas profissões foram agricultor e comerciante. Ele era sobrinho de José Francelino de Albuquerque. Juvenal Bernardino dos Santos faleceu, em 2 de outubro de 1993, aos 76 anos de idade.

* JUVENAL GOMES DA SILVA – Nasceu, no dia 19 de agosto de 1918. casou com Maria José Gomes e foi pai de quatro filhos. As suas profissões foram as seguintes: agricultor e comerciante. Juvenal Gomes da Silva faleceu, em 18 de junho de 2010, aos 91 anos de idade.

** MANOEL ANDRÉ CORREIA DOS SANTOS – Nasceu, no ano de 1815. Fundou, Arapiraca (AL), em 1848. Foi o primeiro proprietário das terras do Alto da Boa Vista (atual bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca). Casou com Maria Isabel da Silva Valente, Rosa Martins da Silva e Luiza Maria da Paixão. Manoel André Correia dos Santos, foi pai de oito filhos. Ele faleceu, em 1890, aos 75 anos de idade.

* MANOEL FRANCELINO DE ALBUQUERQUE – Nasceu, em 1917. Seus pais foram José Francelino de Albuquerque e Maria Eugênica de Oliveira. A sua profissão era agropecuarista e foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do bairro Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL). Manoel Francelino de Albuquerque, era solteiro e viveu 62 anos de idade.

* MANOEL GOMES DA SILVA – Nasceu, em 1918. Casou com Josefa Vieira Gomes da Silva e foi pai de seis filhos. Manoel Gomes da Silva faleceu, em 2004, aos 86 anos de idade.

* MANOEL HENRIQUE DOS SANTOS – Nasceu, no dia 19 de novembro de 1919. Casou com Josefa de Oliveira Santos (dona Dondon), em 1952 e foi pai de quatro filhos. Manoel Henrique dos Santos, exerceu as atividades de agricultor, comerciante e enfermeiro. Ele faleceu, em 4 de abril de 2011, aos 91 anos de idade.

* MANOEL PEREIRA FILHO (DEPUTADO NEZINHO) – Nasceu, no dia 10 de abril de 1933. Foi filho do fazendeiro, Manoel Pereira Santos. Casou com Paula Pereira Melo, em 1954. Da união, nasceram nove filhos. Foi agricultor, comerciante e político. Manoel Pereira Filho (Deputado Nezinho), foi vereador por Arapiraca (AL) e deputado estadual, em Alagoas. Nos anos 1970, foi um grande animador do “Cordão Azul” do “Pastoril Sagrada Família” (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca) juntamente com muitos amigos. Data do falecimento: ?.

* MARCELINO DIÓGENES DE MAGALHÃES – Nasceu, em 1887. Casou com Anonia Nunes de Magalhães (sua Prima), em 21 de outubro de 1899, e foi pai de 10 filhos. Marcelino Diógenes de Magalhães foi agropecuarista, fabricante de tijolos e sub-delegado de Arapiraca (AL). Era sobrinho do major Esperidião Rodrigues da Silva. Ele faleceu, em 1955, aos 68 anos de idade.

* MARCIONÍLIO IZIDORO DOS SANTOS – Nasceu, no dia 8 de janeiro de 1928. Casou, com Izaura Barbossa dos Santos (filha do vereador, Domingos Vital da Silva), e foi pai de oito filhos. Marcionílio Izidoro dos Santos, era agropecuarista e comerciante e foi um dos principais animadores da Festa de Ano Novo do bairro Alto do Cruzeiro (Arapiraca – AL). Ele faleceu, em 17 de fevereiro de 1985, aos 57 anos de idade.

* MARGARIDA LOPES VITAL – Nasceu, no dia 20 de julho de 1944. Seus pais foram José Amâncio da Silva (Zuza Vital) e Antônnia Barbosa Lopes. Foi formada professora normal no Colégio São Francisco e em Estudos Sociais pela antiga Faculdade de Formação de Professores de Arapiraca (AL). Foi professora na Escola Costa Rego da “Terra de Manoel André e Esperidião Rodrigues”. Sempre ao lado dos pais cuidava do zelo da Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca). Com a criação da Paróquia de São José, em 1969, juntou-se com as amigas Marize & Salete Ribeiro, Socorro Lopes (sua prima) e com outras organizaram o “Pastoril Sagrada Família” afim de angariar recursos para reformar a Casa Paroquial. Até o fim de sua vida sempre cuidava da Capela e da Matriz São José. Margarida Lopes Vital faleceu, em 1993, aos 49 anos de idade.

* MIGUEL DAVI GOMES – Nasceu, no dia 13 de fevereiro de 1914. casou com Lucila Maria da Conceição (nascida, aos 31 de outubro de 1918). Miguel Davi Gomes, foi pai de oito filhos. Ele faleceu, em 15 de agosto de 1987, aos 73 anos de idade.

** SEBASTIÃO BEZERRA – Foi o mestre e pedreiro que construiu a Capela de São José (bairro Alto do Cruzeiro, Arapiraca – AL). Seus auxiliares foram Sebastião Eduardo e Antônio Nunes da Silva (amigos de Zuza Vital). A construção foi iniciada, em 3 de fevereiro de 1959. Para garantir as despesas da construção, José Amãncio da Silva (Zuza Vital, in memoriam), ofereceu uma casa ao lado da futura Capela para ser rifada e o dinheiro arrecadado servir pra comprar os materiais e o pagamento da mão de obra. Valdemar Oliveira de Macedo (como Congregado Mariano), estava sempre ao lado de Zuza Vital fazendo anotações e as contas necessárias para a realização desta importante obra religiosa.

* SEBASTIÃO RIBEIRO BARBOSA – Nasceu, no dia 4 de fevereiro de 1906. Foi agricultor e escrivão do Registro Civil, em Arapiraca (AL). casou com Filomena Barbosa (nascida aos 10 de agosto de 1920 e falecida com 66 anos de idade). Foi pai de 18 filhos. Sebastião Ribeiro Barbosa faleceu, em 12 de fevereiro de 1986, aos 80 anos de idade.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Resultado de imagem para Valdemar Oliveira de Macedo

DADOS DO AUTOR (Valdemar Oliveira de Macedo):
Por Valdemar Oliveira de Macedo

Valdemar Oliveira de Macedo nasceu, no povoado Bananeiras pertencente ao município de Arapiraca (AL), no mês de novembro de 1935. Filho do carpinteiro e agricultor, José Clarindo de Macedo, e da dona de lar, Honorata Maria de Oliveira (in memorians). Estudou na Escola Fernandes Lima (povoado Bananeiras), no período de 1945 a 1951.

Ele trabalhou, em plantações de lavoura, na roça do seu pai até 1949, e como balconista, em uma bodega, no bairro Alto do Cruzeiro. Foi professor na antiga Escola Programada (atual Colégio Nossa Senhora do Bom Conselho) e Escola Estadual Professor Quintela Cavalcante. Fez estudos de Ciências Exatas na Universidade de Belém do Pará, com habilitação, em Física, e lecionou Ciências Exatas, em Maceió (AL), durante 10 anos.

Valdemar Oliveira, casou com Maria José de Oliveira, em fevereiro de 1955, e é pai de cinco filhos (as): Eliana Oliveira de Macedo (1955 – 1958), Elisabete (1959), Carlos (1960), Edileuza (1962) e João (1967). Foi companheiro de Zuza Vital (in memoriam) na Congregação Mariana do dia 15 de agosto de 1952 (Festa de Nossa Senhora da Assunção), até o falecimento de Zuza. Em 2002, foi a Portugal e comemorou seus 50 anos de Congregação na Basílica de Nossa Senhora de Fátima, em Fátima.

Obras do Autor:
* Raízes e Frutos de Arapiraca (1992);
* Arapiraca na História de Alagoas (1994);
* Nossa Terra e Nossa História (1998);
* Centenário de Mãe (2005);
* Arapiraca Até Hoje (2010);
* História do Alto do Cruzeiro e os 50 Anos da Capela (2015).

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

HISTÓRIA DO ALTO DO CRUZEIRO E OS 50 ANOS DA CAPELA (Apresentação do Livro – 2015)
Por Valdemar Oliveira de Macedo

Este livro, denominado “História do Alto do Cruzeiro e os 50 Anos da Capela”, tem por objetivo apresentar os habitantes do bairro Alto do Cruzeiro (antigo bairro Alto da Boa Vista), no ano de 1959, quando foi construída a Capela de São José na atual praça Santa Cruz (antigo Largo da Festa de Ano Novo) e, também, comemorar o centenário de José Amâncio Vital (Zuza Vital) – que com Padre Epitácio Rodrigues e muitos (as) amigos (as) construíram a Capela, em honra de São José; e ao mesmo tempo comemorar o tempo, em que foi criada pelo Monsenhor Luis Marques Barbosa a Santa Missa aos domingos á tarde, no ano de 2009, na Capela da praça Santa Cruz – na época que estava sendo o Pároco Emérito da Paróquia de São José (bairro Alto do cruzeiro, Arapiraca – AL). Com estas finalidades, creio que tenho honrado o nosso povo e o nosso lugar (1959 – 2009).

Em 1959, o bairro Alto da Boa Vista (atual bairro Alto do Cruzeiro) era formado pelo Largo da Festa de Ano Novo (atual Praça Santa Cruz); ruas da Aurora (atual rua Vereador Domingos Vital da Silva), São Pedro, Florêncio Apolinário, 13 de Maio (rua Governador Luís Cavalcante)), São José, da Alegria (atual rua Tancredo Neves) e São João. Por esta razão, as pessoas que residiam nestas ruas estão registradas neste livro, porque ajudaram a Zuza Vital na construção da Capela de São José. A maioria já faleceram, mas seus filhos (as), netos (as) e amigos (as) se lembram deles (as). Esta obra literária veio para lembrá-los (as) e honrá-los (as) para a glória de Deus e da Santa Igreja Católica e Apostólica Romana, e alegria de todo o nosso povo. As fotos, testemunham nossa família e nossa Mãe Igreja.

Patrocínio:
* Asa Branca – Indústria, Comércio e Importadora Ltda. (por meio do amigo, José Hipólito Correia Costa: diretor-presidente).

Digitação, Diagramação e Impressão:
* CBC – Carimbos, Brindes e Cia.
Rua Vereador Domingos Vital, 123
Bairro Alto do Cruzeiro – Arapiraca (AL)
Telefones: (82) 3530.9034 / 8885.9034 / 9946.7187.

Fonte (perfis, texto e fotos): livro “História do Alto do Cruzeiro e os 50 Anos da Capela” (2015) – Valdemar Oliveira de Macedo.

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s