José Jurandir

 

“Passei cerca de 20 anos pesquisando para escrever este livro. Em vários momentos, parte dos textos hoje publicados no Os Crimes Que Abalaram Alagoas em jornais e revistas do Estado. Mas, quando resolvi publicá-lo, estava amadurecida a ideia de deixar um registro que servisse para as futuras gerações como uma fonte de pesquisa”.
José Jurandir
[ Fonte (frase): http://www.alagoas24horas.com.br ]
BIOGRAFIA

( Carece de fonte )

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

OS CRIMES QUE ABALARAM ALAGOAS

Com o título Os Crimes Que Abalaram Alagoas, será lançado ainda este mês, em Maceió-AL, o mais novo livro do Jornalista José Jurandir. A obra retratando 450 anos da história de crimes de repercussão ocorridos no Estado, é um relato dos mais rumorosos episódios sangrentos que marcaram época em território alagoano, desde os tempos que ainda era província de Pernambuco.

O autor buscou a pesquisa como ponto de partida do seu trabalho, indo fundo na investigação e apuração dos fatos, muitos vividos por ele no cotidiano, como repórter policial, enquanto outros extraídos de documentos antigos do acervo histórico de Alagoas. Fatos macabros e historias espantosas no roteiro sanguinário deste estado são contados pelo Jornalista em seu livro.

Por que se mata tanto em Alagoas? É a parte inicial do trabalho de Jose Jurandir, que narra em oitenta e seis capítulos e cerca de 300 paginas, casos os mais absurdos cometidos no Estado. ´´Escrevi este livro não foi para fazer sensacionalismo ou para mostrar o lado negativo da minha querida Alagoas, mas , apenas e somente, registrar nos anais da historia de nossa gente, com certa tristeza, esses lamentáveis fatos, para o conhecimento dos nossos jovens e de todos aqueles que não vivenciaram a época de muitos desses tristonhos acontecimentos ou deles nunca ouviram falar, para que repudiem e os vejam como exemplos danosos nos nossos desenvolvimento sócio político cultural“– destaca Jurandir.

Já o prefaciador do livro, historiador Geraldo de Majjela, acha que “o escritor utilizou-se de fontes primarias e também, em grande medida, da sua vasta experiência profissional para escrever Os crimes que abalaram Alagoas. A etnografia do crime escrita por José Jurandir é certamente o primeiro trabalho feito em alagoas a abranger um período tão extenso. Os dados pesquisados cobrem a história de Alagoas de 1556ª 2006”.

O LANÇAMENTO DO LIVRO MAIS ESPERADO DOS ALAGOANOS SERÁ
DIA 30 DE AGOSTO, NO ARMAZÉM GUIMARÃES, AV. AMÉLIA ROSA ÁS 19 HS.

CONTATO:
blogamigosdazonadamata@hotmail.com

[ Fonte (link): http://cadaminuto.com.br/noticia/2012/08/27/os-crimes-que-abalaram-alagoas, 27/08/ 2012 ]
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Jornalista Lança Livro “Os Crimes Que Abalaram Alagoas”

O jornalista José Jurandir de Oliveira lança nesta quinta-feira (30/08), a partir das 19 horas, na pizzaria Armazém Guimarães, na Jatiúca, o livro Os Crimes Que Abalaram Alagoas. Será o terceiro livro da autoria do jornalista.

José Jurandir trabalhou em várias redações, no Rio de Janeiro, inclusive no jornal Luta Democrática, do lendário deputado Tenório Cavalcante, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Em Alagoas, passou pelas redações do extinto Jornal de Alagoas, então o mais antigo jornal diário de do Estado; da Tribuna de Alagoas; da Gazeta de Alagoas; da TV Gazeta; e da TV Alagoas. Além disso, foi diretor da Rádio Difusora.

“O escritor utilizou-se de fontes primárias e também, em grande medida, da sua vasta experiência profissional para escrever Os Crimes que abalaram Alagoas. A etnografia do crime escrita por José Jurandir é certamente o primeiro trabalho feito em Alagoas a abranger um período tão extenso. Os dados pesquisados cobrem a história de Alagoas de 1556 a 2006, sendo a primeira parte de 1557 a 1816, em que o território hoje compreendido por Alagoas pertencia à capitania de Pernambuco. A segunda parte estende-se de 1817, quando o sul do território de Pernambuco se torna independente e passa a ser denominado de Alagoas, até 2006”, disse o historiador Geraldo de Majella, sobre o autor.

Serviço
Livro: Os Crimes Que Abalaram Alagoas
Local: Armazém Guimarães, avenida Amélia Rosa, Jatiuca
Data e horário: dia 30/08/2012 (quinta-feira), a partir das 19 hs.

[ Fonte (link): http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/?vCod=131370 , 28/08/ 2012 ]

[ Editado por Pedro Jorge ]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s