Diassis Lima

Diassis Lima

Frase:

“Minha missão é levar aos ouvintes informações relevantes e fidedignas”. – Diassis Lima

[ Fonte (frase): http://www.lumenws.com.br/craibas/secretaria/comunicacao ]

 

BIOGRAFIA – Diassis Lima

Diassis Lima de Farias nasceu no dia 4 de outubro de 1961 no município de Arapiraca/AL. É filho do casal Antônio Vicente de Farias e Creusa Correia de Lima (já falecidos), casado com a Sra. Geneilza dos Santos Farias, o casal tem dois filhos.

Começou sua vida como radialista em 1982 na Rádio Novo Nordeste AM – 570 (onde atuou em diversos setores) até o cargo de diretor de programação. Em 2000 foi atuar na rádio 96 FM (onde permanece até hoje) com os programas Show da Tarde e Paradão Sertanejo.

Foi assessor de comunicação dos prefeitos Aurelino (Lagoa da Canoa/AL), Severino Leão (Arapiraca) e já atuou em diversas campanhas políticas no nosso Estado também atua no mercado nacional através de sua produtora de áudio (Estúdio WE) onde produz para o meio empresarial e político e, também, presta assessoria para os prefeitos Jairzinho (Lagoa da Canoa), Davi Barros (Girau do Ponciano/AL) e Arnaldo Higino (Campo Grande/AL).

Hoje assume o cargo de assessor de Comunicação do prefeito Dinho Leito e de toda equipe do governo de Craíbas/AL – “Essa é a Vontade do Povo”.

[ Fonte: http://www.lumenws.com.br/craibas/secretaria/comunicacao ]

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Diassis Lima e Sua História de Superação na Radiofonia Arapiraquense

A história do radialista Diassis Lima na Rádio Novo Nordeste AM começou no ano de 1979. Ele, um garoto de apenas 17 anos, apaixonado pelo rádio, passou a frequentar os corredores da emissora, buscando adquirir espaço e conhecimentos para realizar o sonho de, um dia, comandar os botões da mesa de áudio daquela emissora.

Após três meses frequentando a emissora, Diassis recebeu a triste notícia de que não poderia assumir a função de controlista, uma vez que ainda era menor de idade. Apesar da decepção momentânea, a predestinação pelo rádio e a convicção de alcançar o sonho fez com que a notícia não abatesse o jovem Diassis Lima, que continuou a sua missão em busca de um lugar ao sol. Em 1980 submeteu-se a um teste para controlista naquela emissora. Além de Diassis Lima, outras 15 pessoas disputavam a concorrida vaga. Os testes com os candidatos aconteciam sempre no horário das 11 às 13 horas e, no final, o escolhido foi o predestinado Diassis Lima. Irã Barbosa, hoje controlista, na época era o operador oficial do radialista J. Sá, que tinha um dos programas de maior audiência na emissora.

Após o resultado dos testes, Irã colocou-se à disposição de Diassis Lima, oferecendo treinamento após a 1 hora da madrugada, assim que a emissora de rádio saísse do ar. Na época, a mesa de áudio tinha uma grande pick up, onde rodavam os discos de vinil. Nos primeiros dias, quando Irã pedia para Diassis sentar defronte a mesa e mudar a faixa do disco, o nervosismo tomava conta de Diassis, que mal podia controlar o simples movimento de levantar a haste da agulha. “Mesmo sabendo que a rádio estava fora do ar, eu suava, tremia e parecia não ter controle sobre minhas mãos. “Cheguei a quebrar três agulhas do equipamento por conta da tremedeira. O Irã me pedia calma, mas havia um nervosismo interno que me tirava do controle”, frisou Diassis. Com o tempo, o medo e o nervosismo foram sendo vencidos pela vontade e pelo talento do jovem radialista que, em 1984, resolveu subir mais um degrau em sua promissora carreira.

Nessa época já era controlista do programa do Nelson Filho, outro líder em audiência da emissora. Certo dia, Diassis Lima pediu para ler o texto do patrocinador, o Fumo Super Bom, que dizia o seguinte: “Nossa tradição é uma garantia. Superbom garante total qualidade com a certeza de absoluta pureza, porque toda sua produção vem diretamente da fonte natural”. Com essa participação, Diassis procurava vencer outro medo: o do microfone.

Meses depois foi convidado para apresentar seu primeiro programa na Novo Nordeste, que iria ao ar no domingo à noite, logo após a Jornada Esportiva. O nome do programa era O Som Nosso de Cada Domingo. No dia da estreia, Diassis chegou logo cedo ao estúdio. Mãos frias, voz trêmula e um nervosismo que não conseguia disfarçar. Em certo momento, o plantonista esportivo Carlos Eduardo Cavalcante anunciou “Daqui a pouquinho, vem aí Diassis Lima, estreando em nossa rádio!” Aquela frase foi como um apagão no sistema nervoso do jovem Diassis. “O ar condicionado estava gelado, mas eu suava como se tivesse debaixo de um sol causticante”. Tremia tudo por dentro, senti vontade de sair correndo, mas o meu sonho era maior que tudo”, frisou. Quando o controlista colocou o prefixo da rádio e abriu o microfone para Diassis iniciar seu programa, a voz não saiu.

Foram alguns segundos de tensão no estúdio, onde o controlista olhava para Diassis, que estava pálido e sem ação. Imediatamente, o controlista iniciou o programa sem abertura e colocou uma música, enquanto Diassis se recuperava. Foram uma, duas, três músicas e nada, até que o Doutor Judá Fernandes, um dos diretores da Novo Nordeste na época, ligou para a rádio para saber o que estava acontecendo que o Diassis não havia entrado no ar. Ao atender o telefone, Diassis confessou estar muito nervoso e foi tranqüilizado pelo Doutor Judá, que o relembrou que aquele seria o seu maior sonho, portanto não poderia desperdiçá-lo, até porque a melhor rádio da época estava dando-lhe uma oportunidade que certamente não teria mais.

Encorajado, ao final da próxima música, Diassis pronunciou sua primeira frase como locutor oficial: “São oito e vinte, boa noite”. Essa certamente foi a frase que serviu como porta de entrada para a promissora carreira de um dos radialistas mais conhecidos da Cidade de Arapiraca.

Diassis Lima, atualmente, trabalha na rádio 96 FM, onde transmite sua alegria para os milhares de ouvintes arapiraquenses durante as tardes.

Fonte: Minuto Arapiraca, 11 de fevereiro de 2013.

Link – http://www.96fmarapiraca.com.br/noticias/editoria/entretenimento/diassis-lima-e-sua-historia-de-superaco-no-radio-arapiraquense/15347

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO – Diassis Lima (Estúdio WE)

 

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

Uma resposta para “Diassis Lima

  1. “Geneilza, minha esposa querida. Que o Senhor lhe abençoe e abençoe também esse dia que lhe dá o direito de ser feliz, de encher o peito de alegria, abrir o melhor sorriso e abraçar esse ano a mais em sua vida.
    É o seu aniversário, quero lhe desejar toda a felicidade do mundo, afinal você merece por ser uma pessoa especial, uma criatura única que me enche de orgulho e prazer estando ao seu lado.
    Parabéns, meu Amor. Muitos anos de vida com saúde e fé, que a paz de Deus que uniu o nosso amor, possa nos acompanhar, nos encher de sonhos e estender nossos dias de vida.
    Você é uma esposa muito amada é fiel a Deus e digna de ser feliz, a vida ao seu lado é mais feliz, por isso merece todo sucesso e vitória.
    Parabéns por mais um ano de vida, pela esposa muito especial que você é e pelos filhos que você me deu!”.
    Diassis Lima de Farias
    Fonte (link): Facebook de Diassis Lima de Farias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s