Romilton Júnior

Romilton Júnior

 
Nome completo: Romilton Antônio Paulino
Nome artístico: Romilton Júnior
Codinome: “O Homem das 21 Profissões”
Data de nascimento: 18/09/1952
Local: Palmeira de Índios/AL
Data de falecimento: 27/10/2011
Local: Arapiraca/AL
Gêneros: Forró e Popular-Romântico.
 
 
BIOGRAFIA 
Por Pedro Jorge
 
Romilton Antônio Paulino, conhecido artisticamente como Romilton Júnior, nasceu no dia 18 de setembro de 1952 na Cidade de  Palmeira do Índios/AL, e está radicado em Arapiraca/AL desde a sua infância.
 
Romilton tem na pluralidade artística a sua principal referência e superação, tendo realizado em seu extenso currículo artístico as seguintes atividades: cantor, compositor, poeta-cordelista, radialista, animador de eventos, estilista, gravação de jingles, artista plástico, ator, professor e ensaísta teatral, entre outras atividades artísticas-culturais.
 
Foi um dos fundadores do (extinto) MOCE, importante movimento cultural de nossa Cidade. Como compositor teve músicas de sua autoria gravadas pelo showman Alves Correia e pelo cantor popular-romântico Sandiel Júnior. Teve a oportunidade de fazer a abertura de shows de diversos artistas de sucesso nacional, a exemplo de Sarajane.
 
Como radialista ficou conhecido por sua irreverência no comando de diversos programas populares dedicados a música regional. As principais emissoras de rádio que ele trabalhou foram: Rádio Sampaio AM (Palmeira dos Índios) – em 1973; Rádio Novo Nordeste AM – de 1976 a 80 / 1982 a 83 e Rádio Cultura AM – de 1992 a 1993 (Arapiraca); Rádio Jornal Centro-Sul AM (Iguatú/CE), e em várias emissoras comunitárias locais.
 
Segundo Romilton um dos mais marcantes papéis que ele interpretou foi o de Diabo, na Peça “Paixão de Cristo” – que é realizada todos os anos no Morro da Massaranduba. 
 
Atualmente está se dedicando a atividade de artista plástico e desenhando a letra do hino do ASA em estilo de papiros: um tipo antigo de escrita.
 
[ Por Pedro Jorge ]
 
Nota: a foto de Romilton Júnior foi cedida gentilmente por Cláudio Marques  (fotógrafo da Prefeitura de Arapiraca/AL).
 
______________________________________________________________________________________________________
 
 SONETO
 
“O 30 de Outubro”
Autor: Romilton Júnior
 
É o grande dia na história
De nossa comunidade
É data magna e altaneira
É símbolo de liberdade desta gente hospitaleira.
 
Se não com um grito histórico
Mas com muita bravura e fé
No 30 da emancipação
Saudamos Esperidião e brindamos Manoel André.
 
Á você, o descobridor
Á ele, o emancipador
Deste torrão varonil.
 
 
O arapiraquense agradece
E humildemente oferece
A cidade que mais cresce no Nordeste do Brasil.
 
 [ Fonte: (extinto) Jornal “Novo Nordeste”, de 30/10 a 03/11/1979 ]
_______________________________________________________________________________________________________
 
 
TRIBUTO
  
Os administradores do blog Arapiraca Legal, Pedro Jorge e Givan Juvino, os artistas e radialistas arapiraquenses e o poeta Cícero Galdino prestam um tributo ao saudoso comunicador-irreverente Romilton Júnior.
  
Luto no Rádio
 
Morre em Arapiraca o Radialista Romilton Júnior / Ele Passou por Várias Emissoras como Novo Nordeste, Sampaio e Jornal Centro-Sul (Iguatú/CE )
Por Redação ( 27 de outubro de 2011 )
 
Morreu no início da noite desta quinta-feira (27), o Radialista Romilton Antônio Paulino, conhecido artisticamente como Romilton Júnior, que vinha enfrentando graves problemas de saúde. Romilton se encontrava internado há 13 dias no Hospital Regional de Arapiraca.
 
Seu corpo está sendo velado em sua residência na Rua Maurício Pereira, no Bairro Baixão. O sepultamento ocorrerá às 16 horas de hoje no cemitério Pio XII.
 
[ Fonte: 7segundos.com.br ]
 
_______________________________________________________________________________________________________
Radialista Arapiraquense Morre, aos 58 anos
Por Cláudio Roberto e Mitchel Torquato ( 28 de outubro de 2011 )
 
 
Na noite desta quinta-feira, 27, vítima de problemas de saúde, morreu aos 58 anos, o radialista Romilton Antônio Paulino, o popular Romilton Júnior.Segundo Rita Maria Paulino, irmã do radialista, com quem Romilton Júnior conviveu nos últimos anos, ele vinha enfrentando uma difícil batalha pela vida, buscando amenizar o sofrimento através das dificuldades financeiras. Ele encarou nos últimos dias uma cirurgia para retirar uma bolha na panturrilha da perna esquerda.
 
Poucos dias depois, ele teve que retornar ao hospital para uma segunda cirurgia, permanecendo internado durante 13 dias, onde veio a falecer na noite desta quinta-feira, 27. Romilton Júnior, infelizmente, veio a sentir fortes dores no peito e retornou ao hospital, onde acabou não resistindo.e encarando uma segunda cirurgia, onde veio a falecer no espaço em menos de dez dias, entre uma e outra.O radialista que também era poeta-cordelista, iniciou sua vida profissional no rádio em 1976, com a inauguração da Rádio Novo Nordeste AM, de Arapiraca/AL, onde apresentava, todas as tardes, o programa Casarão Nordestino. Romilton, também participou durante vários anos do MOCE (Movimento Cultural e Estudantil), fazendo apresentações no extinto Cine Trianon.

Ultimamente, Romilton Júnior também se dedicava à pintura, pintando quadros em tecido, retratando o cotidiano de Arapiraca. O sepultamento do radialista será nesta sexta-feira, 28, às quatro horas da tarde no Cemitério Pio XII.

Para o radialista Isve Cavalcante, que inclusive chegou a ser diretor de Romilton Júnior, na Rádio Novo Nordeste AM, em meados de 1978, o radialista era um profundo conhecedor das chamadas poesias matutas. Ele também atuou durante alguns anos na Rádio Sampaio de Palmeira Índios/AL e na Rádio Iguatu, em Sergipe.

Bastante versátil, Romilton Júnior tinha o dom do improviso, onde ultimamente também se dedicava a fazer jingles para campanhas políticas. “Quero morrer ‘fazendo’ rádio. Mesmo estando fora dos estúdios, faço a minha própria comunicação em praças e nos palcos”, dizia o radialista.

Fonte: portal 96 fm arapiraca por Cláudio Roberto e Mitchel Torquato.

[ Fonte: http://www.arapiracanews.com ]

_______________________________________________________________________________________________________

ENTRE LINHAS / Saudades ( 29 de outubro de 2011 )
 
O radialista Romilton Antônio Paulino, o Romilton Júnior,  faleceu, em decorrência de complicações em seu quadro clínico, na noite de quinta-feira, aos 59 anos de idade. O “Homem das 20 Profissões”, como era conhecido no meio artístico era natural de Palmeira dos Índios. Romilton Júnior sofria de vários problemas de saúde e estava internado no Hospital Regional de Arapiraca há cerca de dez dias.
 
Antes mesmo de ser radialista, trabalhou ainda na adolescência como locutor de estabelecimentos comerciais e carros de som. O enterro aconteceu no final da tarde de ontem, no Cemitério Pio XII.
 
[ Fonte: Jornal “O Jornal – Alagoas” ]
 
_______________________________________________________________________________________________________
 
SONETO*
 
“Um Sonhador”
Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA – Academia Arapiraquense de Letras e Artes )
 
Jovem ativo, sonhador que conheci
Ele pensava e foi locutor da emissora
Novo Nordeste que foi grande professora
Um talentoso que nunca esqueci.
 
O Romilton Júnior que se tornou famoso
Trabalhando pela trilha da poesia
Sabe lidar com os simples e a burguesia
Com atitudes brandas, num gesto formoso.
 
Adotou: “Homem Sete Instrumentos Por Três”
Com persistência e garra tem ele vencido
Procurando ser honesto e também cortês.
 
A vivência lhe ensinou a buscar o caminho
Com pouca ajuda, a labutar quase esquecido,
Improvisando seus cordéis sempre sozinho.
 
Nota: *Homenagem ao saudoso amigo Romilton  Antônio Paulino, conhecido por Romilton Júnior.
 
 
Relato de Cícero Galdino Sobre a Gênese do Soneto “Um Sonhador”, Dedicado ao Saudoso Romilton Júnior:
“O velho amigo que sempre soube preservar as suas amizades, costumava comparecer na Eletrontek aos sábados para buscar minha singela ajuda. Sua visita para mim era sempre uma renovada satisfação.
Numa dessas visitas, Romilton Júnior me pedira um soneto. Na ocasião, brincando com a ideia, a ele eu dizia: “Faça você mesmo. Você não é poeta!” Ele respondera: “Quero que você faça, para quando você lançar seu livro, que fique um registro sobre minha pessoa” – “Tudo bem Romilton, estou brincando. Vou fazer, mas o que você quer que eu escreva?” Ele dissera: “Tenho 20 profissões e vou relacioná-las”. Logo, me pediu uma folha de papel e uma caneta. Sentou-se e escreveu rapidamente. Depois que li a lista, eu lhe disse: “Romilton! Descobrí que você acaba de ganhar mais uma profissão. Você é um adotador de profissões”. Foi assim que surgiu UM SONHADOR.
Após a despedida de Romilton, os meus sábados não foram mais os mesmos, até me acostumar com sua ausência”.
Cícero Galdino ( Enviado por e-mail em 10 de agosto de 2012 ).
 
[ Editado por Pedro Jorge ]
Anúncios

3 Respostas para “Romilton Júnior

  1. Arapiraca se despediu hoje do artista popular Romilton Júnior.
    Além de seus familiares e amigos, também compareceram ao seu
    sepultamento os radialistas/amigos – Jarbas Lúcio, Nelson Filho,
    Waldo Cézar, Fátima Tenório e Diassis Lima,
    e os cantores Beto Borges e Carlito Cardoso.
    Descanse em Paz, eterno amigo Romilton Júnior!
    Pedro Jorge.

    “Romilton, a vivência te ensinou a buscar o teu caminho
    e com pouca ajuda o teu labutar foi quase esquecido,
    improvisando os teus cordéis sempre sozinho…”
    Poeta Cícero Galdino ( texto adaptado por Pedro Jorge ).

  2. Nome completo: Romilton Antônio Paulino
    Nome artístico: Romilton Júnior
    Codinome: “O Homem das 21 Profissões”
    Data de nascimento: 18/09/1952 / Local: Palmeira de Índios/AL
    Data de falecimento: 27/10/2011 / Local: Arapiraca/AL
    Gêneros: Forró e Popular-Romântico.

    BIOGRAFIA
    Por Pedro Jorge

    Romilton Antônio Paulino, conhecido artisticamente como Romilton Júnior, nasceu no dia 18 de setembro de 1952 na Cidade de Palmeira do Índios/AL, e está radicado em Arapiraca/AL desde a sua infância.

    Romilton tem na pluralidade artística a sua principal referência e superação, tendo realizado em seu extenso currículo artístico as seguintes atividades: cantor, compositor, poeta-cordelista, radialista, animador de eventos, estilista, gravação de jingles, artista plástico, ator, professor e ensaísta teatral, entre outras atividades artísticas-culturais.

    Foi um dos fundadores do (extinto) MOCE, importante movimento cultural de nossa Cidade. Como compositor teve músicas de sua autoria gravadas pelo showman Alves Correia e pelo cantor popular-romântico Sandiel Júnior. Teve a oportunidade de fazer a abertura de shows de diversos artistas de sucesso nacional, a exemplo de Sarajane.

    Como radialista ficou conhecido por sua irreverência no comando de diversos programas populares dedicados a música regional. As principais emissoras de rádio que ele trabalhou foram: Rádio Sampaio AM (Palmeira dos Índios) – em 1973; Rádio Novo Nordeste AM – de 1976 a 80 / 1982 a 83 e Rádio Cultura AM – de 1992 a 1993 (Arapiraca); Rádio Jornal Centro-Sul AM (Iguatú/CE), e em várias emissoras comunitárias locais.

    Segundo Romilton um dos mais marcantes papéis que ele interpretou foi o de Diabo, na Peça “Paixão de Cristo” – que é realizada todos os anos no Morro da Massaranduba.

    Atualmente está se dedicando a atividade de artista plástico e desenhando a letra do hino do ASA em estilo de papiros: um tipo antigo de escrita.

    [ Por Pedro Jorge ]

    Nota: a foto de Romilton Júnior foi cedida gentilmente por Cláudio Marques (fotógrafo da Prefeitura de Arapiraca/AL).

    ______________________________________________________________________

    SONETO

    “O 30 de Outubro”
    Autor: Romilton Júnior

    É o grande dia na história
    De nossa comunidade
    É data magna e altaneira
    É símbolo de liberdade desta gente hospitaleira.

    Se não com um grito histórico
    Mas com muita bravura e fé
    No 30 da emancipação
    Saudamos Esperidião e brindamos Manoel André.

    Á você, o descobridor
    Á ele, o emancipador
    Deste torrão varonil.

    O arapiraquense agradece
    E humildemente oferece
    A cidade que mais cresce no Nordeste do Brasil.

    [ Fonte: (extinto) Jornal “Novo Nordeste”, de 30/10 a 03/11/1979 ]
    ______________________________________________________________________

    TRIBUTO

    Os administradores do blog Arapiraca Legal, Pedro Jorge e Givan Juvino, os artistas e radialistas arapiraquenses e o poeta Cícero Galdino prestam um tributo ao saudoso comunicador-irreverente Romilton Júnior.

    Luto no Rádio
    Morre em Arapiraca o Radialista Romilton Júnior / Ele Passou por Várias Emissoras como Novo Nordeste, Sampaio e Jornal Centro-Sul (Iguatú/CE )
    Por Redação ( 27 de outubro de 2011 )

    Morreu no início da noite desta quinta-feira (27), o Radialista Romilton Antônio Paulino, conhecido artisticamente como Romilton Júnior, que vinha enfrentando graves problemas de saúde. Romilton se encontrava internado há 13 dias no Hospital Regional de Arapiraca.

    Seu corpo está sendo velado em sua residência na Rua Maurício Pereira, no Bairro Baixão. O sepultamento ocorrerá às 16 horas de hoje no cemitério Pio XII.

    [ Fonte: 7segundos.com.br ]

    ______________________________________________________________________

    Radialista Arapiraquense Morre, aos 58 Anos
    Por Cláudio Roberto e Mitchel Torquato ( 28 de outubro de 2011 )

    Na noite desta quinta-feira, 27, vítima de problemas de saúde, morreu aos 58 anos, o radialista Romilton Antônio Paulino, o popular Romilton Júnior.Segundo Rita Maria Paulino, irmã do radialista, com quem Romilton Júnior conviveu nos últimos anos, ele vinha enfrentando uma difícil batalha pela vida, buscando amenizar o sofrimento através das dificuldades financeiras. Ele encarou nos últimos dias uma cirurgia para retirar uma bolha na panturrilha da perna esquerda.

    Poucos dias depois, ele teve que retornar ao hospital para uma segunda cirurgia, permanecendo internado durante 13 dias, onde veio a falecer na noite desta quinta-feira, 27. Romilton Júnior, infelizmente, veio a sentir fortes dores no peito e retornou ao hospital, onde acabou não resistindo.e encarando uma segunda cirurgia, onde veio a falecer no espaço em menos de dez dias, entre uma e outra.O radialista que também era poeta-cordelista, iniciou sua vida profissional no rádio em 1976, com a inauguração da Rádio Novo Nordeste AM, de Arapiraca/AL, onde apresentava, todas as tardes, o programa Casarão Nordestino. Romilton, também participou durante vários anos do MOCE (Movimento Cultural e Estudantil), fazendo apresentações no extinto Cine Trianon.
    Ultimamente, Romilton Júnior também se dedicava à pintura, pintando quadros em tecido, retratando o cotidiano de Arapiraca. O sepultamento do radialista será nesta sexta-feira, 28, às quatro horas da tarde no Cemitério Pio XII.

    Para o radialista Isve Cavalcante, que inclusive chegou a ser diretor de Romilton Júnior, na Rádio Novo Nordeste AM, em meados de 1978, o radialista era um profundo conhecedor das chamadas poesias matutas. Ele também atuou durante alguns anos na Rádio Sampaio de Palmeira Índios/AL e na Rádio Iguatu, em Sergipe.

    Bastante versátil, Romilton Júnior tinha o dom do improviso, onde ultimamente também se dedicava a fazer jingles para campanhas políticas. “Quero morrer ‘fazendo’ rádio. Mesmo estando fora dos estúdios, faço a minha própria comunicação em praças e nos palcos”, dizia o radialista.

    Fonte: portal 96 fm arapiraca por Cláudio Roberto e Mitchel Torquato.

    [ Fonte: http://www.arapiracanews.com ]

    ______________________________________________________________________

    ENTRE LINHAS / Saudades ( 29 de outubro de 2011 )

    O radialista Romilton Antônio Paulino, o Romilton Júnior, faleceu, em decorrência de complicações em seu quadro clínico, na noite de quinta-feira, aos 59 anos de idade. O “Homem das 20 Profissões”, como era conhecido no meio artístico era natural de Palmeira dos Índios. Romilton Júnior sofria de vários problemas de saúde e estava internado no Hospital Regional de Arapiraca há cerca de dez dias.

    Antes mesmo de ser radialista, trabalhou ainda na adolescência como locutor de estabelecimentos comerciais e carros de som. O enterro aconteceu no final da tarde de ontem, no Cemitério Pio XII.

    [ Fonte: Jornal “O Jornal – Alagoas” ]

    ______________________________________________________________________

    SONETO*

    “Um Sonhador”
    Autor: Cícero Galdino ( Membro da ACALA – Academia Arapiraquense de Letras e Artes )

    Jovem ativo, sonhador que conheci
    Ele pensava e foi locutor da emissora
    Novo Nordeste que foi grande professora
    Um talentoso que nunca esqueci.

    O Romilton Júnior que se tornou famoso
    Trabalhando pela trilha da poesia
    Sabe lidar com os simples e a burguesia
    Com atitudes brandas, num gesto formoso.

    Adotou: “Homem Sete Instrumentos Por Três”
    Com persistência e garra tem ele vencido
    Procurando ser honesto e também cortês.

    A vivência lhe ensinou a buscar o caminho
    Com pouca ajuda, a labutar quase esquecido,
    Improvisando seus cordéis sempre sozinho.

    Nota: *Homenagem ao saudoso amigo Romilton Antônio Paulino, conhecido por Romilton Júnior.

    Relato de Cícero Galdino Sobre a Gênese do Soneto “Um Sonhador”, Dedicado ao Saudoso Romilton Júnior:

    “O velho amigo que sempre soube preservar as suas amizades, costumava comparecer na Eletrontek aos sábados para buscar minha singela ajuda. Sua visita para mim era sempre uma renovada satisfação.
    Numa dessas visitas, Romilton Júnior me pedira um soneto. Na ocasião, brincando com a ideia, a ele eu dizia: “Faça você mesmo. Você não é poeta!” Ele respondera: “Quero que você faça, para quando você lançar seu livro, que fique um registro sobre minha pessoa” – “Tudo bem Romilton, estou brincando. Vou fazer, mas o que você quer que eu escreva?” Ele dissera: “Tenho 20 profissões e vou relacioná-las”. Logo, me pediu uma folha de papel e uma caneta. Sentou-se e escreveu rapidamente. Depois que li a lista, eu lhe disse: “Romilton! Descobrí que você acaba de ganhar mais uma profissão. Você é um adotador de profissões”. Foi assim que surgiu UM SONHADOR.
    Após a despedida de Romilton, os meus sábados não foram mais os mesmos, até me acostumar com sua ausência”.
    Cícero Galdino ( Enviado por e-mail em 10 de agosto de 2012 ).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s