Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca


  
 
 
“A Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca após intenso trabalho de
seus membros, apoio institucional, apoio empresarial e contribuição de
nossos literatos, publica o primeiro número de sua revista e faz história.
Nossa satisfação é fazer chegar áa mãos de nossos leitores um produto
com qualidade e dignificar o potencial de nossa comunidade que, sendo
Pólo Gerador e de Irradiação para a região Agreste alagoana, recebe da
mesma as contribuições que nos faz fortes – e Ninguém é Forte Sozinho”.
Lourenço Olímpio e Estela Celina ( Casal-Presidente da Escola de Pais do
Brasil – Seccional Arapiraca )
 [ Fonte (frase): “Revista da Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca”,
maio de 2003 ]
 
 
ESCOLA DE PAIS EM AÇÃO

Há Très Anos Nossa Escola é Realidade
Por Erluce M. Borges Tenório Galdino

Surgiu há três anos, nossa Escola de Pais – Seccional Arapiraca. Veio para ficar, aquela semente lançada em 1999, no dia 28 de novembro, germinou eé árvore que fornece sombra a muitos lares dessa querida Cidade.

Certamente como todos os pais, tínhamos dúvidas e fazíamos questionamentos sobre a melhor maneira de educar. Sabemos que não é fácil nos dias atuais acompanhar o desordenado avanço tecnológico ea desenfreada carga de informações que nossos filhos recebem desde a mais tenra idade. E a famosa frase a ser repetida de geração a geração: “os tempos mudam, no meu tempo não era assim…”, não era mesmo. A realidade era outra, a visão de mundo, portanto se adequava á época. Será que nossos pais também não fizeram suas indagações? Educar, em qualquer época, sempre foi um desafio.A Escola de Pais é um grande suporte para esclarecer e buscar caminhos que facilite o caminhar de pais e filhos e em nossos dias ela é realidade. A Escola de Pais chegou e foi acolhida como um grande presente.

Irmã Stella, madre superiora do Colégio Normal São Francisco de Assis,
consciente dos problemas que envolvem a educação e o relacionamento
familiar, conhecedora dessa entidade, imediatamente procurou trazê-la ao
nosso conhecimento. Convidou o casal DR, de Alagoas e Sergipe,
Therezinha e Djalma Falcão, para apresentarem essa grande entidade.
Enviou aos pais um convite para uma reunião ás 20 horas, no dia 26 de
novembro de 1999.

Atendendo ao convite, muitos pais se fizeram presentes. Na oportunidade,
o casal DR com muita objetividade apresentou todo o processo que
envolvia a EPB. Ficamos maravilhados. Conhecemos o histórico, o
objetivo, a metodologia de trabalho, o temário e os procedimentos
necessários para a implantação da mesma.

Abraçamos a ideia de servimos de ponte para a missão “Educar”. Tivemos
momentos de estudos, reflexões e o treinamento do CAT (Curso de
Aprofundamento e Treinamento). Era um domingo ensolarado, nossa
escola nasceu. Naquela manhã, Therezinha e Djalma, em Assembleia Geral
Extraordinária dirigiram os trabalhos da eleição da diretoria para fundação
ofiial da Escola de Pais – seção Arapiraca. Por aclamação, ficou
determinado o casal Lúcia e Severino Lopes como Casal-Presidente da EP
local. Também houve eleição para o Conselho Fiscal Efetivo, contando
com dezenove membros. Nascia nossa escola.

Começamos nosso trabalho com grupos de estudos e partimos para
acomunidade. Houve momentos de indecisões, estávamos concientes de
que “desafios devem ser superados” e não poderíamos deixar morrer um
movimento como este. Com um número reduzido de menbros fomos
edificando nosso ideal – a Escola de Pais vivia e crescia. Todo começo é
repleto de inquietação e o nosso não poderia ser diferente. Vencemos!

O nosso trabalho cresceu, a comunidade começou a valorizá-lo, finalmente
fomos reconhecidos. Em setembro de 2000, por motivos particulares, o
casal-presidente pediu afastamento temporário do cargo que exercera com
competência e dedicação, passando a assumir a direção o casal Estela e
Lourenço.

Realizamos o nosso I Seminário em setembro de 2000. Foi um grande
seminário, tendo como tema: “Relações Pais e Filhos”. Uma grande plateia
esteve presente, e o evento foi um sucesso. Frutos de novos círculos e do
treinamento do CAT, novos membros ingressaram a esse nobre
movimento. Ficamos cada vez mais firmes. Com determinação e empenho
coletivo caminhávamos com mais firmeza.

Em 2001, participamos do XXXVIII Congresso Nacional em São Paulo/SP.
Fomos em grupo de doze pessoas, com todas as despesas patrocinadas
por indústrias, prefeituras e paróquias que, reconhecendo o nosso
trabalho, deram sua contribuição. Nosso trabalho continuava, cada vez
aumentava o número de escolas solicitando nossa atuação através de
círculos de debates e palestras. Isso era gratificante e se consolidava a
verdadeira partilha entre as famílias, fortalecendo assim o movimento.

Em 2001, realizamos o nosso II Seminário com o tema “Adolescência: Uma
Leitura Atual”. Em 2002, mais uma vez fomos a São Paulo, para o XXXIX
Congresso Nacional e novamente, conseguimos patrocinadores. Fomos
em número de quinze membros, desta seção e do núcleo Tetônio Vilela
que nasceu da participação deles em um dos nossos círculos de debates,
realizado em nossa Cidade. Houve eleição para casal-presidente, mas
todos optaram pela permanência de Estela e Lourenço, que com
incomparável dinamismo tem conduzido a nossa EP, foram portanto
reeleitos.

Continuamos nossa caminhada. Hoje, temos um programa radiofônico,
concedido pela Emissora 96,9 FM – Arapiraca, “Programa Escola de Pais
em Ação”, no qual durante quinze minutos, todos os domingos, ao meio-
dia, trabalhamos assuntos relacionados com a vivência familiar.
( Confira o novo horário do programa no final deste post ).

Os círculos continuam e realizaremos nos dias 16 e 17 de maio do corrente
ano, o III Seminário que terá como tema: “Educação e Sexualidade”. E
assim, vamos escrevendo nosssa história e como tão sabiamente falou o
grande educador Paulo Freire: “Não há mudanças sem sonho, nem sonho
sem esperança”. Continuemos sonhando, sonhando com um mundo
melhor, e uma família fortalecida e pais e filhos felizes.

[ Fonte: “Revista da Escola de Pais do Brasil – Seção Arapiraca”, maio de 2003 ]

______________________________________________________________________________________________________

ESCOLA DE PAIS DO BRASIL

Histórico:
A Escola de Pais do Brasil é uma sociedade civil, de origem cristã, nascida
em São Paulo/SP, em 1963, por inspiração de Madre Inês de Jesus, cônega
de Santo Agostinho. Á apresentação á família brasileira foi feita pelo padre
Leonel Corbell e em seu início presidida pelo casal Alzira e Antônio
Fernando Lopes. É um movimento particular, voluntário, gratuito que não
faz distinção alguma quanto á raça, condição social, credo político ou
religioso.

Tem por finalidade aprimorar a formação dos pais, ajudando-os a melhor
exercerem sua funções educativas na família e na sociedade. Seu trabalho
representa um aprendizado aem ação, isto é, pretende atingir os pais
enquanto educadores, para conscientizá-los de sua responsabilidade na
formação de seus filhos, para que encontrem soluções alternativas para os
problemas que os afligem.

É reconhecida de Utilidade Pùblica Federal, conforme Decreto Nº 72.220, de
11/05/1973; tem registro social do MEC, sob o Nº 262.234-75. A sede
nacional é em São Paulo.

A Escola de Pais se desenvolveu em quase todas as capitais dos Estados
brasileiros e em muitas Cidades do interior. Hoje conta com mais de 160
núcleos ativos e está em plena expansão. Seu trabalho tem caráter
preventivo e permite, através de sua metodologia, manter o nível de
interresse aos pais, pois enfoca a real problemática educativo de cada
grupo.

Objetivos:
Os casais participantes do movimento colaboram efetivamente para que os
objetivos da entidade sejam atingidos: reforço á família, conscientização
da paternidade e maternidade responsáveis; preparação para um mundo
em constante mudança; transmissão de conhecimentos básicos de
psicopedagogia e de técnicas educativas que favoreçam á reformulação de
conceitos de convivência entre pais e filhos.

Para poder atingir esses objetivos, verificasse uma constante atualização
que leva a necessidade de uma educação permanente, essencial aos dias
atuais; desenvolvesse o sentido de colaboração, de solidariedade e
responsabilidade com a comunidade, estabelecendo-se uma convivência
fraterna entre seus participantes.

O objetivo máximo é o desenvolvimento do ser humano, em sua
caminhada para o outro e a busca do transcedente.

Metodologia:
A Escola de Pais do Brasil exerce sua função principal nas escolas, mas
também em paróquias, clubes, centros comunitários, empresas,
condomínios, onde os pais são chamados para participarem de um
trabalho sistemático, em forma de círculo de debates, dirigido por um casal previamente preparado.

Cada círculo tem uma técnica de dinâmica de grupo diferente, que facilita o
debate, a reflexão e a interiorização dos temas abordados, dentro de uma
sequência lógica de desenvolvimento.

Temário:
01. Educação no Mundo Atual
02. Amor e Segurança – Alicerces de um Desenvolvimento Sadio
03. Mãe, Esposa e Mulher – sua Atualidade
04. Pai e o Exercício da Paternidade
05. A Maturidade dos Pais na Vivência Familiar
06. Ação Educativa na Infância e na Meninice
07. Dificuldades Para se Educar
08. Ação Educativa na Adolescência
09. Sexualidade Humana
10. Como Marco o Mundo com a Minha Presença.

______________________________________________________________________________________________________

MENSAGEM DO CASAL DR ( Delegado Regional de Alagoas e Sergipe )
Por Djalma Falcão e Therezinha ( Casal DR )

Por ocasião do lançamento do 1° número da Revista Escola de Pais –
Seção de Arapiraca, não poderíamos faltar com nossa mensagem de
aplausos pela revista em si e mais, muito mais pelo entusiasmo deste
grupo que, em tão pouco tempo, tanto realizou.

Lembra-nos dos primeiros passos desta jovem escola nascida do interesse
das Irmãs Stella e Glória, do Colégio São Francisco, preocupadas em dar
aos pais uma melhor orientação de como educar os filhos, abriu as
portas do colégio para que pudéssemos iniciar esse trabalho pioneiro em
Alagoas.

A semente caiu em terreno fértil. O sonho vai a cada dia se tornando
realidade palpável. Sob a liderança desse casal incansável e tão reaizador,
Estela e Lourenço, vai a EP de Arapiraca, a cada dia, crescendo e
frutificando. Quantos pais já não se beneficiaram de seu trabalho! Quantos
lares mais alegres e mais felizes!

A revista é um passo a mais na longa caminhada. Muito ainda há a fazer.
Novos desafios surgiram, percalços apareceram, dificuldades
insuspeitadas, ás vezes, trazem desânimo. Nada abate este grupo que sabe
transformar em sucesso os empecilhos normais a todo empreendimento
humano.

Ao nos congratular com nossa querida EP – Seção Arapiraca, queremos
deixar a nossa convicção de que quando realizando com amor ao
próximo, desprendimento e sincero comprometimento, o trabalho
comumitário rende frutos não só a quem se destina mas também a quem
pratica.

[ Fonte: “Revista da Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca”,
maio de 2003 ]

[ Editado por Pedro Jorge ]
 
______________________________________________________________________________________________________
 

 

PROGRAMA ESCOLA DE PAIS EM AÇÃO / 96 FM

Escute aos domingos na emissora 96 FM – Arapiraca, das 19:15 ás 19:30hs,
o Programa “Escola de Pais em Ação”.
Apresentação: Estela Celina, Cícero e Genival Galdino.
ESCUTEM E PARTICIPEM!

SAIBA MAIS
Site – http://www.escoladepais.org.br

CONTATOS
Cícero Galdino
Escola de Pais do Brasil – Seccional Arapiraca
Caixa Postal: 144
Arapiraca / AL

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s