Pastel do Brega

 

Pastel do Brega

FRASE

“Esse é apenas um momento difícil, uma provação que estou passando em minha vida. Mas sei que algo especial me aguarda num futuro muito próximo. Com fé em Deus sairei desta cama e voltarei a ter uma vida quase normal”,
Pastel do Brega
[ Fonte: minutoarapiraca.com.br ]

 

FICHA ARTÍSTICA – Pastel do Brega

Nome completo: José Moraes dos Santos
Nome artístico: “Pastel do Brega”
Codinome: “O Recheio do Brega”
Data de nascimento: / /1962
Cidade: Limoeiro de Anadia/AL
Gênero: Brega.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PERFIL – Pastel do Brega
Por Adalberto Custódio ( 1º de agosto de 2012 )

Aos 50 anos de idade, Pastel do Brega embalou sua carreira artística interpretando canções de Amado Batista e Adelino Nascimento. Sua história começou em 1962, ano em que nasceu na zona rural de Limoeiro de Anadia. O garoto pobre, filho de um servente de pedreiro e de uma dona-de-casa, sempre encontrou na música o refúgio para espantar todos os problemas da sofrida infância.

Aos 10 anos, para ajudar nas despesas de casa, o menino José Moraes começou a vender, na rua, os pastéis que sua mãe fazia. Ele saía todas as manhãs com uma caixa de isopor cheia de pastéis e só retornava no início da tarde, geralmente com uma boa quantia em dinheiro e a caixa vazia.

Tudo ia bem até que o garoto simples, mas de boa pinta, passou a atrair a atenção de algumas estudantes das escolas onde ele vendia seus pastéis. Envergonhado por ser visto pelas garotas como um simples vendedor de pastéis, as vendas começassem a entrar em declínio. A partir daí o garoto passou a não andar mais nas escolas e, consequentemente, perdeu toda a freguesia.

“Passei a me sentir muito envergonhado ao chegar com uma caixa de pastéis nas escolas onde tinha as paquerinhas. Por imaturidade, eu me sentia um ser inferior, visto que os demais garotos de minha idade estavam todos fardados e estudando”, frisou Pastel.

A partir daí, o menino passou a trabalhar como servente de pedreiro e pintor, ao lado do pai. Nos dias de folga e finais de semana, reunia os amigos para conversar e cantar na porta de casa e numa praça próxima. Dono de um tom afinado e letras puxando o romantismo, rapidamente passou a ser alvo de elogios por parte dos amigos, o que o estimulou a fazer pequenas apresentações na rua.

O número de apresentações foi crescendo e chegou a hora de adotar um nome artístico. Nesse momento veio a idéia do Pastel do Brega, em alusão ao seu trabalho de infância e o estilo musical que amava. No ano de 1995, realizou, em Palmeira dos Índios, o seu primeiro grande show musical. Era o início de uma carreira que tinha tudo para dar certo.

No mesmo ano, Pastel do Brega gravou uma fita cassete em estúdio profissional. Como seu nome estava em evidência, foram vendidas mais de 3 mil cópias. Empolgado com o sucesso que nem ele esperava, partiu para a gravação de um CD, que também foi bastante vendido. “Entrar num estúdio foi um momento mágico pra mim”.

Foram várias apresentações pelo interior de Alagoas e Sergipe, inclusive abrindo shows de bandas consagradas como Mastruz com Leite, Magníficos e Baby Som. Segundo ele, um dos momentos mais marcantes de sua carreira foi o show em que participou em São Luiz do Maranhão, ao lado de Adelino Nascimento e Cheiroso. O som brega-romântico de Pastel também já atraiu 12 mil pessoas no Parque Ceci Cunha, durante a abertura do show da banda Baby Som no ano de 2004. Na televisão, Pastel se apresentou em programas da TV Diário, em Fortaleza, e da TV Gazeta de Alagoas, no programa do Pell Marques, no início da década de 1990. No rádio, a nível nacional, já participou do programa Show do Mução, pela Rede Som Zoom Sat de Fortaleza/CE.

O cantor emplacou sucessos marcantes, que até hoje permanecem na memória dos amantes do estilo brega. Um dos grandes sucessos foi a música Chevette 76, uma composição de Nivaldo Santos que, em meados de 1996 e 97 virou uma febre nas rádios nordestinas. O cantor ainda emplacou sucessos como Clone do Lobisomem e Brega Gostoso.

No auge da carreira, Pastel do Brega chegou a ganhar muito dinheiro e fama, mas o vício do álcool o fez perder as boas oportunidades da vida. Ultimamente, o cantor sobrevivia vendendo CDs nas ruas de Arapiraca e cidades vizinhas, além de Sergipe. As viagens eram feitas através de caronas nas boléias de caminhões. Um dos seus maiores sonhos é gravar um DVD, mas para isso, nunca recebeu o apoio de políticos e empresários arapiraquenses.

CDs Piratas
Seus CDs eram gravados de forma pirata, o que já lhe rendeu uma punição. Certa vez, durante uma operação policial de combate à pirataria no município de São Sebastião, Pastel do Brega teve todos os CDs apreendidos.

[ Fonte: http://minutoarapiraca.com.br/index.php/noticia/2012/08/01/amputado-e-sem-dinheiro-cantor-diz-ter-sido-abandonado-pelos-amigos ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Cantor Pastel Teve Perna Amputada Após Acidente de Trânsito
Por Redação ( 14/03/2012 )

No dia 5 de março de 2012 um acidente ocorrido nas imediações da Cidade de São Sebastião/AL deixou em apuros a vida do cantor José Moraes dos Santos (53) – conhecido como “Pastel: o Recheio do Brega”.

Segundo informações de populares que transitavam pelo local, o vocalista estava vendendo CDs quando foi surpreendido por uma motocicleta em alta velocidade. José Moraes foi direcionado para a Unidade de Emergência do Agreste com lesão grave em uma de suas pernas.

De acordo com o setor de comunicação da UE, a lesão da perna se agravou e o procedimento cabível no momento foi a amputação. Hoje o quadro do cantor se encontra estável e em processo de recuperação.

José Moraes é famoso pelas canções, Chevette 76 – composição de Darlan Magalhães, Yale Fernandes e Nivaldo Santos – Diabinha, Clone do Lobisomem e Deixa-me Viver.

[ Fonte: http://minutoarapiraca.com.br/noticia/2012/03/14/cantor-pastel-teve-perna-amputada-apos-acidente-de-transito ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

NOTÍCIA 1 – Cantor Arapiraquense Perde Uma Perna Depois de Ser Atropelado
Por Mitchel Torquato ( 14/03/2012 )

Na tarde desta terça-feira, 13, a Unidade de Emergência do Agreste, confirmou que um cantor popular bastante conhecido em Arapiraca e em outras Cidades do interior do Estado, acabou se envolvendo em um acidente que deixou para ele uma lembrança cruel. A vítima do acidente foi José Moraes dos Santos, 53 anos, e que popularmente é conhecido como “Pastel do Brega” e, que reside em Arapiraca .

Segundo informações, na manhã do último dia 5 de Março, o cantor acabou sendo atropelado por uma moto na Cidade de São Sebastião/AL, quando foi levado para a Unidade de Emergência do Agreste , teve a vida salva , mas devido a gravidade do acidente acabou tendo uma perna amputada .

Ainda na tarde desta terça-feira, a informação levantada pela nossa reportagem junto ao setor de comunicação da UE, dava conta de que o cantor tem o quadro de saúde estável, e aos poucos se recupera do trauma de ter perdido o membro inferior.

Ainda segundo informações, o cantor está no internamento. José Moraes dos Santos, o “Pastel do Brega”, está sendo acompanhado e todos os procedimentos cabíveis são realizados para que ele tenha alta muito em breve.

O cantor foi atropelado quando estava fazendo aquilo que ele fazia diariamente, em Cidades do interior, quando vendendo CDs do seu próprio trabalho, lutava por aquilo que ele disse entender que era a luta por uma segunda chance na vida musical.

Carreira Artística
Com 9 CDs gravados em toda carreira, “Pastel do Brega” emplacou sucessos marcantes, que até hoje permanecem na memória dos amantes desse estilo musical. Um dos grandes sucessos foi a música Chevette 76, uma composição de Nivaldo Santos que, em meados de 1996 e 1997 virou uma febre nas rádios nordestinas.

O cantor ainda emplacou sucessos como Clone do Lobisomem e Brega Gostoso. No auge da carreira, Pastel do Brega chegou a ganhar muito dinheiro e fama, mas acabou não se sabe realmente como, boas oportunidades na vida como cantor, pois começava a ter aceitação do público.

Hoje, o cantor sobrevive vendendo CDs nas ruas de Arapiraca e Cidades vizinhas, além de Cidades de Sergipe. Um dos seus maiores sonhos é gravar um DVD, mas, para isso, precisa do apoio de políticos e empresários arapiraquenses, pois acredita que todo cidadão merece ter uma segunda chance.

A vida Hoje
Dono de um estilo próprio, sempre utilizando chapéu, camisa regata, colete, calça e muitas correntes no pescoço, Pastel nunca se casou e, atualmente, morava com a mãe numa humilde residência localizada na Rua André Leão – bairro Brasília.

Com o acidente, a vida deve reservar para o cantor uma batalha ainda mais difícil, mas como ele disse em outra oportunidade, ainda com esperança.

[ Fonte: 96fmarapiraca.com.br, 14/03/2012 ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

NOTÍCIA 2 / Cidade ( 19/03/2012 )

Pastel Manda Recado Para os Fãs: “Agora Sou o ‘Pirata do Brega’”
Por Igor Castro ( Editor do site Minuto Arapiraca )

Quase duas semanas após sofrer um grave acidente nas imediações da cidade de Sâo Sebastião, na Região Metropolitana do Agreste Alagoano, que provocou a amputação de uma perna, o cantor José Moraes dos Santos, 53 anos de idade, conhecido como “Pastel, ‘o Recheio do Brega'” falou com a reportagem do Minuto Arapiraca.

O cantor que está em processo de recuperação na parte de observação da Unidade de Emergência do Agreste mandou um recado para seus fãs: Pastel diz que sempre foi um trabalhador e que não era para estar naquela situação, mas que superaria e quando recebesse alta iria voltar a cantar.

“Sempre fui um cara que gostei de trabalhar, que luto pela vida, para ajudar minha família. As pessoas me conhecem. Não queria estar aqui, queria estar trabalhando. Mas, meu empresário está me ajudando em tudo, não deixa faltar nada. Isso pra mim é importante”, falou. No final, Pastel ainda brincou: “Quando sair daqui vou cantar. Meu nome artístico vai mudar, será ‘Pastel, o Pirata do Brega’”.

O Acidente
No dia 5 de março de 2012 um acidente ocorrido na mediações da Cidade de São Sebastião deixou em apuros a vida do cantor “Pastel, o Recheio do Brega”. Segundo informações de populares que transitavam pelo local, o vocalista estava vendendo CDs quando foi surpreendido por uma motocicleta em alta velocidade. Pastel foi direcionado para a Unidade de Emergência do Agreste com lesão grave em uma de suas pernas. De acordo com o setor de comunicação da UE, a lesão da perna se agravou e o procedimento cabível no momento foi a amputação. Hoje o quadro do cantor se encontra estável e, em processo de recuperação.

Pastel é famoso pelas seguintes canções: Chevette 76 (composição de Darlan Magalhães, Yale Fernandes e Nivaldo Santos), Diabinha, Clone do Lobisomem e Deixa-me viver.

[ Fonte: minutoarapiraca.com.br, 19/03/2012 ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

NOTÍCIA 3 – Cultura

Pastel do Brega: Amputado e Sem dinheiro, Cantor Diz Ter Sido Abandonado Pelos Amigos
Por Adalberto Custódio ( 1º de agosto de 2102 )

Se uma pessoa chegar em Arapiraca-AL e perguntar quem é José Moraes dos Santos, certamente pouquíssimas pessoas saberão de quem se trata. Mas, se essa mesma pessoa perguntar quem é Pastel do Brega, é praticamente impossível alguém dizer que não o conhece.

Com 9 CDs gravados na carreira, a vida do músico popular Pastel do Brega tomou um rumo trágico no último dia 5 de março, após ele ter sido atropelado por uma motocicleta na cidade de São Sebastião. Socorrido para a Unidade de Emergência do Agreste, o cantor teve parte de uma de suas pernas amputada, devido à gravidade dos ferimentos.

Hoje, em cima de uma cama e recuperando-se dos ferimentos da outra perna, Pastel diz ter sido abandonado pelos amigos. “Nesses meus quase 20 anos de carreira achei que tinha feito muitas amizades por onde andei. Mas a gente só sabe quem são os verdadeiros amigos nos momentos em que mais precisamos deles. Lamento chegar à conclusão de que não tenho amigos”, disse o cantor.

Pastel do Brega mora na casa deixada pela mãe e na companhia de outros três irmãos. Um deles sofre sérios problemas neurológicos e vive em estado praticamente vegetativo, acamado e usando fraldas geriátricas. Os outros dois estão desempregados, sendo que um é de idade avançada. Para piorar ainda mais a situação, a mãe do cantor faleceu no período em que ele estava internado na UE do Agreste. Ela lutava contra um câncer e não teve condições de visitar o filho no hospital.

A renda da família resumia-se a aposentadoria da mãe e dos CDs vendidos pelo cantor estrada afora. Agora, sem dinheiro e sem amigos, Pastel do Brega e sua família sobrevivem da ajuda de vizinhos e pessoas desconhecidas. Durante a entrevista, concedida no período da tarde, o cantor revelou à equipe de reportagem do Minuto Arapiraca que ainda não tinha se alimentado e estava com muita fome. “Já são três horas da tarde e ainda não comi nada, pois o meu botijão de gás secou há três dias. Pela manhã tomei um copo de leite para ir me segurando. Não gosto de incomodar os vizinhos”, disse o cantor, com os olhos cheios de lágrimas.

Visita de Candidatos
O cantor disse ainda que nos últimos dias recebeu a vista de alguns candidatos, que disputarão as eleições deste ano em Arapiraca. “Essas pessoas chegaram aqui sorridentes e cheias de promessas. Uma delas chegou a me prometer uma prótese, mas sei que isso não passa de conversa bonita de campanha. Abraços e beijos não matam minha fome”, disparou Pastel.

Otimista, o cantor disse ainda que voltará a fazer suas apresentações e cair na estrada para vender seus CDs. “Esse é apenas um momento difícil, uma provação que estou passando em minha vida. Mas sei que algo especial me aguarda num futuro muito próximo. Com fé em Deus sairei desta cama e voltarei a ter uma vida quase normal”, disse.

Após o acidente, uma irmã do cantor assumiu a responsabilidade de dar entrada nos processos junto ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que deverão garantir o recebimento de proventos da aposentadoria por invalidez.

Seja Solidário: Ajude o Artista
Quem tiver interesse em ajudar o artista basta ir até a sua residência, localizada na Rua André Leão, 327, no bairro Brasília ou através do telefone (82) 9647-9164.

[ Fonte: http://minutoarapiraca.com.br/index.php/noticia/2012/08/01/amputado-e-sem-dinheiro-cantor-diz-ter-sido-abandonado-pelos-amigos ]

[ Editado por Pedro Jorge ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

NOTÍCIA 4

Prefeitura Faz Doação de Prótese ao Cantor Pastel do Brega
Por Assessoria (4 de fevereiro de 2014)

O cantor José Carlos Morais, o Pastel do Brega, não conseguiu segurar a emoção ao dar os primeiros passos, após um ano e dezoito meses, do grave acidente que sofreu, tendo como consequência a amputação da parte inferior da perna direita. A entrega da prótese foi realizada na tarde desta terça, (4), no CEMFRA (Centro Especializado em Medicina e Reabilitação de Arapiraca).

“Sair da cadeira de rodas e ficar de pé sem o auxílio de moletas era o meu maior desejo” disse, emocionado, o cantor. Pastel do Brega teve tíbia amputada após um grave acidente que sofreu na BR 101. Ele relatou que vinha de um show em Aquidabã-SE e pegou uma carona com um caminhoneiro. Ao descer do veículo, foi atropelado por uma motocicleta.

A nova fase da vida do cantor só foi possível pela sensibilização do vice-prefeito Yale Fernandes (PMDB) e do secretário municipal de Assistência Social, Daniel Rocha, que não mediram esforços para proporcionar ao artista uma melhor qualidade de vida.

O vice-prefeito, Yale Fernandes , que acompanhou a carreira artística do Pastel do Brega, disse que após o acidente o cantor deixou de fazer o que mais gostava, subir nos palcos e emocionar o público com sua voz. “Conversamos com a prefeita Célia Rocha (PTB) e ela autorizou a doação da prótese ao artista que dedicou sua vida a difundir a música brega”, informou o vice-prefeito.

De acordo com o secretário, Daniel Rocha, a gestão atual tem como uma de suas principais características cuidar das pessoas e ter um olhar diferenciado para os portadores de necessidades especiais. “Como servidor público podemos proporcionar uma melhor condição de locomoção ao Pastel do Brega e a tantas outras pessoas. Isso é muito gratificante”, disse o secretário.

A diretora do CEMFRA, Andreza Bezerra, informou que está sendo realizado um mapeamento das pessoas que chegam ao centro solicitando a doação de próteses. “Ainda no primeiro semestre desse ano vamos fazer a solicitação de próteses para atender a demanda da região”, informou a diretora.

Andreza Bezerra relatou ainda que no final do ano passado, a prefeitura de Arapiraca, por meio do CEMFRA, entregou 200 cadeiras de rodas, de banho e banheiras para crianças com necessidades especiais, além de mais de 1.100 óculos.

[ Fonte (link): http://www.arapiraca.al.gov.br/v3/noticia.php?notid=6905 ]

[ Editado por Pedro Jorge / E-mail: pjorge-65@hotmail.com ]

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATOS – Pastel do Brega

Endereço: Rua André Leão, 327 –  Bairro Brasília – Arapiraca/AL

Telefone: (82) 9647-9164.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s