Noel Calixto

 

 

BIOGRAFIA / Noel Calixto

( Carece de fonte )

______________________________________________________________________________________________

 

CULTURA NA PRACA
Autor: Noel Calixto

1
Eu cheguei e prometo só sair / Quando a festa acabar de uma vez. / Dos estilos mais belos temos três / Para o povo que vem nos assistir, / Quem gosta da viola vai me ouvir / Quem gosta da sanfona vai gostar / Quem gosta do pandeiro vai lembrar / Ari Lobo um artista brasileiro. / Tem viola, sanfona e tem pandeiro / Defendendo a cultura popular.

2
Eu confesso que estou muito feliz / Por ser mais um herdeiro dessa arte. / Me orgulho demais por fazer parte / Da cultura mais bela do País, / Que a Europa deixou porque não quis /A Península não teve onde guardar / O Brasil resolveu nos adotar / Para não dar o que é seu ao estrangeiro. / Tem viola, sanfona e tem pandeiro / Defendendo a cultura popular.

3
Aqui temos espaco reservado / Pra qualquer um estilo sertanejo. / Violão, cavaquinho, realejo / O baião, o forró e o xaxado, / O repente martelo agalopado / O zabumba, o pandeiro e o ganzá / Só uma coisa não vamos aceitar / É mexido de bunda de roqueiro / Tem viola, sanfona e tem pandeiro / Defendendo a cultura popular.

4
Hoje eu quero fazer exaltação / Aos repentes cantados por Marinho. / A peleja do cego e Zé Pretinho / A sanfona nas mãos de “Gonzagão”, / O pandeiro tocado por João / Que cantava nas feiras de Pilar / E na viola nos vamos destacar / A figura de Pinto do Monteiro / Tem viola, sanfona e tem pandeiro / Defendendo a cultura popular.

5
Até hoje nós temos divulgado / A partir do forró em Caruaru. / Desde o bumba meu boi maracatu / A baiana, o guerreiro e o reisado, / A rabeca, a cuica e o teclado / Contra-baixos, triângulo e o ganzá / Que o intuito da gente é resgatar / Os costumes do povo brasileiro / Tem viola, sanfona e tem pandeiro / Defendendo a cultura popular.

6
Tem baião ao som da concertina / Tem pandeiro puxando a embolada. / Tem viola dinâmica afinada / Que é gostosa demais depois que afina, Finalmente essa festa nordestina / Tem de tudo que a gente procurar / Se a luz da CEAL se apagar / Eu termino na luz do candeeiro / Tem viola, sanfona e tem pandeiro / Defendendo a cultura popular.

_____________________________________________________________________________________________________

 

l Editado por Pedro Jorge l

______________________________________________________________________________________________________

CONTATO – Noel Calixto

Celular: 9910.8602.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s