AA ( Alcoólicos Anônimos ) / Arapiraca


Alcoólicos Anônimos Completa 29 Anos em Arapiraca
Por Cláudio Roberto ( 09/03/2012 )

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), O alcoolismo é uma doença considerada incurável e com terminação fatal, mata mais do que o câncer e outras enfermidades. No mundo, a Irmandade de Alcoólicos Anônimos completa, em junho, 77 anos de existência. Em Arapiraca/AL, todos os anos, o Escritório de Serviços Locais em Arapiraca, realiza no Grupo Coragem, na Rua Tiradentes, 361, Bairro Baixão, uma reunião de esclarecimento ao público.

O AA foi fundado em 1935, pelo corretor da bolsa de valores de Nova York, Bil e pelo médico de Ohio, Bob.

Estes grupos autônomos que surgiram inicialmente nos Estados Unidos da América tiveram a sua raiz quando em 1935 um corrector da bolsa de Nova Iorque e um cirurgião de Ohio com um grave problema de alcoolismo decidiram criar uma comunidade de entreajuda para apoiar os que sofrem deste problema e para se manterem eles próprios sóbrios.

Eventualmente os AA difundiram-se por todo o globo. Sem carácter religioso, embora tenha incorporado muitos princípios de diversas religiões, a comunidade recebe pessoas de todas as doutrinas. Sobrevive financeiramente através dos seus próprios membros que contribuem espontaneamente, não aceitando financiamento proveniente de fora da própria Irmandade.

Em todo o mundo, milhões de famílias hoje vivem felizes ao encontrarem uma Sala de AA. “Antes, a minha mãe não podia nem pensar em fazer uma festa de aniversário em minha casa, porque sabia que eu iria chegar bêbado e armar o maior barraco”, disse um membro de alcoólicos anônimos, preservando o seu anonimato.

Em Arapiraca, a irmandade que tem 29 anos de existência, é composta como em todo o mundo, por homens e mulheres, compartilham entre si suas experiências vividas durante o tempo em que bebiam.

Segundo os coordenadores do Escritório de Serviços Locais, que fica localizado no Largo Dom Fernando Gomes, Centro de Arapiraca, vários grupos são espalhados por Arapiraca, onde seus membros realizam seus encontros, sempre às segundas, quartas, sábados e domingos pela manhã. Em alguns grupos, como o Grupo Coragem, localizado na Rua Tiradentes, no Baixão, suas reuniões são realizadas às segundas, quartas e sábados, às 19 hs e 30 mins.

Fonte: Texto e pesquisa – Cláudio Roberto.

[ Fonte:   http://www.96fmarapiraca.com.br/noticias/editoria/arapiraca/alcoolicos-anonimos-completa-29-anos-em-arapiraca/7628  ]

 

 

ALCOOLISMO
Por Professor Gilvan Custódio de França

O uso do álcool remota de épocas memorais. Há milênios, a humanidade descobriu seu efeito liberador, euforizante e dionisíaco. Já nas tribos primitivas, o álcool participava das festas é até das seitas religiosas. O próprio Cristianismo utilizava o vinho como símbolo do sangue de Cristo.

Pode-se dizer que não há comemoração humana, pública ou privada que, de alguma forma, a bebida não participe. Até aí muito bem. As coisas do alcoolismo são misteriosas. O alcoolismo compromete homens e mulheres, brancos, negros, amarelos, ricos e pobres.

Atinge indiscriminadamente pessoas de todos os tipos físicos e de todo tipo de temperamento. Gordos, magros, altos, baixos, pessoas bem-sucedidas e malsucedidas, tímidos e extrovertidos, gulosos, personalidades alegres ou tristes, ativas ou preguiçosas, angustiadas ou tranquilas. Todas estão sujeitas à dependência do álcool.

O álcool é a droga preferida de 70% dos brasileiros, e a droga de maior prevalência na vida de 53,2%. Já é utilizada por 52% de crianças de 9 a 12 anos, e 32% destes já usaram em doses elevadas até a completa embriaguez. É responsável por mais de 95% das internações hospitalares provocadas por drogas em 68% dos adolescentes. Está diretamente relacionada a 76% dos acidentes de trânsito com vítimas fatais e está inserida em mais de 60% dos homicídios e em 80% das violências sexuais com crianças e agressão, mutilação a mulheres nos seus lares entres outras mazelas.

É uma droga que gera tonturas, vômitos, comprometimentos das funções mentais e reflexos retardados, falha incompreensível, redução do controle cerebral, superestimação das passibilidades e, entre outras coisas, causa danos graves ao fígado, ao aparelho digestivo e cardiovascular e eleva a polineurite, a síndrome fetal pelo álcool e ao coma alcoólico. Além do desenvolvimento dos limites de tolerância. A OMS (Organização Mundial de Saúde) afirma que na realidade cerca de 13% de quem bebe se tornarão alcoólatras.

Como Saber se Alguém é Alcoólico?
Ainda hoje é uma das dúvidas mais frequentes do público em geral. AA* é uma irmandade leiga e não está qualificada para responder tecnicamente a essa pergunta, porém como portadores do alcoolismo encaramos os fatos referentes a esta doença. Em particular, tivermos que dar respostas honestas e perguntas realísticas sobre nosso modo de beber e seus efeitos sabemos por experiência própria.

Quem responde (SIM) a quatro ou mais perguntas, indica clara a tendência para o alcoolismo.

01. Já tentou para de beber por uma semana, ou mais sem conseguir atingir o objetivo? ( ) sim ou ( ) não
02. Ressente-se com os conselhos de outros que tentam faze-lo(a) para de beber? sim ( ) ou não ( )
03. Já tentou controlar a tendência de ingerir uma bebida alcoólica por outra? sim ( ) ou não ( )
04. Tomou alguma droga pela manhã nos últimos doze meses? Sim ( ) ou não ( )
05. Inveja pessoas que podem beber sem criar problemas? Sim ( ) ou não ( )
06. Seu problema de bebida vem se tornando cada vez mais sério nos últimos doze meses? Sim ( ) ou não ( )
07. A bebida já criou problemas no seu lar? sim ( ) ou não ( )
08. Nas reuniões sociais, onde as bebidas são limitadas, você tenta conseguir doses extras? Sim ( ) ou não ( )
09. Apesar de provar o contrário, você continua afirmando que bebe quando quer e para quando quer? Sim ( ) ou não ( )
10. Já experimentou alguma vez “apagamento” durante uma bebedeira? Sim ( ) ou não ( )
11. Faltou ao serviço durante os últimos doze meses por causa da bebida? Sim ( ) ou não ( )
12. Já pensou alguma vez que poderia aproveitar muito mais a vida se não bebesse? sim( ) ou não( ).

*Observação: AA (Alcoólicos Anônimos) é uma irmandade de homens e mulheres que compartilha suas experiências, forças e esperança, a fim de resolver seu problema comum e ajudar outras pessoas a se recuperarem do alcoolismo. Seu único requisito para tornar-se membro, é o desejo de parar de beber.

AA não está ligada a nenhuma seita ou religião, nenhum movimento politico, nenhuma organização ou instituição; não deseja entrar em qualquer controvérsia, não apoia nem combate quaisquer coisas. Nosso propósito primordial é mantermos sóbrios e ajudar outros alcoólicos a alcançarem a sobriedade.

Você poderá encontrar o AA em qualquer um dos endereços, telefones e E-mails listados abaixo:

Escritório de Serviço Locais de Alagoas
Rua do Livramento,104 -2 anda-sala 201, centro, CEP: 57020-030
Maceió/AL
Caixa Postal 50
Telefone: 82-3221-2611
E-mail: maceio@hotmail.com.

Escritório de Serviço Locais do Agreste e Sertão de Alagoas
Praça Marques da Silva, 56 – sala 201, centro, CEP:57300-330
Arapiraca/AL
Telefone: (82) 4102-0325
E-mail: asl.agreste@hotmail.com.

Fontes Bibliográficas:
* Alcoolismo- Eduardo Mascarenhas
* Vivência- Revista Brasileira de Alcoolismo Anônimo
* Jornal Extra- AL – Heloísa Helena.

Texto: Professor Gilvan Custódio de França

[ Fonte: Revista "Visão - Alagoas", junho de 2012 ]

[ Editado por Pedro Jorge ]

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s